Fundação Padre Anchieta

Custeada por dotações orçamentárias legalmente estabelecidas e recursos próprios obtidos junto à iniciativa privada, a Fundação Padre Anchieta mantém uma emissora de televisão de sinal aberto, a TV Cultura; uma emissora de TV a cabo por assinatura, a TV Rá-Tim-Bum; e duas emissoras de rádio: a Cultura AM e a Cultura FM.

CENTRO PAULISTA DE RÁDIO E TV EDUCATIVAS

Rua Cenno Sbrighi, 378 - Caixa Postal 11.544 CEP 05036-900
São Paulo/SP - Tel: (11) 2182.3000

Televisão

Rádio

Sem transmissão no momento
Multicultura

Sobre o Multicultura Voltar

Canal digital da Fundação Padre Anchieta, o Multicultura conta com uma grade variada e atrativa, que une as novidades do presente ao melhor do passado.

Programas voltados à educação, saúde, cultura, jornalismo, música, infantojuvenil, cinema e documentários, além de atrações inéditas da TV Cultura, são levadas ao ar, diariamente, pelo canal. As produções contemplam os mais diversos públicos e faixas etárias.


O Multicultura é sustentado por três pilares: Multiprogramação, Educação e Acervo.


Multiprogramação

Programas inéditos da TV Cultura são exibidos em horários alternativos no canal digital.


Educação

Além das atrações produzidas pela TV Cultura e UnivespTV, o Multicultura apresenta produções de outras instituições e canais de ensino no Brasil, que destacam conteúdos educacionais.


Acervo

O acervo da TV Cultura é considerado um dos mais ricos do País. No Multicultura, ele está ao alcance do público, que tem como ver e rever os principais programas que foram feitos na história da emissora.

Como Assistir Voltar

Você pode assistir aos programas do Multicultura no seu celular ou tablet pelo aplicativo Cultura Digital, disponível para iOS e Android, e também por streaming neste site. Na TV, a emissora é sintonizada no canal 2.3 da TV digital.


VEJA AQUI como sintonizar o canal.

Grade de Programação Voltar

EDUCAÇÃO BRASILEIRA

O PROGRAMA RECEBE ESPECIALISTAS PARA FALAR SOBRE EDUCAÇÃO BRASILEIRA: A AVALIAÇÃO DO CORPO DOCENTE DAS ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES, O FUTURO DO BRASIL E O ACESSO AO CONHECIMENTO EM PERIFERIAS E TRIBOS INDÍGENAS SÃO ALGUNS DOS TEMAS EM PAUTA. DE SEGUNDA A SEXTA FEIRA ÀS 09H30.



METRÓPOLIS

ÚNICO PROGRAMA TOTALMENTE DEDICADO ÀS ARTES NA TV ABERTA, O METRÓPOLIS VALORIZA A CULTURA TRADICIONAL E AS EXPERIMENTAÇÕES E TRAZ O MELHOR DA MÚSICA, CINEMA, TEATRO, LITERATURA, ARTES PLÁSTICAS, GAMES E COMPORTAMENTO. SEGUNDA FEIRA ÀS 18H30.




HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

PROFESSOR PEDRO MANUEL ANALISA AS MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS NO BRASIL. DE SEGUNDA A SEXTA FEIRA ÀS 17H30.

A ARTE DA RÚSSIA

DOCUMENTÁRIO EM TRÊS EPISÓDIOS DA BBC WORLDWIDE, ESCRITO E APRESENTADO POR ANDREW GRAHAM-DIXON, SOBRE A HISTÓRIA DA ARTE RUSSA. SEXTA FEIRA, 15/11, ÀS 18H30.

MESTRES DE OFÍCIO

PANORAMA DO ARTESANATO BRASILEIRO, ATRAVÉS DE ARTISTAS DE VÁRIOS ESTADOS, MOSTRANDO SEUS TRABALHOS. DE SEGUNDA A SÁBADO ÀS 11H00.

DOCUMENTÁRIOS

A ÚLTIMA PLANTA VIVA - SÉRIE PRODUZIDA PELA BBC WORLDWIDE, EM QUATRO EPISÓDIOS, TERÇA FEIRA 12/11 ÀS 18H30.

SALA DE CINEMA

UMA PARCERIA COM A SP CINE PARA EXIBIÇÃO DE FILMES E DOCUMENTÁRIOS, ALGUNS INÉDITOS NA TV. SÁBADO, 16/11 ÀS 21H00, ARÁBIA, FILME DIRIGIDO POR AFFONSO UCHÔA E JOÃO DUMANS.


RODA VIVA

NO PRÓXIMO DOMINGO, 17/11, ÀS 13H00, ENTREVISTA COM YUVAL HARARI, UM DOS ESCRITORES MAIS LIDOS DO MUNDO, PROFESSOR E PHD EM HISTÓRIA.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 55 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 55 você vai acompanhar a última parte da história do funcionário que impediu a entrada do engenheiro na fábrica Santa Gertrudes. Aprenderá muitas palavras novas e, além disso, vai ver que os argumentos são muito importantes na hora que a gente tem que tomar uma decisão.

  • 07:45MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 67

    Talvez você não saiba, mas o seu comportamento como consumidor está sendo constantemente avaliado. E o seu histórico financeiro está servindo para alimentar um ranking que pode trazer várias consequências para a sua vida. Quer saber mais a respeito? Então é só ficar ligado na primeira matéria do programa. Na matéria seguinte nós mostramos eventos em que jovens encontram informações e dicas úteis sobre a vida universitária.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 26

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: UM SEGREDO GUARDADO A SETE CHAVES MANTÉM A TRADIÇÃO DA PRODUÇÃO DO QUEIJO ARTESANAL NAS FAZENDAS DO INTERIOR DE MINAS GERAIS. A ATIVIDADE COMEÇA NAS MADRUGADAS FRIAS NA VOZ DO VAQUEIRO, TAMBÉM CONHECIDO COMO PEÃO DE BOIADEIRO. É TEMPORADA DO CAJU CEARÁ. O ESTADO É O PRIMEIRO NO RANKING DA PRODUÇÃO NO NORDESTE E O MAIOR EXPORTADOR DE CASTANHAS DO BRASIL.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 20

  • 09:00A ARTE DE VER

    A ARTE DE VER 12

    O programa mostra a arte de admirar e compreender a arte e seus traços. Relata como entender os elementos visuais e o conteúdo de uma obra de arte.

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 12

    Marcelo Quintella, Head Of Data Analytics, da Zwift, explica como funciona o simulador virtual para os ciclistas. Mario Canna, da Ciclo Urbano, fala sobre o ajuste de pneus e aros. E no segundo bloco, vamos conhecer o paratleta de triathlon, cross triathlon e MTB, Tiago Santos, que nos revela que o ciclismo foi de grande ajuda e importância para a sua recuperação física, depois de um acidente de moto, que ocasionou a perda do movimento do ombro e braço direito. E no ultimo bloco, o atleta profissional de MTB, Henrique Avancini nos contou como o ciclismo adentrou a sua vida pessoal e profissional.

  • 10:30VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 13

    NO VITRINE BRASIL DE HOJE//VOCÊ MERGULHA NUM PASSEIO NO RIO SÃO FRANCISCO//SE DELICIA COM OS QUITUTES DA DONA LINDINHA, UMA MINEIRA DE 96 ANOS QUE CONQUISTOU OS GOIANOS // O VITRINE BRASIL VAI MOSTRAR COMO FOI A FESTA DE SÃO PEDRO EM SÃO LUIS DO MARANHÃO.// ACOMPANHAMOS OS ALUNOS DO INSTITUTO CHEFS ESPECIAIS EM SÃO PAULO //QUE TEM COMO MISSÃO FACILITAR A AUTONOMIA DE PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN E INSERÍ-LAS NA SOCIEDADE ATRAVÉS DA GASTRONOMIA//

  • 11:00DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII

    DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII - 04

    "A boa notícia de que estamos vivendo por mais tempo traz consigo a má notícia de que muitos de nós sofrerão os efeitos nocivos da velhice como resultado. Maggie Philbin analisa como nossos músculos e ossos mudam à medida que envelhecemos. Liz Bonnin explica como os ossos são feitos e como eles enfraquecem com a idade, então olha para um cérebro humano crescendo em uma placa de Petri, que poderia abrir caminho para a cura de doenças como a doença de Alzheimer. Finalmente, a equipe é acompanhada por Sir Terry Wogan, que faz uma busca pessoal para descobrir se há alguma droga atualmente disponível que possa reduzir o risco de desenvolver demência."

  • 11:30COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI

    LUZ

    Por 40.000 anos, a única fonte de luz do homem vinha do sol e do fogo. Então, há 150 anos, o interruptor foi ligado para uma revolução luminosa. Da banheira, Steven começa a contar a extraordinária história das pessoas que nos levaram da escuridão à luz. Nós ouvimos sobre a lâmpada de Edison, que ele na verdade não inventa, e Steven descobre, enquanto viaja por Nantucket, como um comandante de navio do século 18 descobriu uma fonte de iluminação colocando uma criança dentro da cabeça de uma baleia. Steven se torna um eletricista para entender como um cientista francês louco acidentalmente descobriu um modo de criar luz colorida. Sua invenção, a luz neon, levou a uma revolução na publicidade. A história da luz dissipa o mito do momento "eureca" individual, revelando como o trabalho em equipe e a colaboração em grupo lideram o caminho para as ideias mais transformadoras. Seja alterando nossa composição genética, mudando fundamentalmente os padrões de sono do mundo, transformando nossa arquitetura, nos levando ao espaço ou desencadeando uma das grandes reformas sociais da história americana, os pioneiros da luz tornaram-se indispensáveis ao longo da humanidade.

  • 12:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1302

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE ,CONHEÇA O CONCEITO QUE MOSTRA COMO A CONSERVAÇÃO AMBIENTAL É UMA ALIADA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. ENTENDA TAMBÉM OS IMPACTOS DO ABANDONO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS. E AINDA, UMA ESCOLA ADOTA O MODELO SUSTENTÁVEL NA EDUCAÇÃO. RECICLAGEM , REUSO DE ÁGUA E GERAÇÃO DE ENERGIA LIMPA FAZEM PARTE DA ROTINA DESTES ALUNOS. UM DRAMA NAS GRANDES CIDADES: CÃES E GATOS ABANDONADOS COMPETEM COM A FAUNA SILVESTRE E PODEM GERAM PROBLEMAS DE SAÚDE PARA A POPULAÇÃO. E, OBRA DO ESPANHOL IGNÁCIO RIMÊNEZ DEFENDE QUE AS ÁREAS NATURAIS BEM PRESERVADAS GERAM NEGÓCIOS, RENDA E EMPREGO.

  • 13:00RODA VIVA

    JANAÍNA PASCHOAL

    .

  • 14:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 10

    Clodoaldo Araujo visita a Silicon House, onde participa de um jantar – que é um dos modos como a empresa aproxima pessoas e promove networking - e conversa com sua fundadora, Andrea Litto, sobre a situação atual da inovação, dos negócios e do empreendedorismo no Vale do Silício. Victor Lombard, um dos empresários associados à história da Silicon House, conta sua história de superação até fundar a empresa Devine. Max Martin, o filho de 13 anos de Andrea Litto, conversa com Clodoaldo e faz a apresentação de um projeto seu envolvendo robótica e saúde. No segundo bloco, Clodoaldo Araujo conversa com Lawrence Murata, um brasileiro formado em Stanford e fundador da Newton Technologies que quer usar Inteligência Artificial para desenvolver projetos e soluções na área do bem estar social.

  • 15:01VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    RODAS DE VIOLA - 02 (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca as Rodas de Viola que ocorreram no programa.os seguintes músicos participaram deste programa: Inezita Barroso, Adriana Farias,Rodrigo Mattos, Joãozinho, Arnaldo Freitas, Índio Cachoeira, Fernando Deghi, João Lucas, Alexandre, Thiago Santos, Paranaense, Neymar Dias, Bruna Viola, Lucyana, Divino e Donizete, Laura Rocha, Fabinho da Viola.

  • 16:00MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    DANI BLACK

    Entre ensaio e entrevista, o artista, filho de músicos, conta como foi natural sua caminhada nesse meio, de 5 a seco a carreira solo. Revelando também o que pensa sobre música, composições e futuro.

  • 16:30MINIDOCS - SHOWS

    DANI BLACK (PARTICIPAÇÃO TIAGO IORC)

    MINIDocs são duas séries de 12 shows cada, realizados nas casas Tom Jazz e Teatro Vivo!

  • 17:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 12 - OUTROS SOTAQUES

    Com o tema Outros Sotaques, este programa destaca composições de Zé Menezes, Moacir Santos e Esmeraldino Salles, entre outros.

  • 18:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 550

  • 19:30FESTA BAILE

    FESTA BAILE 01 - 30 ANOS TV CULTURA

    PROGRAMA DE ESTREIA DA SERIE "FESTA BAILE" REEDITADO PARA REPRISE ESPECIAL EM COMEMORACAO AOS 30 ANOS DE TV CULTURA.

  • 20:30CORPO DE BAILE

    BALÉ DE CÂMARA DA CIDADE DE SÃO PAULO - POEMA SINFÔNICO

  • 21:00FIGURAS DA DANÇA 2010

    CARLOS MORAES

    Um dos artistas fundamentais para a consolidação da dança na Bahia, Carlos Moraes iniciou seus estudos no Rio Grande do Sul, sua terra Natal, e mais tarde se profissionalizou no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na década de 1960. O professor, Maître de ballet, coreógrafo e diretor chegou a Salvador no início dos anos 1970 para dar aulas de balé clássico para alunas da Escola de Ballet do Teatro Castro Alves (EBATECA). Em pouco tempo, o ensino da dança clássica e a concepção da dança cênica sofreram grandes alterações, com reverberações no campo sociocultural. Com um trabalho sério, Moraes misturou a dança afro, o balé clássico, a dança moderna e as manifestações folclóricas, estimulou o convívio entre as bailarinas brancas de classe média e os "capoeiristas", rapazes negros e pobres. Fez da miscigenação uma matriz dos seus espetáculos.

  • 21:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM04 - TEMPORADA 1 - TONINHO FERRAGUTTI

  • 22:30TARTARUGAS DE OMÃ

  • 23:00REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1302

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE ,CONHEÇA O CONCEITO QUE MOSTRA COMO A CONSERVAÇÃO AMBIENTAL É UMA ALIADA DO DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO. ENTENDA TAMBÉM OS IMPACTOS DO ABANDONO DE ANIMAIS DOMÉSTICOS. E AINDA, UMA ESCOLA ADOTA O MODELO SUSTENTÁVEL NA EDUCAÇÃO. RECICLAGEM , REUSO DE ÁGUA E GERAÇÃO DE ENERGIA LIMPA FAZEM PARTE DA ROTINA DESTES ALUNOS. UM DRAMA NAS GRANDES CIDADES: CÃES E GATOS ABANDONADOS COMPETEM COM A FAUNA SILVESTRE E PODEM GERAM PROBLEMAS DE SAÚDE PARA A POPULAÇÃO. E, OBRA DO ESPANHOL IGNÁCIO RIMÊNEZ DEFENDE QUE AS ÁREAS NATURAIS BEM PRESERVADAS GERAM NEGÓCIOS, RENDA E EMPREGO.

  • 23:31PADRE BROWN IV

    PADRE BROWN IV - O MALUCO DO IMPÉRIO

    EPISÓDIO 4 - O MALUCO DO IMPÉRIO Tio Mirth emerge da igreja de St. Mary com um chapéu de fraque e coco, segurando um boneco de ventríloquo. Enquanto os policiais o seguem e o retêm. Ttio Mirth chama o padre Brown de "Judas". Dois anos depois, um convite para sua festa de boas-vindas sugere que o padre Brown é perdoado. No entanto, enquanto um Henry alegre sai, ele fica sem fôlego e cai morto, segurando o peito. Entristecido, o padre Brown decide ir à festa para dar ao tio Mirth a má notícia, com a sra. McCarthy como apoio moral. No entanto, quando o Padre Brown chega ao local do partido, um prédio abandonado, ele encontra uma certidão de óbito com seu próprio nome. Os convidados da festa entram no prédio para se veem presos - e um filme do Tio Mirth diz a eles que todo mundo vai morrer...

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 56 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 56 você verá como funciona um jornal e conhecerá algumas funções dentro da redação; aprenderá como as palavras se classificam segundo o número de sílabas em: monossílabos, dissílabos, trissílabos e polissílabos. Ficará sabendo também o que é um dígrafo e como fazer na hora de dividir a palavra escrita.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 67 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 67 você conhecerá vários significados para a palavra argumento. Aprenderá também que as orações coordenadas assindéticas - aquelas que não são ligadas por conectivos - são separadas pela pontuação. Em literatura, você ouvirá poemas de um estilo que surgiu a partir do Realismo, chamado de Parnasianismo, e saberá que o poeta mais importante desse movimento foi Olavo Bilac.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 51

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    COISAS QUE SALVAM X COISAS QUE AMEAÇAM O PLANETA

    QUADROS • GRANDE REPORTAGEM: Hoje o Almanaque Educação vai fazer um passeio em meio à natureza. Nós vamos descer a pé os 7 km da estrada “Caminhos do Mar”, conhecida como antiga estrada de Santos. Para uma verdadeira aula multidisciplinar a céu aberto em plena Serra do Mar, contamos com a companhia do prof. Luís de Campos e de uma turma de alunos de Gestão Ambiental. • HORIZONTES CULTURAIS : Visita de alunos de escola pública ao aquário do Ipiranga. • QUANDO EU CRESCER: Matéria com estudante que tem o sonho de trabalhar com o mar (oceanografia ou oceanologia).

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 163

    FESTIVAL DA MANTIQUEIRA. O Entrelinhas mostra como foi a segunda edição desse animado encontro literário que aconteceu na cidade de São Francisco Xavier, numa das mais belas paisagens de São Paulo. A gente acompanhou mesas, oficinas de criação e entrevistou alguns dos escritores presentes a esse encontro que teve como destaques um debate sobre ficção policial (em homenagem aos 200 anos do nascimento de Edgar Allan Poe) e uma mesa com os finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura. DÉCIO PIGNATARI. O programa entrevista o poeta Décio Pignatari, que acaba de lançar Bili com Limão Verde na Mão. Em seu primeiro livro infanto-juvenil, Pignatari narra as peripécias de uma menina que aprende a nomear o mundo por meio de invenções de linguagem que dialogam com Alice no país das maravilhas, de Lewis Carroll. Pignatari também falou ao Entrelinhas sobre sua participação no concretismo – mais importante movimento de vanguarda da literatura brasileira nas últimas décadas. GUIMARÃES ROSA. O Entrelinhas mostra também o espetáculo Sertão no Meio do Redemoinho, que explorou a relação entre o sertão e a cidade na obra de Guimarães Rosa. Com apoio do Sesc, o projeto começou em Cordisburgo, cidade natal do escritor, e passou pela capital e por cidades do interior de São Paulo com teatralizações multimídia que trouxeram a linguagem de Grande Serão: Veredas para o espaço urbano.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    ROCK BRASILEIRO

    BLOCO 1 Felipe Reis, caracterizado de Raul Seixas e Tininha Mello, de Rita Lee, conduzem o programa e destacam as principais bandas de rock brasileiro. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra “rock”. Trecho da canção “Estúpido cupido”, interpretada por Celly Campelo para ilustrar o tema. Felipe e Tininha recebem os covers de Roberto Carlos (Eli) e Wanderléa (Mayara) que canta trecho de “Pare o casamento”, de Resnick/Young – versão de Luis Keller. Felipe e Tininha destacam as principais bandas de rock da década de 80 e trecho da canção “Meninos e Meninas” (Dado Villa-Lobos / Renato Russo/ Marcelo Bonfá), na interpretação da Legião Urbana, ilustra a passagem. Felipe Reis entrevista o professor de língua portuguesa Paulo César Carvalho que comenta a linguagem da letra “Meninos e Meninas” e explica o que é o “pretérito imperfeito e o significado desse adjetivo no trecho “acho que o imperfeito não participa do passado...”. O quadro CSI-LP traz as expressões “risco de vida” e “risco de morte” para serem investigadas. Participação especial da apresentadora Sabrina Parlatore. BLOCO 2 A equipe do INL desvenda mais um caso da língua portuguesa. Os detetives com a ajuda do Conselheiro Brás, após investigação, chegam a conclusão de que a expressão “risco de vida” é mais usada, de acordo com o site Corpus do português. Em casos como esse, é o uso eu dá a norma, e o uso consagrou “Risco de vida”. De acordo com as explicações, “risco de vida” seria a forma elíptica de “risco de perder a vida” ou uma variação de “a vida está em risco”. O quadro Socorro! Língua Portuguesa traz a diferença do uso popular e do uso culto na comunicação social. Quando se fala “o futuro é nós!” o interlocutor está fazendo uso de um registro popular. O registro culto determina a concordância do verbo com o pronome pessoal do caso reto “nós”. Neste caso, o correto seria “o futuro somos nós!”. BLOCO 3 Os personagens Rita Lee (Tininha) e Raul Seixas (Felipe) e seus convidados cantam, com a ajuda do DJ Mauro, trecho de “Mulher de Fases”, dos Raimundos e”A Rosa”, de Chico Buarque. Felipe Reis entrevista o professor de língua portuguesa, Paulo César Carvalho que analisa a letra das duas canções. Enquanto “Mulher de Fases” se vale de registros extremamente coloquiais (com gírias e irregularidades de concordância), “A Rosa” emprega uma linguagem menos coloquial e um vocabulário mais sofisticado. Em relação às características das mulheres, há semelhanças entre as personagens, que mudam facilmente de opinião, caracterizando-se pela volubilidade. Em “Mulher de fases”, a personagem feminina, às vezes, joga as “coisa” do eu lírico fora, às vezes o beija com intensidade. Já em “A Rosa”, entre outras oscilações de humor, “some nas altas da madrugada”, mas “trabalha de plantonista”, “é doida pela Portela”, mas anda “vestida de verde e rosa”, as cores da Mangueira. O Jornal Nossa Língua traz a notícia extraordinária de que alguns cidadãos soteropolitanos afirmam terem visto o pintor surrealista Salvador Dali pintando uma paisagem do pôr do sol. Felipe, na pele de um soteropolitano, recita trecho da canção “Dali de Salvador” (Antonio Pedro/Evandro Mesquita), da Blitz. Felipe Reis conversa com o professor de língua portuguesa Paulo César Carvalho que faz análise do trocadilho que os versos da canção faz entre o pintor surrealista “Salvador Dali” e o advérbio “Dali”. Raul Seixas (Felipe Reis) e Rita Lee (Tininha Mello) e convidados encerram o programa ao som de Raul Seixas (Felipe) cantando “Eu nasci há dez mil anos atrás”, (Raul Seixas/Paulo Coelho).

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    RICARDO KARAM - UNIVERSIDADE DE COPENHAGUE (12/11)

    RICARDO KARAM É PROFESSOR DA UNIVERSIDADE DE COPENHAGUE, DINAMARCA, E REALIZOU UMA PESQUISA VOLTADA A FORMAÇÃO DE PROFESSORES NA UNIVERSIDADE DE HAMBURGO, ALEMANHA. O INTERESSE ERA MOSTRAR COMO A FÍSICA PODE TORNAR O ENSINO DA MATEMÁTICA MAIS ATRAENTE. O PESQUISADOR PARTICIPOU DO 3º DIÁLOGO BRASIL-ALEMANHA DE CIÊNCIA, PESQUISA E TECNOLOGIA, EM SÃO PAULO.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

    A violência contra a mulher está cada vez mais presente no nosso meio. Ela pode e acontece de diversas formas na sociedade atual. Neste educativo, vamos conhecer um pouco mais sobre a importância de identificar os sinais do problema, o que fazer para combate-lo e, assim, ajudar a transformar a nossa sociedade em um ambiente mais seguro para as mulheres.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    07 - PROTAGONISMO JUVENIL

    A participação dos jovens no planejamento e desenvolvimento das ações como recurso para a promoção da saúde e a qualificação das práticas educativas. Vítor da Silva Cândido, estudante de Direito, Lucas Pablo Oliveira, estudante de Comunicação, a assistente social, Roberta Sales e MC Xandy, estudante de Pedagogia, conversam sobre o protagonismo juvenil.

  • 10:46TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 1 - EMESP E SALA SÃO PAULO

    Neste programa os apresentadores Felipe e Tuti – a partir das linhas de metrô do Centro da cidade de São Paulo – visitam a Sala São Paulo, considerada uma das melhores salas de concerto do mundo; conhecem a sua programação e atravessando a rua, visitam a EMESP – Escola de Musica do Estado – responsável pela formação de diversos profissionais da área musical, inclusive integrantes das orquestras que se apresentam no espaço da Sala São Paulo.

  • 11:01MESTRES DE OFICIO

    METAL NA BAHIA

    A ARTE LIGADA A RELIGIAO.ESTE PROGRAMA MOSTRA COMO A PRODU - CAO FERRAMENTAS PARA OS SANTOS DO CAMBOMBLE E UM DOS PRINCI- PAIS TRABALHOS DOS ARTISTAS.

  • 11:31LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 13

    Convidados: Márcia Tiburi e Ignácio de Loyola Brandão Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Como disse na apresentação, vocês dois escrevem uma prosa difícil, exigente – mas ambos mantêm trabalho de aproximação do grande público (Marcia na TV e em livros de filosofia p/ não-especialistas; Loyola como cronista). A literatura está fadada a viver num gueto? Nelson de Oliveira p/ Loyola [por que a literatura é tão desprezada pelos editores e pelos leitores europeus e norte-americanos?] • Ser best seller é uma degradação da literatura? [Paulo Coelho] O valor da literatura consiste em não ter um valor de troca? • Existe uma “literatura brasileira” ou em tempos de globalização isso é um mito ultrapassado? • Uma pergunta que sempre faço aos convidados: nessa época de tantas mídias e linguagens diferentes, o que só a literatura pode dizer? PERGUNTAS BLOCO 2 Nelson p/ Márcia: [a principal função da literatura contemporânea é questionar o leitor?] • Fazer a mesma pergunta para Loyola. • Loyola: Vc escreveu um livro – O Anônimo célebre – que ironiza a sociedade do espetáculo. Ao mesmo tempo vc trabalha na Vogue, uma revista de moda. Como vc transita nesses dois mundos (literatura e moda)? • Marcia: trabalhar na TV (Saia Justa) significa participar da sociedade do espetáculo? [lembrar do livro de Marcia sobre Adorno, maior crítico da indústria cultural] • Loyola: em tempos de politicamente correto, há tabus para o escritor? PERGUNTAS BLOCO 3 Veronica Stigger p/ Márcia: [de que forma filosofia, literatura e artes plásticas interagem na sua produção?] • Loyola: vc trabalha com vários gêneros (romance, conto, carta, teatro, crônica). Vc visa públicos diferentes em cada um desses gêneros? • Marcia: Existe transgressão hoje? Transgressão ainda é um valor literário? • Loyola: Seu livro Zero foi censurado pelo regime militar. Existe hoje outro tipo de censura? Censura da crítica, da academia? • Marcia: existe uma ética na literatura? Ela é diferente da ética do filósofo? PERGUNTAS BLOCO 4 Veronica p/ Loyola [qual é o livro que você jamais vai ler?] • Repetir pergunta para Marcia Tiburi. [Lembrar dos panfletos anti-semitas de Céline] • Loyola: vc é conhecido por ser um dos escritores mais identificados com a cidade de São Paulo, mas hoje fala-se mais de literatura da periferia do que literatura urbana. A vivência urbana se deslocou? Ou essa literatura faz parte de um processo de industrialização da miséria? • Marcia: como a tecnologia, a técnica, modifica a subjetividade? Existem personagens características da vida pós-moderna? • Loyola: é possível identificar na sociedade de hoje um problema crucial que convoque o escritor a escrever ou a literatura é expressão de um imaginário pessoal?

  • 12:30CULTURA LIVRE

    CULTURA LIVRE 359

    359 - TUYO Roberta Martinelli recebe a banda Tuyo no programa Cultura Livre. Eles apresentam canções do primeiro álbum, “Pra Curar”. Também tem a primeira vez do cantor paraense Felipe Cordeiro e uma matéria com Lirinha, Mariene de Castro, Otto e Uli falando sobre o Rei do Baião, Luiz Gonzaga.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 10/08/2018 - PATERNIDADE RESPONSÁVEL

    HOJE FALAMOS SOBRE PATERNIDADE RESPONSÁVEL./COM A GENTE, O JORNALISTA E ESCRITOR MARCOS PIÂNGERS./ A NEUROPSICÓLOGA EDYLEINE PERONI BENCZIK./ E O ATOR, ROTEIRISTA E AUTOR ÉRICO BRÁS.

  • 14:01CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 30

    CRÉDITOS - PGM 30 - NO AR EM 17/11/11 ABRE CONSCIENCIA NEGRA ENTREVISTA EMANOEL ARAUJO MUSA EVA WILMA A PEDIDO EVA WILMA Arquivo TV Cultura Programa Concerto - Maestro João Carlos Martins de 1973 VT ENCERRA FESTIVAL RETRÔ

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL CRIOULO

    "NEGRO ERA COMO CARVAO:UM SACO DE CARVAO ACABOU,VOCE COMPRA OUTRO..."DIZ DARCY RIBEIRO NO INICIO DESTE,QUE E O PRIMEIRO DOS CINCO PROGRAMAS SOBRE OS "BRASIS".O PROGRAMA POE EM PERS PECTIVA A REGIAO CULTURAL QUE ELE CHAMA DE CRIOULA - BAHIA, RIO DE JANEIRO,PERNAMBUCO,MARANHAO,REGIAO FORTEMENTE MARCADA PELA PRESENCA NEGRA.FALA DE SUA OPULENCIA E DECADENCIA. COM FILMAGENS REALIZADAS EM SALVADOR,NO RECONCAVO BAIANO,EM OURO PRETO E RIO DE JANEIRO,O PROGRAMA CONTA AINDA COM RICO MATERIAL FILMICO - DOCUMENTARIOS E FICCAO - PESQUISADO EM ARQUIVOS BRASILEIROS:NELSON PERREIRA DOS SANTOS,O TAMBOR DE MINA FILMADO PELA "MISSAO DE PESQUISAS FOLCLORICAS",DE MARIO DE ANDRADE.DORIVAL CAYMMI E CHICO SCIENCE.CARLOTA E NELSON SARGENTYO.CANDOMBLE E FUNK.CLEMENTINA DE JESUS E SUA RECEITA DE FEIJOADA.DESENHOS DE CARYBE.TEXTOS DE CAMARA CASCUDO E GILBERTO FREYRE.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    PAIS DEFICIENTES VISUAIS

    Outro dia uma mãe, que é cega, nos escreveu dizendo que enfrenta muito preconceito, como se ela não tivesse condições de cuidar da filha. Por isso decidimos fazer este Momento Papo de Mãe sobre pais deficientes visuais. Quem não enxerga tem todo o direito de ter filhos e condições para criá-los. Nossos convidados são a Silvia Andreossi, professora de orientação e mobilidade da Laramara e o casal Elza e Edio Malaquias que são pais do Edilson, de 21 anos. Elza e Edio são deficientes visuais.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 10 FORMAÇÃO DE PROFESSORES - 14/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR SOBRE A FORMAÇÃO E A VALORIZAÇÃO DOS PROFESSORES. / ?AS FACULDADES ESTÃO PREPARANDO BEM OS FUTUROS MESTRES? / O QUE É PRECISO MUDAR PARA QUE QUEM ENSINA, TAMBÉM RECEBA UM ENSINO DE QUALIDADE ?// PARA COMENTAR ESSA QUESTÃO TÃO IMPORTANTE, TEREMOS A COMPANHIA DE GUIOMAR NAMO DE MELLO, EDUCADORA E MEMBRO DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO./

  • 15:33DOC TV II

    ENTREMUNDOS A BIOCEÂNICA DO BRASIL CENTRAL (MS)

    Documentário trata das relações que podem favorecer ou minar a integração latino americana. Ao cruzar quatro fronteiras na América do Sul, o documentário Entremundos – a bioceânica do Brasil central, mostra que algo acontece muito além das nossas janelas. A distância do cotidiano brasileiro facilita a compreensão dos motivos de tamanha miséria e desigualdade enfrentadas pelo nosso povo. O entendimento é favorecido a cada relato de nossos vizinhos na Bolívia, no Chile, na Argentina e no Paraguai. Surge então a consciência de que fomos dominados, estamos recolonizados e como isso potencializa nossas tragédias. Com uma única câmera e algumas mochilas nas costas, durante dois meses a equipe registrou fragmentos de uma revolução nativa nas ruas e estradas da Bolívia, o “destape” cultural iniciado no Chile, a organização campesina em andamento no Paraguai, as alternativas econômicas criadas pelos trabalhadores depois do fracasso do neoliberalismo na Argentina. A viagem fortalece o que sempre sentimos como sul-mato-grossenses: somos um pouco de cada cultura ao nosso redor e então compreendemos onde nasce o tal sonho de integração.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - SEGUNDA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 25 - SP ESCOLA DE TEATRO E MUSEU DA DIVERSIDADE SEXUAL

    Felipe e Tuti visitam uma das praças mais descoladas do território cultural de São Paulo: A Praça Roosevelt. Lá, eles conhecem a sede da SP ESCOLA DE TEATRO e conversam com alunos, professores e frequentadores do local. Ainda neste programa a dupla de apresentadores visita o Museu da Diversidade, na Estação República do metrô e batem um papo com representantes da diversidade étnica e de gênero. Gente que têm se destacado por sua atuação marcante na cultura do Estado.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 56 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 56 você verá como funciona um jornal e conhecerá algumas funções dentro da redação; aprenderá como as palavras se classificam segundo o número de sílabas em: monossílabos, dissílabos, trissílabos e polissílabos. Ficará sabendo também o que é um dígrafo e como fazer na hora de dividir a palavra escrita.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 67 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 67 você conhecerá vários significados para a palavra argumento. Aprenderá também que as orações coordenadas assindéticas - aquelas que não são ligadas por conectivos - são separadas pela pontuação. Em literatura, você ouvirá poemas de um estilo que surgiu a partir do Realismo, chamado de Parnasianismo, e saberá que o poeta mais importante desse movimento foi Olavo Bilac.

  • 17:30HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    MUITA HISTÓRIA E POUCA COR

    EM MEADOS DO SÉC. XIX, O RIO DE JANEIRO PASSA A SER A CIDADE MAIS IMPORTANTE DA AMÉRICA LATINA. A ESTABILIDADE POLÍTICA DO BRASIL ALCANÇADA COM A PROCLAMAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA,SOMAVA-SE AGORA A PROSPERIDADE ECONÔMICA BASEADA NA AGRICULTURA DO CAFÉ. FOI AÍ QUE SURGIRAM AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS PARA UM ALTO GRAU DE DESENVOLVIMENTO ARTÍSTICO E CULTURAL DO PAÍS, NUM MOMENTO DE AFIRMAÇÃO DA NACIONALIDADE E POR ISSO É COMPREENSÍVEL A TEMÁTICA HISTÓRICA PASSASSE A TER MUITA IMPORTÂNCIA PARA O MUNDO OFICIAL.

  • 18:30METROPOLIS

    METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 391 - 10/11/2019

    VANESSA DA MATA EM NOVA FASE. PELA PRIMEIRA VEZ A CANTORA PRODUZ O PRÓPRIO ÁLBUM. NEGÓCIO DE GARAGEM. PEQUENOS ESPAÇOS TRASFORMADOS EM BARES, PADARIAS E SEBOS. MARATOAN TEATRAL. "OS SETE AFLUENTES DO RIO OTA", UM ESPETÁCULO DE CINCO HORAS EM NOVA TEMPORADA. E LIVRO DE MEMÓRIAS DE JOÃO MARCELO BOSCOLI SOBRE A MÃE, ELIS REGINA.

  • 19:00VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 14

    O VITRINE BRASIL MERGULHA NAS ÁGUAS DE FERNANDO DE NORONHA, UM PARAÍSO BRASILEIRO NO OCEANO ATLÂNTICO./ TE LEVA ATÉ O PARQUE ESTADUAL DO JALAPÃO, NO TOCANTINS.// VOCÊ VAI CONHECER UM JEITO NOVO DE PENSAR A RELAÇÃO ENTRE MEIO AMBIENTE E PRODUÇÃO ECONÔMICA NA BACIA DO ARAGUAIA //SÃO PAULO NÃO PARA DE CRESCER. NÃO É DE HOJE QUE A METRÓPOLE MAIS POPULOSA DO PAÍS EXPLORA ESPAÇOS DE BAIXO DA TERRA. TEM TÚNEL SOB O QUARTEL DA ROTA// UMA HORTA NO SUBSOLO DE UM EDIFÍCIO. // E UM BAR NO SUBTERRÂNEO DO TEATRO MUNICIPAL.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    EDSON CELULARI

  • 20:30TELECONTO

    LADEIRA DA MEMÓRIA 1

  • 21:01CABARET LITERÁRIO

    RENATA PALLOTTINI, A TESTEMUNHA

    O PROGRAMA FAZ HOMENAGEM A POETISA RENATA PALOTINNI.

  • 22:00GRANDES CURSOS CULTURA NA TV

    A POESIA REFLEXIVA DE DRUMMOND - MINERACAO DO OUTRO

    O Prof. Davi Arrigucci Junior fala sobre o universo poético de Carlos Drummond de Andrade. Nesse programa o prof. Davi Arrigucci analisa o poema "Mineração do Outro" que faz parte do livro "Lição de Coisas", editado em 1962. O "Lição de Coisas" é um livro muito experimental, muito especulativo em que o tema do conhecimento é uma constante, nas palavras do Prof. Davi. "Mineração do Outro" além da alta qualidade, é um poema que dá complexidade para a obra lírica de Drummond. De acordo ainda com seu pensamento, a "Mineração do Outro" revela os paradoxos e contradições do amor, sentimento fundamental da nossa existência. Em sua análise, a linguagem chama a atenção: uma linguagem elevada, culta e rara, tanto do ponto de vista sintático quanto do vocabulário. A começar pelo título, o autor já faz uma metáfora: O termo mineração, como lavra, sugere um vínculo com a história pessoal do poeta. Mas, curiosamente se trata da mineração do outro e não do ouro. Há um trocadilho entre ouro e outro e esse trocadilho está latente no poema: o metal nobre elevado, difícil, raro é substituído pelo outro na relação amorosa, a escavação do outro. Na visão do professor, trata-se de um poema dramático: "Amor é compromisso com algo mais terrível do que amor? Todo o desenvolvimento do poema conduz da terra e do corpo à noite, ao fogo. No conjunto, o poema é um discurso que imita a decifração do outro, que pretende imitar o movimento dos amantes no sentimento amor. O Professor Davi Arrigucci Junior, nasceu em São João da Boa Vista (São Paulo) em 1943. Professor aposentado de teoria literária e literatura comparada na USP, , onde lecionou de 1965 a 1996, crítico e ensaísta consagrado, estreou como romancista com Ugolino e a Perdiz, a “saga” de um caçador quixotesco em busca de uma perdiz encantada. Ao estrear como ficcionista, Arrigucci disse estar sentindo um prazer que não sentia com sua produção anterior de ensaios – o que talvez soe injusto com uma das mais sólidas coleções artigos sobre escritores nacionais e estrangeiros, com destaque para O Escorpião Encalacrado (sobre o argentino Julio Cortázar) e O Cacto e as Ruínas (sobre Manuel Bandeira e Murilo Mendes). Publicou recentemente o livro "Coração Partido", em que analisa a poesia reflexiva de Carlos Drummond de Andrade.

  • 22:44CULTURA É CURRÍCULO

    INSTITUTO TOMIE OTHAKE

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 11/11/2019

  • 23:45MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    JAPÃO: OS DESAFIOS DAS MULHERES ECOLOGISTAS

    O PROGRAMA MOSTRA A ECOLOGISTA YUKINO, QUE CRIOU A REDE MAMA ECO, UM GRUPO DE MAES INTERESSADAS EM QUESTOES AMBIENTAIS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 16 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que, depois da Independência, o poder político era dividido entre os liberais moderados, os liberais exaltados e os restauradores. A pressão pela descentralização era grande, e aí foi feita uma emenda da Constituição, o Ato Adicional de 1834. Em vez de acalmar as províncias, estouraram as chamadas Rebeliões Regenciais. Surgiu uma nova força política: os Regressistas. Veremos então, que a partir daí, o Império passou a ter dois partidos, que se alternavam no governo: o liberal e o conservador. Mas o maestro da orquestra era o Poder Moderador.

  • 07:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 16 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá o que é um conjunto espacial. Verá que os biomas formam grandes conjuntos que procuram classificar e ordenar os sistemas de vida existentes na biosfera. Conhecerá as propostas de desenvolvimento sustentável que têm levado os órgãos internacionais a adotar os biomas como unidades de gestão ambiental em escala planetária.

  • 07:32ENERGIA

    ENERGIA 52

  • 08:02ALMANAQUE EDUCACAO

    CAMINHO DAS ÁGUAS

    QUADROS • GRANDE REPORTAGEM – Na Grande Reportagem do Almanaque Educação vamos falar dos rios da cidade de São Paulo. Com a ajuda do historiador Janes Jorge, vamos entender a importância dos rios na cidade e a influencia da cidade na rota dos rios. E como a água chega até a nossa casa? Fomos até a Estação do Guaraú, na Serra da Cantareira, que abastece metade da região metropolitana de São Paulo conversar com a Gerente de Tratamento Cláudia Mota e entender o caminho das águas! • PALAVRA DE MESTRE – ABORDAGEM APOIADA NA LINHA DA CURIOSIDADE • HORIZONTES CULTURAIS – O QUADRO MOSTRARÁ A VISITA DE ALUNOS DA ESCOLA PÚBLICA ESTADUAL AO PROJETO “DE OLHO NO TIETÊ”, ESTUDO DO MEIO REALIZADO DE BARCO PELO RIO TIETÊ. • INTERVENÇÃO DE RUA – Tem pescaria no Almanaque Educação

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 164

    Literatura gay. No dia da Parada do Orgulho Gay, em São Paulo, o Entrelinhas discute um tema que mexe com tabus e preconceitos: a literatura homoerótica ou GLS. Entrevistamos Laura Bacellar – dona da editora Malagueta, especializada em ficção voltada para o público homossexual feminino – e dois escritores que assumem sua orientação sexual: o poeta Horácio Costa e o romancista João Silvério Trevisan. Eles contestam o rótulo “literatura gay” para definir a expressão literária das minorias sexuais, mas afirmam que a homossexualidade dos grandes escritores ainda está cercada de preconceitos: “Por exemplo por que não se fala da homossexualidade de Guimarães Rosa? Por que esconder tanto? Por que esse imenso estigma de que isso vai acabar com a honra de uma pessoa? É o mesmo problema com a família de Pedro Nava. Não se pode tocar nesse assunto” – diz Trevisan, e acrescenta, denunciando a hipocrisia: “Quando abriram os baús [dos originais de Mário de Andrade] no Instituto de Estudos Brasileiros da USP, havia trechos cortados com gilete. O que é isso? Que doença é essa?” Literatura pelo celular e pelo Twitter. O programa mostra também como os suportes digitais são cada vez mais utilizador pelos escritores. Depois dos blogs, a agora é a vez do celular e do Twitter. A gente conversou com o escritor Samir Mesquita, que desenvolveu uma oficina sobre literatura pelo celular durante o Blooks – uma exposição sobre cultura digital e literatura que acontece no Sesc Pinheiros, em São Paulo. Samir Mesquita também usa o Twitter para escrever seus textos e fez uma micro-narrativa especialmente para o Twitter do Entrelinhas.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    DRAMATURGIA

    BLOCO 1 Felipe Reis e Tininha Mello mostram nesse programa a arte de contar histórias através da dramaturgia. O quadro “Etimologia” traz a origem do palavra “dramaturgia”. O Povo fala responde a enquete: -“você já leu um livro e depois assistiu ao filme com a história do livro? / quais as diferenças? Felipe conta que escrever uma história para ser publicada em um livro é diferente de escrever a mesma história para ser vista no palco do teatro, no cinema ou na tela da tv. Por isso, muitas vezes, essas histórias precisam passar por uma adaptação. Trecho do filme “O enfermeiro”, direção de Mauro Farias, baseado no conto homônimo de Machado de Assis, para ilustrar o tema. Felipe Reis entrevista o professor de literatura Fernando Marcílio que fala sobre o conto de Machado de Assis, O Enfermeiro e das dificuldades de se adaptar uma obra machadiana. Trecho do filme “O enfermeiro”, com os atores Paulo Autran e Mateus Nachtergaele, para ilustrar o tema. BLOCO 2 O Jornal Nossa Língua fala sobre a tragédia no Rio de Janeiro quando Alaíde Moreira, de 25 anos é atropelada depois de sair enlouquecida pela rua. Alaíde Moreira é personagem central da peça Vestido de Noiva, de Nelson Rodrigues. Trechos do teleteatro 2 “Vestido de Noiva”, da TV Cultura, direção de Antunes Filho, para ilustrar o tema. Felipe Reis entrevista o professor de literatura Maurício Soares Filho que fala sobre a linguagem usada por Nelson Rodrigues em suas obras. O Povo fala responde a enquete: -“O que é um teatro de Arena? O quadro “Curiosidades” traz os significados de “Teatro de Arena”. Trecho do filme “Eles não usam black-tie”, peça teatral de Gianfrancesco Guarnieri adaptada para o cinema, para ilustrar o tema. BLOCO 3 Felipe e Tininha contam que os textos que possibilitam a realização de peças de teatro, filmes, novelas, seriados pertencem ao gênero dramático. Encenação de um trecho da peça “O juiz de paz na roça”, escrita por Martins Pena, em 1837. Felipe Reis no papel de escrivão, Tininha Mello, como juíza e Mauro Muraro como José. Felipe Reis entrevista o professor de literatura, Fernando Marcílio, que fala sobre a linguagem usada por Martins Pena na peça. O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz a diferença no uso do verbo “depor” como transitivo direto e como transitivo indireto Dramatização do “Auto da Lusitânia”, de Gil Vicente, em que Felipe Reis interpreta os personagens TODO MUNDO e BERZEBU e, Tininha Mello, os personagens NINGUÉM e DINATO. Felipe e Tininha, destacam o filme “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, baseado na obra de mesmo nome, de Machado de Assis. Encerram o programa ao som de Roda Viva, de Chico Buarque.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    CLEIDE MARA DALA TORRES E VITOR HENRIQUE PARO

    PROJETOS QUE SINALIZAM PARA UMA AMPLIAÇÃO DO TURNO ESCOLAR SÃO CONSTANTES NO BRASIL, EMBORA O PAÍS NÃO TENHA, ATÉ HOJE, O ENSINO EM TEMPO INTEGRAL COMO UMA REALIDADE DE MASSA. O PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO ESTABELECE QUE, ATÉ 2024, 50% DAS ESCOLAS PÚBLICAS DEVEM OFERECER ENSINO EM TEMPO INTEGRAL. ESTE É O TEMA DESTE EDUCAÇÃO BRASILEIRA. OS NOSSOS CONVIDADOS SÃO VITOR HENRIQUE PARO, PROFESSOR-TITULAR DA FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA USP, E CLEIDE MARA DALA TORRES, DIRETORA DA ESCOLA ESTADUAL JARDIM RIVIERA, QUE TEM JORNADA DE 9 HORAS DIÁRIAS PARA ALUNOS DO ENSINO MÉDIO. ELES CONVERSARAM COM CÁSSIA GODOY.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    CÂNCER DE MAMA METASTÁTICO

    O câncer de mama é o tipo de doença mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo, depois apenas do de pele não melanoma. Nos últimos anos o nível de conhecimento sobre a doença aumentou, mas grande parte da população ainda está mal informada em relação à forma avançada ou metastática. Estima-se que 20% a 50% dos pacientes com câncer de mama em estágio inicial, desenvolverão a doença em estágio metastático. Neste educativo vamos ver uma série de orientações que podem ajudar a enfrentar da melhor forma possível um câncer de mama avançado ou metastático.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    08 - MOBILIDADE URBANA

    Mauro Ferreira, diretor do Centro de Educação para o Trânsito/CET-Rio, Christian Costa, coordenador de linhas da Auto Viação 1001, e Clarisse Linke, diretora executiva do Instituto de Políticas de Transporte & Desenvolvimento (IPTD), debatem a ética do cuidado no trânsito e a importância da participação ativa da sociedade no planejamento da cidade e da mobilidade.

  • 10:46TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 2 - FÁBRICA DE CULTURA CAPÃO REDONDO

    Territórios Culturais viaja hoje para o extremo sul da cidade, na região do Capão Redondo. Berço de um movimento cultural e artístico forte e militante, o Capão abriga uma das Fábricas de Cultura mais atuantes da cidade. Lá, Felipe e Tuti conhecem - além das diversas ações culturais realizadas pela comunidade – Harley e seu grupo vocal que tem bombado na internet: O Quebrada Queer.

  • 11:01MESTRES DE OFICIO

    RENDA NO CEARA

    DESDE PEQUENAS AS FUTURAS RENDEIRAS APRENDEM A TRABALHAR COM O BILRO.A TRADICAO QUE APRENDERAM COM SUAS MAES,CONTINUA SEN DO UMA IMPORTANTE FONTE DE RENDA.O PROGRAMA MOSTRA A ARTE DE SE FAZER TOALHAS,BLUSAS E VARIAS OUTRAS PECAS DE RENDA DE BILRO,E EXPLICA QUE PARA ESTE TIPO DE ARTESANATO SAO NECESSA RIOS,UMA ALMOFADA,GERALMENTE RECHEADA COM FOLHAS DE BANANEI- RA;OS BILROS,CONSTRUIDOS COM O CAROCO DO BURITI;OS ESPETOS DO MANDACARU,QUE SERVEM PARA SEGURAR A LINHA E O PAPELAO COM O DESENHO DA FUTURA OBRA.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 14

    Sinopse PGM 14 Convidados: Ana Miranda e Luiz Ruffato Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Ana: Você escreveu livros tendo escritores como personagens e livros com pesquisa histórica: a invenção puramente ficcional se esgotou? • Ruffato: A idéia de representar a formação do proletariado faz parte dessa preocupação em buscar lastro de realidade para a ficção? • Ana: Livros e filmes inspirados em fatos reais, documentários, relatos testemunhais fazem parte dessa tendência? Poeta Diógenes Moura para Ruffato [como fazer com que o texto emocione?] PERGUNTAS BLOCO 2 Historiadora e escritora Márcia Camargos p/ Ana Miranda: [escrever é erguer uma casa?] • Ruffato: Falando em “construção” Inferno provisório retoma a idéia dos grandes panoramas históricos (como ocorre em Balzac). Isso não é incompatível com realidade (e literatura) contemporâneas? • Ana: de que maneira, na ficção, a história pode falar sobre o presente? Como é seu processo de criação a partir da pesquisa histórica e biográfica? • P/ ambos: é possível identificar na sociedade de hoje um problema crucial que convoque o escritor a escrever ou a literatura é expressão de um imaginário pessoal? Diógenes Moura para Ruffato [futebol] PERGUNTAS BLOCO 3 Diógenes p/ Ana [controle das idéias] • Pergunta para ambos sobre poesia: Ruffato/As máscaras singulares; Ana estreou com livro de poesia • Vocês dois lidam com personagens distantes no tempo e espaço: como recriar a linguagem do outro, do diferente, de uma outra época e de realidades distantes ? • Ana: vc muda de estilo dependendo da época em que seus livros estão ambientados? Como é escrever sobre Augusto dos Anjos ou Clarice sem parodiá-los? PERGUNTAS BLOCO 4 Márcia p/ Ruffato: [origens mineiras] • Ana: Existe uma “literatura brasileira” ou em tempos de globalização isso é um mito ultrapassado? • Ruffato: vc organizou duas antologias, para a editora Record, com contos de “mulheres que estão fazendo a nova literatura brasileira”. Existe literatura feminina? • Ana: fazer mesma pergunta. • Uma pergunta que sempre faço aos convidados: nessa época de tantas mídias e linguagens diferentes, o que só a literatura pode dizer?

  • 12:30MANOS E MINAS III

    CRACA E DANI NEGA

    No palco do Manos e Minas, Craca e Dani Nega. Depois do "Dispositivo tralha", disco de estreia que recebeu vários prêmios, a dupla volta ao Manos e Minas para apresentar músicas do segundo disco "O Desmanche". Dani Nega e Craca trazem para suas músicas pautas como racismo e a resistência em tempos de perdas de direitos no Brasil. Este novo trabalho conta com várias participações como Juçara Marçal, Sandra-X , Clarianas, Luedji Luna, entre outros. Representando a cena dos slams, diretamente do Rio Grande do Sul, Barth Vieira. Matérias: - no quadro de danças urbanas, Igor Trakinas apresenta o popping. - A troca de experiências entre três grafiteiros da pesada e adolescentes da Fundação Casa de Pirituba rendeu novos muros e a certeza de que a arte tem o poder de transformar. Nosso videorrepórter Rodney Suguita acompanhou a transformação do espaço.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 27/08/2018 - MORTE MATERNA

    HOJE FALAMOS SOBRE O AUMENTO DE MORTES MATERNAS NO PAÍS./ COM A GENTE, A OBSTETRA ROSSANA PULCINELI, PRESIDENTE DA SOGESP E O GINECOLOGISTA CÉSAR EDUARDO FERNANDES, PRESIDENTE DA FEBRASGO./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 31

    PGM 31 - No ar: 24/11/11 CRÉDITOS - PGM 31 VT Dia Internacional da Não Violência a Mulher VT Entrevista Luiza Eluf - Procuradora de Justiça de São Paulo VT Dia Mundial da TV - Arquivo TV Cultura Entrevista Boni 2001 VT OFÍCIO ENGRAXATE VT FESTIVAL MÚSICA RETRÔ 3

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL SERTANEJO

    DARCY RIBEIRO COMENTA"QUALQUER VAQUEIRO SABE,DE EXPERIENCIA PROPRIA,QUANTO CONTRASTAM AS FACILIDADES DSPONIVEIS PARA SO- CORRER A UM TOURO EMPESTADO COM AS DIFICULDADES QUE ENCONTRA PARA MEDICAR UM FILHO ENFERMO."O PROGRAMA TRAZ IMAGENS ORIGI NAIS FILMADAS EM CANUDOS,UAUA,PETROLINA E SAO PAULO.CONTEM UMA VASTA COLECAO DE IMAGENS RARAS EXTRAIDAS DE ARQUIVOS DI- VERSOS,ENTRE AS QUAIS:LAMPIAO E SEU BANDO,PADRE CICERO,LUIZ GONZAGA E SUA SANFONA.E MAIS:CENAS ESCOLHIDAS DE CLASSICOS COMO "DEUS E O DIABO NA TERRA DO SOL",DE GLAUBER ROCHA,"VI - DAS SECAS", DE NELSON PEREIRA DOS SANTOS,"MEMORIAS DO CANGA- CO", DE PAULO GIL SOARES, ENTRE OUTROS. DESTACA AINDA,VASTA ICONOGRAFIA INEDITA RETIRADA DOS ARQUI - VOS DE LINA BO BARDI.NA MUSICA,ALEM DISSO,TEMOS A BANDA CA - BACAL E OS IRMAOS ANICETO,O FORRO DOS INDIOS CARIRI E MESTRE AMBROSIO.TOM ZE CANTA LUIZ GONZAGA.TEXTOS DE GUIMARAES ROSA, ROGER BASTIDE E EUCLIDES DA CUNHA PONTUAM O PROGRAMA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    HEMANGIONA

    Neste Momento Papo de Mãe o assunto é hemangioma. Alguns bebês têm essas manchas avermelhadas e elas variam bastante de uma criança pra outra. O hemangioma é considerado um tumor benigno. Alguns podem desaparecer naturalmente, mas outros precisam de cuidados especiais. Nossos convidados são o pediatra Mario Santoro Junior e a Karina Colpani Madeira que tem 3 meninas: a Marcela de 2 anos, a Manuela de 4 e Mariana de 7. A Marcela tem hemangioma.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 11 BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR - 17/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO, NOSSO ASSUNTO É A BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR./ UMA GRANDE MUDANÇA NAS ESCOLAS PÚBLICAS E PRIVADAS, QUE TODO MUNDO PRECISA ENTENDER.// NOSSA CONVIDADA É VALÉRIA DE SOUZA - DOUTOURA EM EDUCAÇÃO E ASSESSORA DE GABINETE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO.// ESPERAMOS VOCÊ CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORÁRIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//

  • 15:33DOC TV II

    MÁRIO GUSMÃO, O ANJO NEGRO DA BAHIA (BA)

    O projeto visa enfocar a vida e obra de Mário Gusmão em três linhas temáticas: a artística, a militância política no movimento negro e a espiritual, através de depoimentos com personagens reais de destaque no cenário baiano que conviveram com Mário Gusmão nas diversas etapas de sua vida. Dentre eles: Carlos Petrovich, Nilda Spencer, Oscar Santana, Orlando Senna, Deolindo Checcucci, Paloma Rocha, Carmen Paternostro, Vovô do Ilê, Jefferson Bacelar, Jackson Costa, Carlinhos Brown e Carlos Betão. Alguns depoimentos são ilustrados com fotos, textos, cartazes, programas, trechos de filmes e ingressos de espetáculos teatrais e de dança dos acervos da Escola de Teatro da UFBA, Teatro Vila Velha, Espaço Xisto Bahia, Teatro Castro Alves e do Centro de Estudos Mário Gusmão.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - TERÇA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 26 - CINECLUBES (MIS E OFICINA OSWALD DE ANDRADE)

    Territórios Culturais de hoje viaja pelo mundo da sétima arte e conhece os cineclubes do MIS, Museu da Imagem e do Som e da oficina Oswald de Andrade. No MIS, nos tornamos espectadores das sessões que acontecem mensalmente e abrangem tanto o público infantil, como os aficionado e leigos. Já as sessões da casa Oswald de Andrade são novidades para a comunidade do Bom Retiro, mas nem por isso deixam de ter a sua importância e magia. Além disso o programa apresenta uma conversa com especialistas no PROAC, programa de que vem apoiando a cultura e a arte em nosso Estado.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 16 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que, depois da Independência, o poder político era dividido entre os liberais moderados, os liberais exaltados e os restauradores. A pressão pela descentralização era grande, e aí foi feita uma emenda da Constituição, o Ato Adicional de 1834. Em vez de acalmar as províncias, estouraram as chamadas Rebeliões Regenciais. Surgiu uma nova força política: os Regressistas. Veremos então, que a partir daí, o Império passou a ter dois partidos, que se alternavam no governo: o liberal e o conservador. Mas o maestro da orquestra era o Poder Moderador.

  • 17:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 16 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você aprenderá o que é um conjunto espacial. Verá que os biomas formam grandes conjuntos que procuram classificar e ordenar os sistemas de vida existentes na biosfera. Conhecerá as propostas de desenvolvimento sustentável que têm levado os órgãos internacionais a adotar os biomas como unidades de gestão ambiental em escala planetária.

  • 17:32HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    ARTE EM DISCUSSÃO

  • 18:30A ÚLTIMA PLANTA VIVA

    A ÚLTIMA PLANTA VIVA 01

    ESTE PROGRAMA FAZ UMA VIAGEM PELO TEMPO E MOSTRA COMO OS PO- VOS ANTIGOS BUSCAVAM RECURSOS ATRAVES DA BOTANICA.OS INCAS E SEUS DESCENDENTES,POR EXEMPLO,CELEBRAVAM A DIVERSIDADE DAS PLANTAS MANTIDAS PELA ENERGIA DO SOL. ATRAVES DA HISTORIA, AS PLANTACOES VIAJARAM DE PAIS PARA PA- IS,TROCADAS POR AGRICULTORES E LEVADAS PARA O EXTERIOR PELOS MIGRANTES,PELOS EXPLORADORES E PELO VENTO.A ALDEIA GLOBAL TORNOU-SE A COZINHA GLOBAL.ASSIM COMO AS BATATAS E OS TOMA - TES,A AMERICA LATINA TAMBEM CONTRIBUIU COM OS OUTROS ALIMEN- TOS IMPORTANTES COMO O MILHO,BATATA-DOCE,MANDIOCA,AMENDOIM E FEIJAO PARA A COZINHA GLOBAL. MAS ESSA DIVERSIDADE DA QUAL DEPENDEMOS ESTA DESAPARECENDO RAPIDAMENTE AO REDOR DO MUNDO DEVIDO A COMBINACAO DE FATORES HUMANOS E AMBIENTAIS.AS IMPLICAOES PARA A AGRICULTURA E PARA

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    SÉRGIO MAMBERTI

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:31TELECONTO

    LADEIRA DA MEMÓRIA 2

  • 21:03CABARET LITERÁRIO

    OLAVO BILAC

    CABARET LITERÁRIO HOMENAGEIA O POETA OVALO BILAC.

  • 22:00BALANÇO DO SÉCULO XX, PARADIGMAS DO SÉCULO XXI

    A BBC E A COBERTURA DE GUERRA: O CAMINHO DO JORNALISMO PÚBLICO

    O diretor da BBC para a América Latina Lucio Mesquita nos traz a sua experiência na BBC de Londres, um modelo de jornalismo público custeado pelos telespectadores sem intermediação do Estado. Mesquita fala dos princípios editoriais da emissora, que mantém a reconhecida qualidade de seu jornalismo, sobretudo em momentos delicados como a cobertura de guerras. Uma importante aula de jornalismo comprometido com a ética. Lúcio Mesquita, funcionário da BBC de Londres desde 1991, é diretor para as Américas da Rede e atuou no Estadão, IstoÉ e Rádio Jovem Pan.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 12/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    NIGÉRIA: CONTRA AS PROBABILIDADES

    Pelos últimos dez anos, na Nigéria, a proporção de homens para mulheres está equilibrada. Mas esse equilíbrio não se reflete na representação das mulheres no governo. A Chefe Bisi Ogunleye é uma das mais conhecidas ativistas da causa das mulheres na Nigéria. Veremos seu trabalho e de muitas outras ativistas. A criação do parlamento das mulheres rurais, deu a elas um espaço para discutir questões políticas e para lutar pelos seus direitos. O novo governo democrático da Nigéria tem apenas um ano.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 66 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 66 você aprenderá que, com uma inequação, podemos representar matematicamente uma desigualdade usando os sinais de maior, menor, maior ou igual e menor ou igual. Além disso, viu que é possível representar graficamente a solução de uma inequação com uma incógnita através de uma reta, e de duas incógnitas através do plano cartesiano.

  • 07:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    TEATRO 2

    Na teleaula de número 02 veremos que os romanos recriaram o teatro grego; conheceremos um pouco sobre o circo romano e a nova atitude do espectador do teatro que queria diversão. Veremos como o teatro surgiu dentro das igrejas, na Idade Média e como foi para as praças públicas; e, por fim, aprenderemos que os autos medievais foram se transformando em teatro de rua, não religioso.

  • 07:31ENERGIA

    ENERGIA 01

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    VIDA CONTEMPORÂNEA

    QUADROS • GRANDE REPORTAGEM - HOJE A GRANDE REPORTAGEM DO ALMANAQUE EDUCAÇÃO VAI FALAR DO COMPORTAMENTO NOS TEMPOS MODERNOS. COM UMA TURMA QUE PRATICA O LE PARKOUR, VAMOS CONHECER UM ESPORTE QUE PROMOVE A INTERVENÇÃO URBANA, UMA ATITUDE MODERNA QUE DÁ UM NOVO SENTIDO PARA O ESPAÇO EM QUE VIVEMOS. • MINHA VISÃO DAS COISAS - CHUMBINHO E SUSPIRO NAS RUAS ENTREVISTAM MÉDICO, VENDEDOR, BANCÁRIO, ENGENHEIRO, MECÂNICO ETC E PERGUNTAM SE ELES TRABALHAM “NO QUE QUERIAM SER QUANDO CRESCER?” E SE NÃO TRABALHAM, “POR QUE ACHAM QUE NÃO CONSEGUIRAM”. • TÚNEL DO TEMPO MATERIAL DA TV CULTURA SOBRE A VIDA NAS GRANDES CIDADES (TRÂNSITO E TRANSPORTE, PESSOAS CONSUMINDO, CÂMERAS ESCONDIDAS, FAST FOOD, ESPORTES PRATICADOS EM PARQUES E NO MINHOCÃO) • QUANDO EU CRESCER - EDIÇÃO DE TRECHOS DE IMAGENS DO GAROTO QUE QUER SER LOCUTOR ESPORTIVO (PGM 14), DA GAROTA QUE QUER SER PILOTA DE AVIÃO, (PGM 9), DO GAROTO QUE QUER SER JOGADOR DE FUTEBOL, (PGM 2). A EDIÇÃO DESTACA O ROSTO SONHADOR DAS CRIANÇAS.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 165

    POE. O Entrelinhas homenageia o escritor norte-americano Edgar Allan Poe, nascido há 200 anos. Mestre dos contos de terror e mistério, precursor da literatura policial e autor de um dos mais célebres poemas da língua inglesa (O Corvo, que já foi traduzido por Machado de Assis e Fernando Pessoa), Poe também teve grande influência sobre diferentes gerações de escritores brasileiros. Nosso colaborador Joca Reiners Terron conversou com três autores apaixonados por Poe – Heloisa Prieto, André Vianco e Ronaldo Bressane – mostrando a perenidade do criador de A Queda da Casa de Usher. GARCIA-ROZA. O programa entrevista o mais renomado escritor de romances de detetive do Brasil, Luiz Alfredo Garcia-Roza – um professor de filosofia e autor de livros de psicanálise que migrou para a ficção policial. Criador do investigador Espinosa – cujo nome é inspirado num importante filósofo do século 17, Baruch Spinoza –, Garcia-Roza falou ao Entrelinhas sobre sua personagem e sobre os paralelos entre a investigação de crimes e o mergulho psicanalítico nos mistérios do inconsciente. 40 ANOS DA TV CULTURA. Nessa semana que marca quatro décadas de criação da emissora, o Entrelinhas mostra encontros históricos com grandes escritores brasileiros: Nelson Rodrigues no Vox Populi, Ignácio de Loyola Brandão no Leitura Livre (apresentado nos anos 80 por Marcelo Rubens Paiva) e Haroldo de Campos no Roda Viva.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    AQUI E LÁ

    BLOCO 1 Felipe Reis e Tininha Mello falam sobre as diferenças na ortografia do português do Brasil e o de Portugal. O quadro “Etimologia” traz a origem da palavra “ortografia”. O quadro Socorro! Língua Portuguesa traz o uso de pleonasmos na comunicação, como “excluir fora”, “subir pra cima”, “descer pra baixo”. Tininha Mello lê trecho do romance “O ano da morte de Ricardo Reis”, de José Saramago. Felipe e Tininha entrevistam o professor de língua portuguesa Eduardo Calbucci que fala sobre a linguagem usada por Saramago no trecho apresentado. O quadro CSI-LP traz a estrofe 92 do canto IV de “Os Lusíadas”, de Camões para ser investigado pela equipe do INL (Instituto Nossa Língua). Participação especial de Yohana Back. Os versos a serem analisados: “A branca areia as lágrimas banhavam, Que em multidão com elas se igualavam.” BLOCO 2 Os detetives do INL com a ajuda do Conselheiro Brás desvendam mais um caso da língua portuguesa. A personagem Gilda revela que a estrofe analisada faz parte do episódio Velho do Restelo que conta como sofriam os parentes dos navegadores. Esses parentes não acreditavam que os marinheiros voltariam da expedição às Índias, por isso, já se despediam deles côo se todos fossem morrer. O Jornal Nossa Língua traz as particularidades do vocabulário do português de Portugal na fala de um suposto secretário de turismo de Portugal. Felipe Reis na pele do Secretário José Maria Pinto diz que “está a fazer muitas mudanças nos transportes com o intuito de melhorar a vida dos alfacinhas, que pagam sua propina em dia e merecem ter bons serviços. Além de modernizar os autocarros, aumentamos o número de passadeiras para que as canalhas tenham mais segurança. Afinal, os miúdos são muito desatentos.” O repórter Felipe Reis foi saber o que a população entendeu do discurso do secretário. Felipe entrevista o professor de língua portuguesa Odilon Soares Leme que fala sobre as diferenças do vocabulário do português de Portugal com o português do Brasil. Tininha Mello entrevista o empresário Mauro Fernandes e Rose Amaral, de “O Marquês Buffet”, que fala sobre as curiosidades sobre a alheira, um prato típico português, mas que foi inventado pelos judeus. Rose Amaral fala sobre algumas palavras usadas no vocabulário do português de Portugal. O quadro “Curiosidades” traz a origem do termo “bacalhau”. BLOCO 3 Continuação do quadro CSI-LP e o caso da estrofe 92 do canto IV de “Os Lusíadas”, de Camões. O Conselheiro Brás explica que os versos “A branca areia as lágrimas banhavam, Que em multidão com elas se igualavam.”, estão escritos na ordem indireta, comum nos textos poéticos. Nesse tipo de texto, que recorre à métrica regular e à rima, é comum que as palavras não estejam na ordem direta. E acrescenta que, o “elas” se refere ao termo “areia”, mas não concorda com ele, pois “elas” está no plural e “areia” no singular. Trata-se de uma figura de linguagem chamada silepse de número. A ideia de Camões, na voz de Vasco da Gama que narra esse episódio, segundo o Conselheiro, era mostrar que as pessoas choravam tanto, que a quantidade de lágrimas era igual à de grãos de areia na praia. O “elas” remete à ideia de plural implícita em “areia branca”. Trecho da canção “Fado Tropical”, de Chico Buarque e Ruy Guerra, ilustra o tema. Felipe e Tininha entrevistam o professor de língua portuguesa, Eduardo Calbucci que comenta sobre a poesia da letra que fala do Amazonas desaguando no Tejo, uma fusão poética de Brasil e Portugal. Felipe e Tininha, após um almoço típico português, encerram o programa ao som do Fado Tropical, na interpretação de Chico Buarque.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    ELISA TOMOE SCHUNZEN, ANNA AUGUSTA DE OLIVEIRA E ROSE (19/11)

    QUAIS SÃO OS DESAFIOS PARA UMA EDUCAÇÃO VERDADEIRAMENTE INCLUSIVA? MESMO COM POLÍTICA E PLANO NACIONAIS QUE DEFENDEM A INTEGRAÇÃO DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA EM ESCOLAS REGULARES, O BRASIL AINDA CAMINHA LENTAMENTE PARA DAR O ATENDIMENTO BÁSICO NECESSÁRIO A TODAS AS CRIANÇAS. PARA FALAR DOS OBSTÁCULOS E CONQUISTAS DA INCLUSÃO NA EDUCAÇÃO BÁSICA CONVERSAMOS COM AS PESQUISADORAS ELISA TOMOE SCHLÜNZEN (UNESP - PRESIDENTE PRUDENTE) E ANNA AUGUSTA DE OLIVEIRA (UNESP - MARÍLIA), ESPECIALISTAS NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES. ROSIMEIRY CARDOSO, COORDENADORA PEDAGÓGICA DA EMEI IRENE MANKE MARQUES, NA ZONA LESTE DE SÃO PAULO, CONTA COMO A INSTITUIÇÃO TRABALHA COM A INCLUSÃO NO DIA A DIA.

  • 10:01SAUDE BRASIL

    VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA

    A gravidez é um momento importante na vida das mulheres que querem ter filhos. Mas, infelizmente, muitas delas têm esse momento afetado porque sofrem devido a Violência Obstétrica. A violência obstétrica refere-se aos diversos tipos de agressão que as mulheres podem sofrer no pré-natal, no parto, pós-parto ou em situações de abortamento. Neste educativo vamos conhecer os tipos de violência obstétrica e saber o que fazer para evitar esse problema.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    09 - QUEM CUIDA DA MÃE ?

    Os cuidados com a mulher desde o pré-natal influenciam a forma como ela vivencia a maternidade. As convidadas Maria Luiza de Carvalho, psicóloga e professora no curso de Terapia Ocupacional da UFRJ, Edymara Medina, enfermeira obstétrica e docente na Faculdade de Enfermagem da Uerj, e Cynthia Ozon, pesquisadora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância e terapeuta de família, comentam o tema.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 3 - MUSEU DA IMIGRAÇÃO E MEMORIAL DA RESISTÊNCIA

    Neste episódio de Territórios Culturais, Felipe e Tuti – nossos apresentadores – “invadem” dois museus intimamente ligados à história de São Paulo: O Memorial da Resistência, onde nos anos de chumbo da ditadura militar funcionou a prisão do DEOPS e hoje é uma homenagem aos que lutaram pela democracia no Brasil. Nossos apresentadores “invadem” também o Museu da Imigração, localizado onde – no passado – funcionou a hospedaria dos imigrantes, local em que eram recebidas as famílias que aqui chegavam em navios vindos da Europa e que tanto contribuíram para a história de São Paulo.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    PEDRAS EM MINAS

    PEDRAS EM MINAS MOSTRA QUE O ESTADO AINDA E O MAIOR PRODUTOR BRASILEIRO DE PEDRAS PRECIOSAS.O PROGRAMA TRAZ A VISAO DE UM GEMOLOGO SOBRE O INICIO DA OCUPACAO DE MINAS GERAIS NA EPOCA EM QUE OS BANDEIRANTES OCUPARAM A REGIAO EM BUSCA DE OURO E PEDRAS PRECIOSAS. ARTESAOS LAPIDARIOS MOSTRAM COMO PODE SER EXTRAIDA A BELEZA DE UMA PEDRA BRUTA,TRANSFORMANDO-A EM JOIA.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 15

    Sinopse PGM 15 Convidados: Carlos Heitor Cony e Nuno Ramos Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 · Cony: depois de escrever Pilatos, vc ficou mais de 20 anos sem escrever. E vc Nuno, lançou seu primeiro livro, Cujo, em 93, quando já tinha mais de. O que desencadeia (ou interrompe) o processo da escrita? · PERGUNTA CRISTOVÃO TEZZA para CONY (relação literatura/jornalismo) · Nuno: Além de escritor e artista plástico, vc é ensaísta e crítico. Que relação há entre reflexão teórica e invenção? · Cony: Existe invenção sem reflexão sobre literatura? E a crítica literária conta na hora de escrever? PERGUNTAS BLOCO 2 · PERGUNTA CRISTOVÃO TEZZA para NUNO (relação arte/literatura) · Cony: fazendo um paralelo com a pergunta do Cristovão, no seu caso a filosofia parece ser um discurso fora da literatura com o qual vc dialoga. Já se disse que O Ventre é um romance existencialista e Informação ao crucificado ecoa a idéia de Nietzsche de que “Deus está morto”. O romance é uma forma de filosofia? · Nuno: vc é formado em filosofia; que papel teve a filosofia na sua formação artística? · Cony: vc é de uma geração em que os intelectuais tinham um papel público, tinham (ou pareciam ter) um poder de intervenção. Ao mesmo tempo vc ironizou isso em Pessach, a travessia. A figura do intelectual como consciência crítica de seu tempo é uma ilusão? O títulos Pilatos indica um gesto de lavar as mãos? · Nuno: o artista (ou o escritor) tem alguma possibilidade de intervir na realidade social? · Cony: pq a indenização que vc recebeu por ter sido perseguido pelo regime militar gerou polêmicas e protestos? PERGUNTAS BLOCO 3 · PERGUNTA MAURICIO SANTANA DIAS para CONY (Casa do Poeta Trágico) - emendar para Nuno: o crítico José Pasta escreve nas orelhas de Ó que o livro é uma “meditação sobre a ruína”. Que fascínio é esse que os escombros exercem sobre vocês? · Nuno: Assim como o Cony tem livros memorialísticos, como Informação ao crucificado e Quase memória, vc começou a escrever a partir de sua experiência no ateliê. A vivência é fundamental ou a poesia é “coisa mental”, como dizia Leonardo da Vinci? · Cony: de que maneira a experiência no seminário marcou sua obra? · Nuno: futebol e música popular, temas de alguns dos textos de Ensaio Geral, são as melhores traduções da realidade brasileira? · Cony: ao escrever vc se preocupa em retratar o Brasil de hoje? · Nuno: o tema de identidade brasileira, tão presente na reflexão sobre a arte no Brasil, ainda faz sentido? PERGUNTAS BLOCO 4 · PERGUNTA MAURICIO SANTANA DIAS para NUNO (poesia sem versos) · emendar na pergunta gravada: Nuno, seus livros parecem mesmo estar numa zona de indefinição: Cujo e o recente Ó são livros de ficção, com minicontos, ou são poesia em prosa? · Cony: o romance é o melhor gênero para representar e discutir a realidade? · Nuno: o poeta João Bandeira me disse que vc tem poemas de juventude publicados numa revista literária; vc pretende publicá-los em livro?

  • 12:30MOSAICOS

    A ARTE DE NELSON GONÇALVES (90 ANOS)

    MOSAICOS – A ARTE DE NELSON GONÇALVES Nos 90 anos de nascimento do artista, TV Cultura apresenta documentário musical inédito com as participações do músico Caçulinha, do compositor Evaldo Gouveia e dos cantores Altemar Dutra Jr., Edith Veiga e Alexandre Arez Documentário musical que mistura imagens de arquivo com depoimentos e números musicais inéditos, “Mosaicos” recupera no acervo da TV Cultura as diversas participações de Nelson Gonçalves em programas da emissora, a exemplo do “Panorama” (1977) “A Volta do Boêmio” (1983), “Festa Baile” (1984), “Bem Brasil” (1992), “Metropolis” (1993) e “Ensaio” (1993). Dirigido por Nico Prado e com narração de Rolando Boldrin, “Mosaicos” promove o encontro inédito de três artistas que muito conviveram com Nelson Gonçalves em shows e gravações: músico Caçulinha, a cantora Edith Veiga e o compositor Evaldo Gouveia. Num bate-papo descontraído, eles relembram histórias e interpretam alguns dos clássicos do homenageado. O encontro foi gravado no Bar do Nelson, casa noturna paulistana criada pela filha do cantor, a empresária Lilian Gonçalves. No programa, o repertório de Nelson também é revisto por grandes cantores convidados, como Altemar Dutra Jr., Alexandre Arez, Paulo Rodrigues e João Macacão, que apresentam suas versões para canções que ficaram consagradas na voz de Nelson, entre elas, “Caminhemos” (Herivelto Martins), “Nega Manhosa” (Herivelto Martins) e “Negue” (Enzo de Almeida Passos/Adelino Moreira). “Mosaicos” ainda remexe no arquivo e apresenta trechos das participações de Nelson no cinema, em filmes como “Cala a Boca, Etelvina” (1958), “O Camelô da Rua Larga” (1958), “Minervina Vem Aí” (1959) e “A Viúva Valentina” (1960), todos dirigidos por Eurides Ramos.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 29/08/2018 - COMBATE AO FUMO

    HOJE FALAMOS SOBRE O SUCESSO DO COMBATE AO TABAGISMO NO BRASIL./ COM A GENTE, A PSICÓLOGA ROSÂNGELA VICENTE ./ E O PNEUMOLOGISTA UBIRATAN SANTOS.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 32

    CRÉDITOS - PGM 32 - NO AR EM 01/12/2011 ABRE DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS ENTREVISTA JOSÉ GREGORI RECLAME / HITLER FOLHA MARIO LAGO 100 ANOS A PEDIDO / RAUL SEIXAS MUSA ELZA SOARES

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL CAIPIRA

    ESTE PROGRAMA INVESTIGA AS ORIGENS E AS TRANSFORMACOES PELAS QUAIS PASSOU O CHMADO "MUNDO CAIPIRA".NELE,DARCY RIBEIRO FA- LA SOBRE OS BANDEIRANTES,A CACA AOS INDIOS E AO OURO,O SURGI MENTO E A DESCARACTERIZACAO DE MAIS ESSA REGIAO CULTURAL BRA SILEIRA.O PROGRAMA CONTEM IMAGENS ORIGINAIS CAPTADAS NO SUL DE MINAS,EM OURO PRETO E EM SAO PAULO. TAMBEM MOSTRA IMAGENS DA CONGADA E DO MOCAMBIQUE,DANCAS POPU LARES DO MUNDO CAIPIRA,FILMADAS EM 1935 POR T.LEVI-STRAUSS. O JECA TATU E O CAIPIRODROMO.AS INFLUENCIAS DAS MATRIZES POR TUGUESA E NEGRA.O REI DO GADO.A INDUSTRIALIZACAO E A URBANI- ZACAO.TOM ZE DECLAMA OSWALD DE ANDRADE.TRECHOS DE TEXTOS DE SERGIO BUARQUE DE HOLANDA PONTUAM O PROGRAMA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    DISPRAXIA

    Neste Momento Papo de Mãe o assunto é dispraxia, um problema neurológico que pode afetar a coordenação motora, mas que tem tratamento. Você nota que a criança tem problema de equilíbrio, parece meio desajeitada. Algumas também apresentam dificuldade na fala. Para esta conversa convidamos a Maria Cristina de Oliveira, terapeuta ocupacional e a Yolanda Gin, mãe do Leonardo de 13 anos e do Bruno de 9. Maria Cristina também respondeu dúvida de telespectadora.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 12 COMUNIDADE NA ESCOLA - 20/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR SOBRE A IMPORTÂNCIA DA PARTICIPAÇÃO DOS PAIS E DA COMUNIDADE NA GESTÃO DA ESCOLA PÚBLICA./ EM TODO O PAÍS, HÁ BOAS EXPERIÊNCIAS PARA SE INSPIRAR.// NOSSA CONVIDADA É DÉBORA GONZALEZ COSTA BLANCO - EDUCADORA E DIRIGENTE REGIONAL DE ENSINO.// ESPERAMOS VOCÊ, CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORARIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//

  • 15:33DOC TV II

    MESTRE LEOPOLDINA, A FINA FLOR DA MALANDRAGEM (RJ)

    O Documentário MESTRE LEOPOLDINA – a fina flor da malandragem será narrado através da lendária figura viva de Mestre Leopoldina, sua vida, suas histórias e sua importância para o universo da Capoeira. Seu arquivo pessoal de fotos, jornais e vídeos que ilustram momentos de sua trajetória profissional como exímio capoeirista, músico, compositor , cantor de músicas de capoeira , showman, participando ainda de espetáculos de teatro, documentários para tv e de escolas de samba no Brasil no mundo. Mestre Leo narra sua história na primeira pessoa, de modo a trazer para o espectador a emoção e a reflexão de sua filosofia de vida. Através de seu relato, o documentário nos revela que a Capoeira, prática pertinente à identidade cultural dos afro-descendentes e brasileiros em geral, tem uma filosofia própria e vem ganhando um significado e uma importância que ainda não foram devidamente valorizados, apesar de sua crescente popularidade, especialmente entre os jovens – calcula-se 500 mil praticantes de capoeira espalhados hoje por todo o Brasil e mais 50 mil pelo mundo, principalmente Europa e EUA.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - QUARTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 27 - MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA E RESTAURO PINACOTECA

    As obras de restauração e recuperação do Museu da Língua Portuguesa seguem a todo o vapor. No programa de hoje, Tuti e Felipe invadem essas obras e mostram, em primeira mão, como vai ficar o Museu da Língua Portuguesa após sua restauração. E como a conversa é restauro, os apresentadores atravessam a rua em frente ao Museu da Língua e vão conferir de perto um dos lugares mais secretos e reservados da Pinacoteca do Estado, o setor de conservação e restauro.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 66 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 66 você aprenderá que, com uma inequação, podemos representar matematicamente uma desigualdade usando os sinais de maior, menor, maior ou igual e menor ou igual. Além disso, viu que é possível representar graficamente a solução de uma inequação com uma incógnita através de uma reta, e de duas incógnitas através do plano cartesiano.

  • 17:16NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    TEATRO 2

    Na teleaula de número 02 veremos que os romanos recriaram o teatro grego; conheceremos um pouco sobre o circo romano e a nova atitude do espectador do teatro que queria diversão. Veremos como o teatro surgiu dentro das igrejas, na Idade Média e como foi para as praças públicas; e, por fim, aprenderemos que os autos medievais foram se transformando em teatro de rua, não religioso.

  • 17:31HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    UMA NOVA MEDIDA PARA MORAR

    A SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922 TEVE POUCA INFUÊNCIA NA ARQUITETURA BRASILEIRA. COM O AUMENTO SEMPRE CRESCENTE DA DENSIDADE DEMOGRÁFICA DE SÃO PAULO ACABOU IMPONDO E O AUMENTO ACELERADO TANTO HORIZONTAL COMO VERTICALMENTE.

  • 18:30CAMPUS EM AÇÃO 2019

    O FIM DO FILME (ECA USP) + PESCADOR DE MARCÉU (ECA USP)

    Neste programa Aline Jones e Eduardo Guimarães apresentam os vídeos "O Fim do Filme" e "Pescador de Marcéu", ambos produzindos por alunos do curso superior de audiovisual da ECA USP. Sobre "O Fim do Filme": João Lucas é funcionário de uma videolocadora e sempre acaba revelando o final dos filmes aos clientes. Após conhecer uma uma cliente que aluga sempre o mesmo filme, os dois passam a debater nas madrugadas o verdadeiro significado de seu final. Ano de produção: 2012 Sobre "Pescador de Marcéu": Um homem está pescando apenas lixo. Inesperadamente, um peixe colorido o leva para as profundezas do oceano. Essa será uma mágica viagem por um mundo diferente e inesperado com muitos pescadores e pelicanos. Ano de produção: 2013

  • 19:00

  • 19:18MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 340 - A QUEDA DO MURO

    TRINTA ANOS SE PASSARAM DESDE A QUEDA DO MURO DE BERLIM, SÍMBOLO DA GUERRA FRIA, QUE IMPEDIA OS RESIDENTES NA ANTIGA ALEMANHA ORIENTAL DE PASSAREM PARA O OCIDENTE. AO LONGO DE TRÊS DÉCADAS, A BARREIRA TAMBÉM SIMBOLIZOU A DIVISÃO DO MUNDO ENTRE SOCIALISMO E CAPITALISMO. COM MAIS DE 150 QUILÔMETROS DE EXTENSÃO, O MURO SEPAROU MILHARES DE FAMÍLIAS E DEIXOU INÚMERAS VÍTIMAS, ENTRE MORTOS, FERIDOS E PRESOS, QUE TENTAVAM ESCAPAR. HOJE, VOCÊ FAZ IDEIA DE QUANTOS MUROS EXISTEM? SÃO DEZENAS, QUE SE ESPALHAM POR TODOS OS CONTINENTES, IMPEDINDO A PASSAGEM DE IMIGRANTES - PESSOAS QUE FOGEM DA VIOLÊNCIA EM SEUS PAÍSES DE ORIGEM E BUSCAM UM FUTURO MELHOR PARA SUAS FAMÍLIAS. NO MATÉRIA DE CAPA DESTA EDIÇÃO.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    RENATO BORGHI

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:31TELECONTO

    LADEIRA DA MEMÓRIA 3

  • 21:02CABARET LITERÁRIO

    A POÉTICA DOS NOVÍSSIMOS

    O PROGRAMA TEM O OBJETIVO DE DIVULGAR JOVENS POETAS DO PAÍS.

  • 22:00#PROVOCAÇÕES

    #PROVOCAÇÕES - 25 - BACO EXU DO BLUES

    O programa #Provocações, comandado por Marcelo Tas, recebe o músico baiano Diogo Moncorvo, mais conhecido como Baco Exu do Blues. O rapper recém premiado em Cannes fala sobre temas como a origem de seu nome artístico, as responsabilidades que carrega aos 23 anos, racismo, e comenta a respeito de como o sucesso influenciou no desenvolvimento de sua depressão.

  • 22:30ESCALA MUSICAL

    ESCALA MUSICAL - 13

    A cidade de São Paulo pelos olhos de dois músicos diferentes. Ceumar cresceu no pé da Serra da Mantiqueira influenciada pela moda de viola e pela seresta do sul de Minas Gerais. Chegou a São Paulo em 1995, onde morou por 14 anos, até que embarcou para a Holanda, ficou por lá durante 6 anos e voltou. Tom Zé cresceu entre o Recôncavo e o Sertão da Bahia, entre os orixás e as procissões e se transformou na própria definição de originalidade. Foi à capital, Salvador, estudar música, lá conheceu Gil, Gal, Caetano, Bethânia e com essa turma veio para São Paulo nos idos de 1967.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 13/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    FRANÇA: ONDE ESTÃO AS MULHERES

    QUATRO AMIGAS, JORNALISTAS E INDEPENDENTES SE REUNEM E COMPARTILHAM DESCOBERTAS. CONVERSAM SOBRE O PRIMEIRO ESTUDO FEITO A RESPEITO DA IMAGEM DAS MULHERES NA MÍDIA, A FORMA COMO ELAS SE COMPORTAM PROFISSIONALMENTE, O QUE É POSSIVEL FAZER PARA EXTINGUIR O PRECONCEITO, ENTRE OUTROS ASSUNTOS.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 49 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 49 você verá que os motores à explosão funcionam a partir da queima de um combustível. Além disso, descobrirá que, como o motor se aquece muito durante o seu funcionamento, suas peças e sua estrutura devem ser boas condutoras de calor.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 8 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você ficará sabendo o que é um mostrador de qualidade do ar. Além disso, verá que o poluente do ar mais perigoso é o monóxido de carbono, produzido pela queima de combustível, principalmente, em lugares com pouco oxigênio.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 02

  • 08:04ALMANAQUE EDUCACAO

    MEMÓRIAS

    QUADROS • Grande Reportagem – Relembrar o passado para entender o presente e projetar o futuro. É assim que Karen Worcman, diretora do Museu da Pessoa, define a importância do registro das histórias de vida no Museu, criado em 1992. Em um programa sobre Memória, a Grande Reportagem do Almanaque Educação foi bater um papo com Karen e conhecer como funciona esse museu virtual. • Pequenas Histórias - quadro que vai privilegiar passagens em que personagens falam de fatos do passado que repercutiram em suas vidas futuras tanto profissional como emocionalmente. • Túnel do Tempo - imagens da TV Cultura que nos remetam a memória do Brasil e do mundo através dos tempos • Minha Visão das Coisas - Dorinha conversa com jovens nas ruas fazendo as seguintes perguntas: Por que é que dizem que o nosso país não tem memória? Prá você, o que significa preservar a memória de um povo? O bairro que você mora tem memória? O que é a memória de uma cidade para você? • Horizontes Culturais - a TV Cultura em parceria com a FDE e a secretaria de educação tem levado aos estudantes paulistas da rede estadual de ensino a série cultura é currículo. São episódios sobre locais da cidade de São Paulo onde ao mesmo tempo em que encontramos arte e cultura contemporânea, a memória do povo brasileiro se mantém preservada...

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 166

    FUTEBOL E LITERATURA. O Entrelinhas mostra o que o futebol tem de lírico e dramático num bate-papo com os cronistas Luis Fernando Verissimo e Flávio Carneiro. Torcedor do Internacional de Porto Alegre, Verissimo reuniu seus textos futebolísticos em livros como América e A Eterna Privação do Zagueiro Absoluto. E o botafoguense Flávio Carneiro – que quase se tornou boleiro profissional – acaba de lançar Passe de Letra, livro que tem orelhas escritas por Verissimo. Eles conversaram com o programa durante o Festival da Mantiqueira, em São Francisco Xavier. HOMENAGEM A MANUEL BANDEIRA NA FLIP. Nosso colaborador, o poeta Heitor Ferraz, comenta as crônicas de Manuel Bandeira, que estão sendo relançadas pela editora Cosac Naify. O poeta de Libertinagem e Estrela da Manhã, um dos grandes nomes do modernismo, será homenageado durante Flip – e o Entrelinhas destaca a principais atrações do mais importante evento do calendário da literatura brasileira. MENALTON BRAFF. O programa entrevista o romancista que foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura com o romance A Muralha de Adriano. Gaúcho radicado em São Paulo, ele se tornou conhecido em 2000 ao ganhar o Jabuti de Livro do Ano com o volume de contos À Sombra do Cipreste.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    O SERTÃO MINEIRO

    BLOCO 1 Tininha Mello e Felipe Reis recitam trechos das obras “Grande Sertão: Veredas” e “Sagarana”, de Guimarães Rosa e falam sobre a cidade natal do autor, Cordisburgos. O quadro “Etimologia” traz a origem do termo “Cordisburgo” e seu significado. O quadro “Curiosidades” traz informações biográficas do autor. O Povo fala responde a enquete: “você já leu alguma obra de Guimarães Rosa?” Felipe Reis interpreta trecho do conto “Corpo Fechado”, de Guimarães Rosa. Tininha Mello entrevista o professor de literatura, Maurício Soares Filho que fala sobre a linguagem e o universo de Guimarães Rosa. O ator Xande Mello, do grupo Poema Novo, interpreta trecho de “Grande Sertão: Veredas”, de Guimarães Rosa e a trecho inicial da canção “Espelho de se rimar” (Xande Mello e Eduardo Pitta), baseada na obra de Guimarães Rosa. BLOCO 2 O quadro SOCORRO! LÍNGUA PORTUGUESA traz o plural da palavra ancião, que pode ser anciãos, anciões e anciães. Trecho final da canção “Espelho de se rimar” (Xande Mello e Eduardo Pitta), com o grupo Poema Novo. Cena dramatizada de trecho do conto “Famigerado”, de Guimarães Rosa, interpretada por Felipe Reis, no papel de advogado e dos jagunços na pele de Tininha Mello, Ricardo Sequeira e Mauro Muraro. Quadro CSI-LP a personagem Gilda pergunta ao detetive Bento Montenegro se ele sabe o significado da palavra “famigerado”.. Marília Reis sugere procurar o narrador do conto e interrogá-lo. Bento Montenegro diz que os membros do INL vão fazer uma viagem pelo universo de Guimarães Rosa. BLOCO 3 Os detetives Bento Montenegro e Marília Reis encontram os personagens do conto – o jagunço Damázio (Tininha Mello), e seus capangas Ricardo Sequeira e Mauro Muraro. Damázio está interpelando o “homem do governo”, que também narra o episódio (Felipe Reis). Eles interrompem a cena e tentam descobrir o significado de “famigerado”, adjetivo utilizado pelo narrador para definir o jagunço Damázio. De volta ao INL, Instituto Nossa Língua, os detetives contam com a ajuda do Conselheiro Brás que explica que a palavra “famigerado”, além de significar famoso, afamado, notório, também possui uma conotação negativa, tanto que é comum ela ser aplicada a malfeitores como Damázio. De todo modo, o narrador não mentiu para Damázio. Ele apenas omitiu algumas informações. O narrador se livrou do jagunço que foi embora supondo que o “moço do governo” o elogiara. O narrador usou artifícios semânticos, ou seja, artifícios de sentidos, para enrolar o jagunço. Como nos mostra Guimarães Rosa, entre a palavra e a espada, vence a palavra. Tininha e Felipe encerram o programa interpretando o poema “Um chamado João”, de Carlos Drummond de Andrade, ao som de fundo da canção “Diadorando”, de Zé Modesto, na interpretação de Ceumar

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    GUIOMAR NAMO DE MELLO E BERNADETE GATTI (26/11) VERSÃO CORRIGIDA

    RECÉM-PUBLICADO PELO BANCO MUNDIAL, O LIVRO "PROFESSORES EXCELENTES - COMO MELHORAR A APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES NA AMÉRICA LATINA E CARIBE" TRAZ UMA PESQUISA COM MAIS DE 15 MIL SALAS DE AULA EM 3 MIL ESCOLAS DE 7 PAÍSES, INCLUSIVE O BRASIL. A PARTIR DOS DADOS LEVANTADOS NO PERÍODO ENTRE 2009 E 2013, O EDUCAÇÃO BRASILEIRA TRATA DO QUE É NECESSÁRIO PARA MELHORAR A QUALIDADE DA EDUCAÇÃO NO BRASIL, SOB A PERSPECTIVA DO RECRUTAMENTO, FORMAÇÃO E ESTÍMULO AOS PROFESSORES. AS NOSSAS CONVIDADAS SÃO A PESQUISADORA DA FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS, BERNARDETE GATTI, E A DIRETORA DA ESCOLA BRASILEIRA DE PROFESSORES, GUIOMAR NAMO DE MELLO. ELAS CONVERSARAM COM TATIANA BERTONI E CÁSSIA GODOY.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    FARMÁCIA - PRODUTOS NATURAIS

    Cada vez mais a população procura seguir hábitos saudáveis, consumindo e utilizando produtos naturais que proporcionem bem estar. No Brasil o uso de plantas medicinais é muito popular mesmo nas grandes cidades. Em nosso país possuímos simplesmente a maior diversidade de flora, com mais de 55 mil espécies de plantas ou 22% do total de espécies conhecidas no mundo. Centenas delas são utilizadas medicinalmente e a grande maioria ainda não foi estudada pelas ciências biomédicas. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a fitoterapia é utilizada por cerca de 80% da população mundial como forma de atendimento básico e é reconhecida como recurso terapêutico desde 1978. Mas afinal, o que é um produto natural? Na verdade, produto natural é todo aquele que provém da natureza, o que não quer dizer que seja benéfico, nem livre de agrotóxicos. Neste programa educativo, vamos conhecer um pouco mais sobre as plantas medicinais e os produtos obtidos a partir delas. Quais são os cuidados na utilização e benefícios para a saúde. O educativo conta com a participação de profissionais de referência na área médica, científica e também do Conselho Regional de Farmacêuticos de São Paulo que fiscaliza estes medicamentos.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    10 - PRIMEIRA INFÂNCIA SAUDÁVEL

    A primeira infância como prioridade para as políticas públicas e “momento ouro” para o desenvolvimento de habilidades para a vida e a saúde. No estúdio, Maria Isabel Abelson, consultora de Primeira Infância e Proteção no Unicef, Maria Lúcia Lara, especialista em Educação Infantil, e Marisa Maia, psicanalista e professora da Maternidade Escola da UFRJ, falam sobre a importância do brincar e da escuta empática das crianças.

  • 10:46TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 4 - BIBLIOTECA DE SÃO PAULO - ETEC - ESPAÇO MEMORIA CARANDIRU

    Neste episódio de Territórios Culturais, nossos apresentadores - Felipe e Tuti – invadem o Parque da Juventude, sede da Biblioteca de São Paulo. Espaço de acolhida de jovens e famílias, o Parque da Juventude abrigou - num passado recente - espaço de triste memória: A Casa de Detenção de São Paulo, popularmente conhecida como Carandiru. Daquele tempo, resiste apenas o Memorial que relembra os dias difíceis do lugar. Ele nós também vamos conhecer.

  • 11:01MESTRES DE OFICIO

    CONCHAS NO ESPIRITO SANTO

    NESTE PROGRAMA,VEREMOS O ARTESANATO DE CONCHAS NO ESPIRITO SANTO.O CATADOR DE CONCHAS FALA SOBRE SUA TRAJETORIA PARA A SELECAO DAS CONCHAS QUE SERAO USADAS NA CONFECCAO. DESTAQUE PARA O INICIO DO ARTESANATO EM OFICINAS,ENTREVISTA COM BIOLOGA QUE EXPLICA A GRANDE QUANTIDADE DE CONCHAS NO LO CAL.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 16

    Sinopse PGM 16 (no ar: 09/04/2009) Convidados: Lygia Fagundes Telles e Marcelino Freire Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Lygia: Você é autora de romances e contos fundamentais na prosa brasileira, mas nos últimos anos vem publicando livros de crônicas e contos que partem de lembranças e fatos autobiográficos, como Invenção e Memória e Conspiração de Nuvens. Para abordar esse assunto, eu queria chamar uma pergunta feita para você pela escritora Ivana Arruda Leite. Vamos ouvir a pergunta. • Ivana Arruda Leite para Lygia (escrita autobiográfica) Lygia, minha estrela guia, minha meta na vida, como escritora e como mulher. Eu to escrevendo um romance atualmente bastante autobiográfico mas de coisas que aconteceram há muito tempo atrás. E to conseguindo ate me divertir muito com coisas tristézimas e duríssimas de serem vividas, na época. Me diz é sempre assim, a gente só consegue escrever depois que a ferida cicatriza?? • Marcelino: Como você trabalha sua experiência pessoal na ficção? A atenção que dá a aos excluídos, retirantes, empregadas domésticas, é um a questão de compromisso ético ou tem que ver com experiência pessoal? • Lygia: Seus principais romances – Ciranda de Pedra e As Meninas – parecem descrever a saída de um mundo doméstico, protegido pelo jardim da casa paterna, para aos perigos das ruas, para uma exposição ao sexo e às drogas. São romances geracionais? PERGUNTAS BLOCO 2 • Pergunta Fábio Lucas para Marcelino Freire (mini-conto) Marcelino, esta se tornandomoda na literatura brasielira a pratica do miniconto e ele é algo muito sumario. O conto tem uma tradição primeiro folhetinesca, baseado em aventuras e tinha um efeito final que era explosivo. Depois, qdo a ficção a consciência do narrador portanto aos conflitos internos, íntimos, formou-se outro tipo de ficção da qual por exemplo faz parte a Lygia Fagundes Telles. Eu acho que o mini conto acabou se restringindo a jogos de palavras. Eu temo que esse gênero não consiga florescer doq eu já fez. Eu gostaria que vc comentasse esse tema para nos. O Mini conto. • Lygia: Seria correto dizer que seus romances são mais realistas, enquanto boa parte dos contos deriva para o fantástico ou para o alegórico (como “A Caçada”, em que a personagem penetra numa velha tapeçaria, ou “Seminário dos Ratos”, em que os roedores invadem uma cúpula de burocratas)? • Lygia: Como foi sua experiência de escrever o roteiro Capitu com Paulo Emilio Salles Gomes? Como vc lidou com a questão da traição da personagem de Dom Casmurro? PERGUNTAS BLOCO 3 • Pergunta Fábio Lucas para Lygia Fagundes Telles [inveja e ciúme] Lygia, Vc foi uma das primeiras escritoras brasileiras a usar o fluxo da consciência da mulher na ficção. Tematicamente, vc sempre explorou os desencontros da alma. E desses desencontros vc explorou tematicamente, principalmente o ciúme e a inveja. Eu gostaria que vc falasse dessa opção por essa temática. Perguntas de platéia PERGUNTAS BLOCO 4 Pergunta Ivana p/ Marcelino [pessimismo x alegria] Marcelino querido, se eu não te conhecesse e lesse os seus contos eu diria que se trata de uma pessoa muito seria, negativista, pessimista, revoltada com a vida. Um cara irado, nervoso. E eu tenho a felicidade de partilhar amizade com você e sei que não é nada disso. Um cara cheio de esperança , de alegria, que nos anima a todos, cheio de sonhos. Como vc faz e resolve esse descompasso?? • Lygia: Qual a diferença entre ser escritor debaixo de uma ditadura militar (como no caso de As Meninas, escrito no pior momento da repressão) e durante a democracia? Vc se considera uma escritora engajada? • Marcelino: A temática da violência, tão presente nos autores da chamada Geração 90, não contrasta com a euforia midiática dessa geração?

  • 12:22CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU FERROVIÁRIO AGENOR FRANCISCO FELIZARDO - ASSIS

  • 12:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 551

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 30/08/2018 - ESCLEROSE MULTIPLA

    HOJE FALAMOS SOBRE A ESCLEROSE MÚLTIPLA E A BUSCA POR QUALIDADE DE VIDA./ COM A GENTE, O NEUROLOGISTA GUILHERME OLIVAL./ E A PSICÓLOGA ANA MARIA CANZONIERI.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 33

    PGM 33 - 08/12/11 ABRE/ AI5 - O Dia que não existiu Sobre AI5: Entrevistas com Boris Fausto - Historiador e Cientista Político e Paulo de Tarso Vanucchi - Diretor Instituto Cidadania OFICIO Gibiteiro Festival Retrô 4 Chico Buarque e Elis Regina

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL SULINO

    NESTE PROGRAMA DARCY RIBEIRO NOS FALA NAO DE UM,MAS DE TRES BRASIS SULINOS:O DOS INDIOS GUARANIS E DAS MISSOES JESUITI - CAS,QUE GERARAM OS GAUCHOS;O DOS ILHENHOS,QUE PORTUGAL MAN - DOU BUSCAR PARA POR UMA PRESENCA PORTUGUESA.E O DOS GRINGOS, QUE CAIRAM NA REGIAO COMO UMA ONDA". COM IMAGENS CAPTADAS NO RGS(NOS PAMPAS,EM PORTO ALEGRE E NA SERRA GAUCHA),IMAGENS DE ARQUIVO DAS MISSOES E DOS ACORES,E ICONOGRAFIA MUITO VARIADA,O PROGRAMA DESVENDA UM SUL POUCO CONHECIDO:SUL DE NEGROS QUE CULTUAM ORIXAS,SUL DOS SEM-TERRA ,DOS GAUCHOS-A-PE.O VELHO MONDADORI TOCA O "BOI BARROSO". LUPICINIO RODRIGUES CANTA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    TEMPO X TECNOLOGIA

    Muitas pessoas nos escrevem perguntando o que fazer para os filhos largarem dos eletrônicos. E é mesmo um grande desafio para esta geração de pais com crianças e adolescentes que nasceram na era dos tablets e smartphones. Como convencer alguém a largar tudo isso e ir jogar bola ou ler um livro? Então vamos saber quais são as dicas dos nossos convidados para este Momento Papo de Mãe sobre tempo versus tecnologia. Participam desta conversa a psicóloga Andréa Jotta, o Marcelo Tas e a Bel Kowarick que são pais do Miguel de 17 anos e da Clarice de 13.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 13 ENSINO PARTICULAR - 18/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR SOBRE O CRESCIMENTO DO ENSINO PARTICULAR NO BRASIL./ POR QUE, MESMO EM TEMPOS DE CRISE ECONÔMICA, VÁRIAS FAMÍLIAS APERTAM O ORÇAMENTO PARA CONSEGUIR PAGAR UMA ESCOLA PRIVADA PARA OS FILHOS?// PARA COMENTAR O ASSUNTO, NOSSO CONVIDADO É MAURO DE SALLES AGUIAR.

  • 15:32DOC TV II

    TOCANTINS - RIO AFOGADO (TO)

    O documentário trata de ecologia e desenvolvimento discutidos a partir do projeto de construção de hidrelétricas ao longo do Rio Tocantins, abordando várias questões relacionadas aos impactos ambientais e sócio-econômicos resultantes dessas obras, e faz diante disso, um questionamento em relação ao destino do rio.Com 04 hidrelétricas já em operação, 01 em fase final de construção e mais 07 a serem construídas até 2.020, inevitavelmente o rio Tocantins será transformado em uma escadaria de lagos, separados por alguns quilômetros de rio. Do leito original sobrarão aproximadamente 20% de rio apenas.O documentário aborda três situações distintas para compor seu discurso: uma hidrelétrica que está em funcionamento há 10 anos, Serra da Mesa (GO); uma em fase de construção, Peixe-Angical (TO); e uma em processo de licenciamento ambiental, a de Estreito (MA).Na primeira situação, é abordada as consequências do barramento do rio: degradação do meio ambiente, doenças, contaminação das águas por algas tóxicas e mercúrio, e injustiças no processo de indenização. Na segunda, a luta dos atingidos por indenizações justas. E na terceira, a angústia dos futuros atingidos quanto aos impactos ambientais, indenizações e sobre o futuro deles.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - QUINTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 28 - PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO EM ARTES E PROAC

    A qualificação em artes é um programa de formação, voltado à orientação artística de grupos de teatro e de dança no interior, litoral e região metropolitana de São Paulo. Territórios Culturais de hoje invade os palcos desse projeto. Esse ano os espetáculos acontecem na oficina Oswald de Andrade. O programa contribui com a descentralização de polos culturais e movimenta o circuito cultural dos municípios qualificando artistas locais e promovendo a circulação de espetáculos. Tuti e Felipe conferem tudo isso bem de perto.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 49 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 49 você verá que os motores à explosão funcionam a partir da queima de um combustível. Além disso, descobrirá que, como o motor se aquece muito durante o seu funcionamento, suas peças e sua estrutura devem ser boas condutoras de calor.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 8 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você ficará sabendo o que é um mostrador de qualidade do ar. Além disso, verá que o poluente do ar mais perigoso é o monóxido de carbono, produzido pela queima de combustível, principalmente, em lugares com pouco oxigênio.

  • 17:31HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    O ENCONTRO DA BORBOLETA SILVESTRE

    A ACEITAÇÃO DOS ARTISTAS PRIMITIVOS OU INGÊNUOS COMEÇOU NA EUROPA NO FINAL DO SÉCULO XIX POR INFLUÊNCIA DOS PENSADORES ROMÂNTICOS QUE VALORIZAVAM A ARTE COM EXPRESSÃO DOS SENTIMENTOS E DEFENDIAM O MITO DO BOM SELVAGEM, O PRIMITIVO NÃO CORROMPIDO, PORTADOR DE UMA MENSAGEM ÍNTEGRA.

  • 18:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1303

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE , VOCÊ ACOMPANHA AS AVENTURAS DE UM VELEJADOR PELOS MARES DO MUNDO.CONHEÇA TAMBÉM AS PLANTAS NATIVAS QUE DESAFIAM A URBANIZAÇÃO. E AINDA, UM MOVIMENTO UNE MEIO AMBIENTE E TECNOLOGIA. A TURMA DO GREENK INCENTIVA OS JOVENS A DAR UM DESTINO CORRETO AO LIXO ELETRÔNICO. ESTAS ESPÉCIES ,QUE USAM OUTRAS PLANTAS COMO SUPORTE , SURGEM ENTRE O CONCRETO E O ASFALTO DA MAIOR CIDADE BRASILEIRA. E , BETO PANDIANI REVELA OS APRENDIZADOS EM MAIS DE 25 ANOS DE EXPEDIÇÕES PELOS OCEANOS.

  • 19:00A ESPERANÇA E O NILO

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    ROSAMARIA MURTINHO

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:31TELECONTO

    LADEIRA DA MEMÓRIA 4

  • 21:02CABARET LITERÁRIO

    O POETA DESCONHECIDO: RAGUNA CABRAL

    UM GRUPO DE JOVENS ATORES QUER FAZER UM ESPETÁCULO SOBRE A SÃO PAULO DOS ANOS 1930. O RAUTOR DA PEÇA EM SUAS PESQUISAS DESCOBRE O JOVEM POETA RAGUNA CABRAL, QUE MORREU AOS 23 ANOS E PUBLICOU APENAS DOIS LIVROS. ENCANTADOS PELA OBRA DE CABRAL O GRUPO MONTA UM ESPETÁCULO QUE É UM SUCESSO.

  • 22:01RETRATOS DE FÉ

    RETRATOS DE FÉ - 19 - IGREJA QUADRANGULAR - TEMP I

    Em Betim, Minas Gerais, um pastor recém-ordenado fala da sua relação com a Igreja Quadrangular e dos seus planos de levar a palavra de Deus ao povo. A pastora e cantora gospel Soraya Moraes explica a evolução da Igreja Quadrangular no cenário nacional. Em Joinville, Santa Catarina, uma praticante conversa sobre o dinamismo da Igreja e sobre os grupos de dança, teatro, música e crianças. Ela faz parte do “Ministério de Dança”. Mariana destaca o papel da arte para a Igreja. Já, em Simões Filho, Bahia, uma outra seguidora da tradição relembra como era a vida antes de entrar para a Igreja Quadrangular e como ela é hoje.

  • 22:30ROTA DA INOVAÇÃO II

    ROTA DA INOVAÇÃO II - EPISÓDIO 11

    Clodoaldo Araujo entrevista Walter Longo, um dos maiores especialistas no Brasil em tecnologia e inovação. Ex-presidente do Grupo Abril e com extensa passagem pelas agências como mentor de estratégia e inovação do grupo Newcomm, holding de comunicação da poderosas WPP (e que incluía agências como a Young & Rubicam, a Wunderman, a VML e a Grey Brasil), Walter Longo é autor de vários livros sobre inovação. Clodoaldo Araujo e ele vão conversar sobre o Vale do Silício: tudo que representa hoje, tudo que representou para o mundo, tudo que pode representar para o Brasil. Walter Longo já foi presidente da Associação Brasileira de TV por Assinatura, desde 2015 passou a fazer parte do Hall da Fama do Marketing no Brasil, e é sócio de várias empresas digitais. Atualmente é também membro do Conselho de Administração da Sul América, da Portobello e da Neoway, membro do Conselho Consultivo da MGB e da Cacau Show, membro do Comitê Digital e Mentor do Programa de Investimentos em Startups do Hospital Albert Einstein e influenciador relevante do Linkedin, com mais de 500 mil seguidores.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 14/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    INDONÉSIA: E CHEGOU O DIA

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 36 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula você vai conhecer a Cordilheira dos Andes e a sua importância econômica e cultural nos diversos países que ela atravessa. Vai aprender, também, quais são as principais características geográficas dessa região de muitos contrastes, que engloba o altiplano, o litoral e a Bacia Amazônica.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    INGLÊS 3 (MOD.2 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 03 você recordará o "simple present". Verá que esse tempo verbal é usado para descrever ações cotidianas e que as frases interrogativas e negativas no "simple present" precisam do auxiliar "do" ou "does". Por fim, conhecerá Canberra, capital da Austrália.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 03

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    CONHECIMENTO

    Quadros • GRANDE REPORTAGEM - NUM PROGRAMA ONDE O CONHECIMENTO É O FOCO, O ALMANAQUE EDUCAÇÃO USOU UMA EXPOSIÇÃO EM SÃO PAULO PARA ENTENDER O UNIVERSO QUE ENVOLVE O SABER. COM A AJUDA DO FÍSICO E PROFESSOR DA UNICAMP MARCELO KNOBEL, FOMOS CONHECER O LEGADO DEIXADO PELO CIENTISTA ALBERT EINSTEIN E COMPREENDER COMO SUAS PESQUISAS FORAM INFLUENCIADAS POR ÁREAS COMO CULTURA, MÚSICA, HISTÓRIA E FILOSOFIA. É O CONHECIMENTO E SUA MULTIDISCIPLINARIDADE. • MINHA VISÃO DAS COISAS – O QUADRO VAI MOSTRAR, POR MEIO DE RESPOSTAS, UM PAINEL COM ALGUNS FRAGMENTOS DO “CONHECIMENTO” DOS PARTICIPANTES SOBRE ALGUNS DOS TEMAS DISCUTIDOS. • TÚNEL DO TEMPO - MATERIAL DA TV CULTURA SOBRE O CONHECIMENTO (IMAGENS DE PESQUISADORES, CONSTRUÇÕES ARQUITETÔNICAS, DEBATES DE INTELECTUAIS, IMAGENS DE PESQUISAS E AVANÇOS ESPACIAIS ETC.) • PEQUENAS HISTÓRIAS PARTICULARES - EDIÇÃO RÁPIDA DE VÁRIOS “PEQUENAS HISTÓRIAS PARTICULARES” QUE FORAM AO AR NOS EPISÓDIOS DO ALMANAQUE. • HORIZONTES CULTURAIS - IMAGENS DE DIVERSOS LOCAIS DO PGM CULTURA É CURRÍCULO: MUSEUS, VIVEIRO MANEQUINHO LOPES, CASA DOS BANDEIRANTES • QUANDO EU CRESCER - QUADRO EM QUE UMA ALUNA DA ESCOLA PÚBLICA QUE SONHA SER PROFESSORA VAI SABER O QUE É NECESSÁRIO PARA A PROFISSÃO. ELA CONVERSA COM O PROFESSOR FERNANDO ALMEIDA, QUE EXPLICA QUAIS OS PASSOS PARA CHEGAR A SER PROFESSOR E FALA SOBRE O OFÍCIO DA PROFISSÃO.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 167

    FEIRA DO LIVRO DE BUENOS AIRES. O Entrelinhas vai até a Argentina para mostrar como foi a Feira Internacional do Livro de Buenos Aires – uma das cidades que mais vivem a literatura no mundo, com seus cafés e livrarias. O programa entrevistou editores, organizadores e o público presente nesse importante evento do mercado editorial. RAYMOND CARVER. O programa comenta o livro Iniciantes, do cultuado autor norte-americano, que deu origem ao filme Short Cuts – Cenas da Vida, um dos grandes sucessos do diretor Robert Altman. Durante muito tempo, essa sequência de fragmentos sobre a vida cotidiana, os encantos e misérias do american way of life, só era conhecida numa versão mutilada; agora, a versão original do livro de Carver ganha finalmente uma edição brasileira. ADRIANA LUNARDI. O Entrelinhas entrevista Adriana Lunardi, autora do livro de contos Vésperas – em que imagina os últimos instantes da vida de escritoras como Virginia Woolf e Clarice Lispector – e do romance Corpo Estranho, que aborda de maneira sensível os temas da perda e do luto.

  • 09:00NOSSA LÍNGUA 2010

    MULHERES NA LITERATURA

    BLOCO 1 Tininha Mello abre o programa interpretando o poema Corridinho, de Adélia Prado. O quadro “Etimologia” traz a origem do termo “poeta”. Felipe Reis entrevista a professora de literatura Nelly Novaes Coelho que fala sobre as principais escritoras brasileiras contextualizando suas obras de acordo com a época de cada uma delas. Entre as escritoras analisadas pela professora Nelly estão Raquel de Queiroz, Lígia Fagundes Telles e Clarice Lispector. BLOCO 2 Felipe e Tininha recebe amigos para um sarau exclusivamente de literatura feita por mulheres. Para começar Felipe lê trecho de conto “Estar sendo. Ter sido”, de Hilda Hilst. Comentário da professora de literatura Luciana Migliaccio sobre a obra de Hilda Hilst e o trecho apresentado. O Jornal Nossa Língua traz um trecho do “Romanceiro da Inconfidência”, de Cecília Meirelles. Felipe Reis pergunta às pessoas se elas sabem o significado da palavra “liberdade”. Tininha Mello lê trecho do “Romanceiro da Inconfidência”, em que Cecília Meireles escreve: “Liberdade é uma palavra que o sonho humano alimenta que não há ninguém que explique e ninguém que não entenda.” O quadro CSI-LP traz um trecho da letra “O mundo é um moinho”, de Cartola, para análise de interpretação. “.. o mundo é um moinho, vai triturar teus sonhos tão mesquinhos...”, na interpretação de Cazuza. Participação especial de Juliana Costa e Maria Amélia Rocha Lopes que explica aos agentes do INL quem foi Cartola e a poesia que continha em suas letras. BLOCO 3 A equipe do INL investiga as possibilidades de interpretação nos versos . “.. o mundo é um moinho, vai triturar teus sonhos tão mesquinhos. A agente Gilda mostra ao detetive Bento Montenegro outros intérpretes da mesma canção – inclusive o próprio Cartola e Ney Matogrosso. Na versão cantada por Ney Matogrosso eles conseguem entender a intenção de Cartola ”... “.. o mundo é um moinho, vai triturar teus sonhos tão mesquinho...” O Conselheiro Brás explica que o mundo é tão mesquinho. E é ele que vai triturar teus sonhos tão mesquinho e reduzir as ilusões a pó. Cartola escreveu a letra com “mesquinho” no singular, pois o adjetivo forma uma rima perfeita com o substantivo “moinho”. Na seqüência do sarau, Tininha lê um trecho de “A hora da estrela”, de Clarice Lispector. O quadro Socorro! Língua Portuguesa traz a conjugação verbal no modo futuro do subjuntivo dos verbos “ver”, “pôr” e “ter”. Encerrando o sarau, Tininha lê trecho do poema “Com licença poética”, de Adélia Prado. Felipe Reis comenta que esse poema lembra o “O Poema de Sete Faces”, de Carlos Drummond de Andrade. Eles encerram o sarau ao som de “Mulher (sexo frágil, de Narinha e Erasmo Carlos.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    BEATRIZ ABUCHAIM E ELIANA BHERING (03/12)

    SETE MILHÕES E MEIO DE CRIANÇAS BRASILEIRAS ESTÃO MATRICULADAS NA EDUCAÇÃO INFANTIL, A MAIORIA, CERCA DE 60%, NAS REDES MUNICIPAIS. NESTA EDIÇÃO DO EDUCAÇÃO BRASILEIRA, O ASSUNTO É ESSA ETAPA DO ENSINO E O ARTIGO "MONITORAMENTO DA EDUCAÇÃO INFANTIL PÚBLICA: POSSIBILIDADES E CONTEÚDOS". AS NOSSAS CONVIDADAS SÃO AS AUTORAS, AMBAS PESQUISADORAS DA FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS, ELIANA BHERING E BEATRIZ DE OLIVEIRA ABUCHAIM. ELAS CONVERSARAM COM TATIANA BERTONI E CÁSSIA GODOY.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    PRESCRIÇÃO FARMACÊUTICA

    A prescrição farmacêutica é o ato pelo qual o farmacêutico seleciona e documenta terapias farmacológicas e não farmacológicas, e outras intervenções relativas ao cuidado à saúde do paciente, visando à promoção, à proteção e recuperação da saúde, e à prevenção de doenças e de outros problemas de saúde. Em vários sistemas de saúde do mundo, profissionais não médicos estão autorizados a prescrever medicamentos. Esta prática tem modos específicos para cada profissão e é efetivada de acordo com as necessidades de cuidado do paciente, e com as responsabilidades e limites de atuação de cada profissional. O farmacêutico é um profissional aliado de sua saúde e agora ele pode orientá-lo de uma maneira mais completa e documentada. A prescrição farmacêutica é mais um benefício em prol de nossa saúde. Seu objetivo não é substituir a prescrição médica, mas trazer mais segurança ao paciente nas situações leves, que não requerem um atendimento médico, mas exigem cuidados e orientações básicas de saúde. Neste programa educativo, vamos conhecer um pouco mais sobre as atribuições de um farmacêutico. O educativo conta com a participação de profissionais de referência na área médica, científica e também do Conselho Regional de Farmacêuticos de São Paulo que fiscaliza os profissionais.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    11 - CRIANÇA E NATUREZA

    A importância do contato com os demais elementos da natureza para o desenvolvimento físico, mental, espiritual e social da criança. Daniel Becker, pediatra e professor da UFRJ, Bernard Carvalho, arte educador no Instituto Tear, e Aline Lima, professora e mãe de escoteiro, conversam sobre os riscos do afastamento da natureza e seu impacto negativo na saúde.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 9 - BIBLIOTECA PARQUE VILLA LOBOS E PRÊMIO SÃO PAULO DE LITERATURA

    Um parque onde a acessibilidade e a inclusão foi o ponto de partida. Essa pode ser a melhor definição do Parque Villa Lobos, um dos mais frequentados pela população de São Paulo e que, diariamente, oferece inúmeras opções culturais. Entre elas, a BVL, Biblioteca Villa Lobos, uma das finalistas do Prêmio “Biblioteca Pública do Ano”, concedido durante o congresso mundial da “IFLA”, Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecária. Neste programa, Felipe e Tuti mostram porque o Parque Villa Lobos e sua biblioteca dão um show de acessibilidade e qualidade.

  • 11:01MESTRES DE OFICIO

    ARTESANATO DE CARNAVAL NO RIO DE JANEIRO

    A MAIOR FESTA POPULAR DO BRASIL TAMBEM TEM ORIGEM NO ARTESA- NATO.PESSOAS ENVOLVIDAS COM O CARNAVAL COMO JOAOSINHO TRINTA CONTAM COMO E O TRABALHO ARTESANAL QUE DA ORIGEM A CARROS A- LEGORICOS E FANTASIAS.ALEM DE MOSTRAR A CRIACAO E A CONSTRU- CAO DOS ELEMENTOS DO CARNAVAL,O PROGRAMA TAMBEM MOSTRA COMO ESTAS ALEGORIAS FICAM QUANDO PRONTAS DURANTE OS DESFILES. VEREMOS AINDA DIVERTIDAS INTERVENCOES DO COMPOSITOR ROBERTO DOS ANJOS QUE COM SUA MUSICA ILUSTRA O UNIVERSO CARIOCA. VARIOS TIPOS DE TECIDO,ISOPOR,ESTRUTURAS DE METAL.TODOS ES - TES ELEMENTOS UNIDOS DAO ORIGEM A UMA PROFUSAO DE CORES E IMAGENS NO CARNAVAL NAS MAOS DOS ARTESAOS.MAS,SEGUNDO GRACA OLIVEIRA DO CASARAO DAS ARTES CARNAVALESCAS,ASSOCIACAO QUE BUSCA FORMAR NOVOS ARTISTAS,EXISTE UMA CARENCIA DESTES PROFI SSIONAIS NO MERCADO.POR ISTO ENTIDADES COMO O CASARAO E A ESCOLA HERDEIROS DA VILA DEDICAM-SE A ENSINAR O ARTESANATO DE CARNAVAL.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 17

    Convidados: Betty Milan e Cláudio Willer Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Betty: Você e o Willer estão identificados com dois fenômenos que tiveram originalmente um papel transgressivo, questionador, mas que hoje parecem incorporados à vida normal das pessoas: o surrealismo, no caso do Willer, a psicanálise, no seu. A psicanálise ainda representa uma forma de ver a realidade fora do senso-comum? Ela é uma fonte para a literatura, como foi para o surrealismo? • Donizete Galvão para Claudio Willer (surrealismo ainda é transgressor?) • Para ambos: Essas duas questões têm que ver com a idéia de que a literatura representa um desvio em relação à linguagem ordinária. O que é a literatura para vocês? PERGUNTAS BLOCO 2 • Pergunta Marcello Rollemberg para Betty Milan – Aliás, a gente tem uma outra pergunta nesse sentido para você, feita pelo poeta Donizete Galvão. • Pergunta Donizete para Betty Milan • Willer: Você faz parte de uma geração poética que buscou referências fora da idéia de uma literatura “nacional”? O Brasil e identidade nacional são um problema ultrapassado? Você se considera um poeta brasileiro? • Betty: Você escreveu livros sobre carnaval e futebol. Essas manifestações nos traduzem melhor do que arte e literatura? PERGUNTAS BLOCO 3 • Pergunta Marcello Rollemberg para Willer [geração 60] • Betty: Vc passou e passa muito tempo fora do Brasil e seus interlocutores parecem ser escritores europeus, franceses (lembrar livros de entrevistas A Força da Palavra e O Século). Qual a relação da sua ficção com a literatura brasileira? Quais suas referências, modelos literários? • Willer: Existem linhagens poéticas que ficaram esquecidas pela critica literária e pelo ensino de literatura? (lembrar de Murilo Mendes e Jorge de Lima como escritores que fogem ao padrão modernista/concreto) • Betty: Como você avalia a prosa contemporânea brasileira? Ela toca nas questões que p/ vc, como psicanalista e escritora, são fundamentais? PERGUNTAS BLOCO 4 Pergunta Donizete Galvão p/ Betty [humor x mimetização da realidade] – Explicar o que é “mimetização da realidade” • Willer: E no seu caso, a anarquia surrealista e beatnik tem função humorística? Ou sua poesia sempre carrega no tom sacrificial: “escrever é matar-se aos poucos”, como vc escreve no poema “A Chegada do Tempo”? • Betty: Vc escreve uma seção chamada “Consultório Sentimental” na revista Veja. Como fazer para isso não virar um balcão de aconselhamentos afetivos, uma repetição de clichês? • Willer: Apesar do caráter visionário, às vezes místico, da sua poesia, sua obra está impregnada pela cidade, em especial pela paisagem caótica de São Paulo. Qual o impacto dessa experiência da metrópole sobre a literatura? • Betty: Falando no tema, tão moderno, da cidade: você poderia escrever crônicas sobre São Paulo da mesma maneira que escreveu sobre Paris? (Mencionar o romance inédito Consolação, que tem uma epígrafe tirada do poema Uivo, de Allen Ginsberg, traduzido por Willer).

  • 12:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 13 - BANDOLIM

    Com o tema Bandolim, este programa presta uma homenagem a Jacob do Bandolim e Luperce Miranda, com interpretações de grandes sucessos destes dois compositores.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 15/11/2018 - REPÚBLICA HOJE

    HOJE FALAMOS SOBRE A REPÚBLICA NOS DIAS ATUAIS./ COM A GENTE, O PESQUISADOR RÓDISON ROBERTO SANTOS./ E O PROFESSOR DE CIÊNCIA POLÍTICA CÍCERO ARAÚJO.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 34

    Pgm 34 - no ar: 15/12/11 BLOCO 1 ABRE/PINOCHET RECLAME UNICEF ENTREVISTA CAO RATIMBUM BLOCO 02 MUSAS CECÍLIA/CLARICE SIVUCA

  • 14:30O POVO BRASILEIRO

    BRASIL CABOCLO

    "A AMAZONIA E O JARDIM DA TERRA".ASSIM DARCY RIBEIRO ABRE O PROGRAMA CONVIDANDO-NOS A CONHECER E A COMPREENDER MELHOR A FORMACAO E AS CARACTERISTICAS DESSE MUNDO,QUE E O CABOCLO. MUNDO DOS INDIOS,DAS AGUAS E DO MICROSHIP.DE CHICO MENDES E DA ZONA FRANCA DE MANAUS.COM IMAGENS ORIGINAIS CAPTADAS NO AMAZONAS,O PROGRAMA CONTEM AINDA BELISSIMAS IMAGENS ANTIGAS DE INDIOS BRASILEIROS,DE SERINGUEIROS E CASTANHEIROS. A CRIACAO DA TRANSAMAZONICA E A BIODIVERSIDADE.TEXTOS DO PA- DRE VIEIRA E DO MARECHAL RONDON PONTUAM O PROGRAMA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    FILHO TEMPORÃO

    Os filhos nascem, crescem e, de repente, você começa tudo de novo. Imagina só, quando uns já estão na adolescência e daí chega um novo bebê. O filho temporão, nosso tema deste Momento Papo de Mãe, muda toda a rotina da casa e os pais precisam se dividir entre filhos com fases bem diferentes. Para conversar sobre isso convidamos a psicóloga Natércia Tiba e a mamãe Carla Freteschi. Depoimento de telespectadora sobre o tema.

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 14 AVALIAÇÕES CURRICULARES - 19/09/2018

    O DE OLHO NA EDUCAÇÃO FALA SOBRE AS PROVAS COMO ENEM, IDEB, SAEB. TODAS ESSAS AVALIAÇÕES TÊM COMO OBJETIVO MEDIR O QUANTO OS ALUNOS CONSEGUIRAM APRENDER EM CADA ETAPA DO NOSSO SISTEMA DE ENSINO. ASSIM, O GOVERNO PODE TRAÇAR NOVAS ESTRATÉGIAS DE EDUCAÇÃO. ALÉM DISSO, EM ALGUNS CASOS, AS PROVAS TAMBÉM REPRESENTAM UM PASSAPORTE PARA OS MELHORES ESTUDANTES. HOJE COM MARIA INÊS FINI - PRESIDENTE DO INEP - INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA, QUE É LIGADO AO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO.

  • 15:32DOC TV II

    O HOMEM DO BALÃO EXTRAVAGANTE OU AS ATRIBULAÇÕES DE UM PARAENSE QUE QUASE VOOU (PA)

    Já na segunda metade do século XIX, o balão aerostático continuava a seguir, invariavelmente, aonde os ventos o levassem. Várias experiências haviam sido feitas tentando controlar a direção do vôo. Mudou-se a sua forma de esférica para cilíndrica, à semelhança de um charuto ou um fuso; instalaram-se-lhe aletas e lemes; guarneceram-no com bizarros sistemas de propulsão que se valiam do esforço humano – sempre com resultados insignificantes. Havia qualquer coisa que impedia a dirigibilidade dos balões, algo que limitava a liberdade de deslocamento do homem frente aos ventos.Foi na Amazônia, perto de Belém, que Júlio Cezar Ribeiro de Souza nasceu em 1843 de uma família modesta. Fascinado pelo balão de observação que viu ao servir na Guerra do Paraguai, Júlio Cezar tenta imaginar um meio de libertar os balões da dependência das correntes de ar. Com base em suas observações do vôo das aves, concebe um balão original de invólucro assimétrico, um pouco arredondado e mais largo na metade anterior, ligeiramente afilado atrás. Grandes asas triangulares e uma cauda horizontal, presas a uma vara longitudinal suspensa do invólucro, por cima da barquinha, confeririam-lhe a capacidade de sustentação no ar e de direção de vôo. Júlio Cezar faz vários modelos de teste e apresenta suas teorias sobre a navegação aérea no Instituto Politécnico, no Rio de Janeiro, capital do Império. Poucos dos engenheiros presentes o levam a sério, pois ele não passa de um autodidata sem formação acadêmica, e além disso vem da Amazônia, onde não vive ninguém que tivesse alguma importância. Mas ele é persistente, até obstinado, e finalmente consegue obter, com as bênçãos do Imperador, fundos para ir à França e lá encomendar a confecção de um balão segundo suas especificações.

  • 16:31INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - SEXTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 29 - THEATRO SÃO PEDRO

    Felipe e Tuti invademo Território Cultural do Theatro São Pedro, um dos mais antigos e tradicionais de São Paulo. Além de desvendar o mundo da ópera e os bastidores desse teatro secular, a nossa dupla de apresentadores acompanha a encenação de Jorge Takla da ópera Sonho de Uma Noite Verão, inspirada no texto teatral de William Shakespeare.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 36 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula você vai conhecer a Cordilheira dos Andes e a sua importância econômica e cultural nos diversos países que ela atravessa. Vai aprender, também, quais são as principais características geográficas dessa região de muitos contrastes, que engloba o altiplano, o litoral e a Bacia Amazônica.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    INGLÊS 3 (MOD.2 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 03 você recordará o "simple present". Verá que esse tempo verbal é usado para descrever ações cotidianas e que as frases interrogativas e negativas no "simple present" precisam do auxiliar "do" ou "does". Por fim, conhecerá Canberra, capital da Austrália.

  • 17:30HISTÓRIA DA ARTE NO BRASIL

    REGRA E CONFUSÃO

  • 18:30A ARTE DA RÚSSIA

    A ARTE DA RÚSSIA - 3 QUEBRANDO O MOLDE

    A ARTE DA RÚSSIA, escrito e apresentado por Andrew Graham-Dixon, conta a incrível história da arte russa - seu mistério e magnificência. O Episódio Três, conta a história de uma revolução política e como a arte estava na vanguarda de jogar fora mil anos de governo real. Desde os seus primeiros dias revolucionários de entusiasmo e otimismo quando a pintura morreu e o cartaz foi rei, quando a máquina fez triunfar sobre o feito à mão - para a mão morta do realismo socialista; arrancando grandes retratos de Stalin agora escondidos em depósitos de museus e nunca em vista do público, a transformação do metrô de Moscou em uma grande galeria de arte pública e a criação mais impressionante do regime comunista do pós-guerra, o Monumento Espacial. E, finalmente, para a confusão e o caos da Rússia hoje - produzindo algumas das artes mais estranhas do mundo - de esculturas heróicas do líder russo Vladimir Putin para o interior de uma maçã erótica gigante; da recriação da família Real Imperial, enfrentando o pelotão de fuzilamento até a escultura em óleo líquido; da adoção do mercado de arte comercial pela Rússia ao retorno ao realismo socialista. A Rússia parece estar em outro ponto de revolução ...

  • 19:31PERSONA EM FOCO

    CACILDA BECKER

  • 20:32TELECONTO

    LADEIRA DA MEMÓRIA 5

  • 21:03CABARET LITERÁRIO

    VICENTE DE CARVALHO - O POETA DO MAR

    ACOMPANHANDO UM GRUPO DE ESTUDANTES EM UMA VIAGEM PARA BERTIOGA, O PROGRAMA CABARET LITERÁRIO CONTA A VIDA E A OBRA DE VICENTE DE CARVALHO, O POETA DO MAR.

  • 22:00CAFÉ FILOSÓFICO 2019

    IDENTIDADE, DIÁSPORA E EXÍLIO

    CF 15 - identidade, diáspora e exílio com ricardo timm de souza, filósofo A palestra abordará a configuração do cruzamento significativo das temáticas da “identidade”, da “diáspora” e do “exílio” nas obras de franz rosenzweig (kassel, 1886 – frankfurt, 1929), emmanuel levinas (kaunas, 1906 – paris, 1995) e jacques derrida (el-biar, 1930 – paris, 2004), no sentido de demonstrar de que modo esse cruzamento é fundamental para a compreensão de suas obras respectivas – que postulam a ética na centralidade do universo filosófico-cultural contemporâneo -, e, além disso, como tais constitutivos significam uma das possibilidades mais profícuas de criação não apenas filosófica, mas, igualmente, literária e cultural tout court, na contemporaneidade.

  • 22:54CULTURA É CURRÍCULO

    INSTITUTO TOMIE OTHAKE

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 15/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    ESPANHA: OU É MINHA OU NÃO É DE NINGUÉM

    A Andaluzia registra o mais alto índice de violência doméstica da Espanha contra mulheres. Em 1998 houve mais de 4 300 incidentes, com um total de 6 mortes (5 mulheres e 1 homem). A Catalunha, com um número menor de incidentes, registrou mais mortes, as de 8 mulheres e 2 homens. Na Andaluzia houve um divisor de águas: vários grupos de homens passaram a questionar a idéia tradicional da masculinidade. Neste programa, depoimentos de pessoas que sofrem com a discriminação social, que foram violentadas e que hoje não aceitam mais essa vida.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 67 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 67 você conhecerá vários significados para a palavra argumento. Aprenderá também que as orações coordenadas assindéticas - aquelas que não são ligadas por conectivos - são separadas pela pontuação. Em literatura, você ouvirá poemas de um estilo que surgiu a partir do Realismo, chamado de Parnasianismo, e saberá que o poeta mais importante desse movimento foi Olavo Bilac.

  • 08:02AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 27

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: PESQUISAS GARANTEM RECORDE DE PRODUÇÃO E A ALTA QUALIDADE DO CAFÉ. AGROFLORESTA, TÉCNICA DE CULTIVO QUE ALIA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS COM PRESERVAÇÃO DE FLORESTAS, GANHA CADA VEZ MAIS ESPAÇO E É EXEMPLO DE CULTIVO SUSTENTÁVEL. E A QUALIFICAÇÃO DO PRODUTOR, INVESTIMENTOS EM GENÉTICA E EM TECNOLOGIA CONTRIBUEM PARA QUE UMA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS GERAIS MANTENHA O TÍTULO DE SEGUNDA MAIOR PRODUTORA DE LEITE DO BRASIL.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 21

  • 09:01MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MOMENTO PAPO DE MÃE II - SÁBADO - 76

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 13

    No programa de hoje a idealizadora do projeto, Gisele Gasparotte, nos conta, juntamente com Rosimara Martinelli (Coach da 5Ways), Maria Eugenia Cardoso (Ciclista e Empresaria) e Denise Duboc (Ciclista), como funciona o Lulu 5, club de ciclismo voltado para mulheres que além de ensinar técnicas de ciclismo, ajuda no empoderamento feminio. O técnico Mario Canna, da ciclo Urbano, nos ensina como regular o headset da bike. No segundo bloco, a Piloto de MTB Pro Rider, Aline Simões nos conta como subiu de nivel nas competições de motombike. Wagner Cardoso, cicloturista, nos mostra grandes e positivos motivos para fazermos o ciclo turismo. E aproveitando o último bloco , vamos conhecer um pouco da historia de vida do atleta olímpico de ciclismo de pista, Gideoni Monteiro.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    12 - CRESCER SEM VIOLÊNCIA

    A importância de todos os membros da família, incluindo crianças e adolescentes, serem reconhecidos como sujeitos de direitos, com voz e vez é tema do debate entre Monica Alegre, pediatra e terapeuta familiar, Ana Paula Rodrigues, Coordenadora de Projeto na Fundação Xuxa Meneghel, e Kelly Campos, Coordenadora de Projeto na Organização Núcleo de Atenção à Violência-NAV.

  • 10:46TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 6 - PINACOTECA E SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA

    Neste programa, Tuti e Felipe – apresentadores do Territórios Culturais – invadem a região da Luz, no centro histórico de São Paulo. Lá, eles visitam a Pinacoteca e exposições que ocorrem no local. Vão também ao Jardim da Luz – um dos lugares públicos mais antigos de São Paulo e um verdadeiro museu de esculturas a céu aberto. Para completar a invasão, eles participam de um espetáculo em 360O interativo produzido pela São Paulo Companhia de Dança e apresentado nas dependências da Pina.

  • 11:01MESTRES DE OFICIO

    BARRO EM PERNAMBUCO

    VEREMOS O ARTESANATO EM BARRO EM PERNAMBUCO,COMO SAO FEITAS AS PEQUENAS,MEDIAS E GRANDES PECAS,C/ OS ARTESAOS TRABALHAM COM O BARRO,E QUAIS SAO SUAS HABILIDADES.

  • 11:31LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 18

  • 12:30VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    RODAS DE VIOLA - 03 (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca as rodas de viola. Participam deste programa: Mazinho Quevedo, Tião do Carro, Gedeão da Viola,Zé Garoto, Braz da Viola, Roberto Correa, Paulo Freire, Pereira da Viola, Ivan Vilela, Téo Azevedo, Jacó e Jacozito, Liu e Léu, Zilo e Zalo, Pardinho e Camargo, Mococa e Paraíso, Adriano quevedo, Carreiro e Carreirinho.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 29/08/2018 - COMBATE AO FUMO

    HOJE FALAMOS SOBRE O SUCESSO DO COMBATE AO TABAGISMO NO BRASIL./ COM A GENTE, A PSICÓLOGA ROSÂNGELA VICENTE ./ E O PNEUMOLOGISTA UBIRATAN SANTOS.

  • 14:01CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 35

    PGM 35 - NO AR: 22/12/11 VT ABRE/EXPEDIÇÕES FAMOSAS - Expedições Irmãos Villas Boas VT VILLAS /RONCADOR - Entrevista Marina Villas Boas VT RODA VIVA - Orlando Villas Boas - 10/12/1999 VT OFICIO Presepeiro - Artesão presépios VT ENCERRA - CORAL COCORICÓ - 2005

  • 14:31O POVO BRASILEIRO

    INVENCAO DO BRASIL

    "NOS TEMOS QUE INVENTAR O BRASIL QUE NOS QUEREMOS!",AFIRMA DARCY NO úLTIMO PROGRAMA DA SERIE.PROGRAMA QUE NOS FAZ REFLE TIR SOBRE AS UTOPIAS QUE,DESDE O INICIO,NOS ACOMPANHAM EM NOSSA TRAJETORIA:DA IDEIA DOS TUPI DE UMA TERRA SEM MALES, PASSANDO PELO IDEAL MEDIEVAL DE UM PARAISO TERREAL,ATE O PRO JETO CONTEMPORANEO DE UM BRASIL VIAVEL E POSSIVEL QUE AINDA VAI FLORESCER. PROGRAMA-CALEIDOSCOPIO,"INVENçAO DO BRASIL" REUNE IMAGENS E MANIFESTACOES CULTURAIS ANTIGAS E MODERNAS DAS VARIAS REGI - OES DO BRASIL.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    PROBLEMAS NOS OVÁRIOS

    UM FILHO OU FILHA FAZENDO VESTIBULAR. É MAIS UMA ETAPA MARCANTE NA VIDA DA FAMÍLIA. O QUE OS PAIS DEVEM FAZER NESSA FASE PARA AJUDAR SEM ATRAPALHAR? É UM MOMENTO QUE ENVOLVE TAMBÉM A ESCOLHA DA FACULDADE E, COM ISSO, DA PROFISSÃO./

  • 15:16DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 15 BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR II - 21/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS VER COMO ESTÃO SENDO MONTADOS OS NOVOS CURRÍCULOS DAS ESCOLAS PÚBLICAS E PARTICULARES DE TODO O BRASIL A PARTIR DAS MUDANÇAS DETERMINADAS PELA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR.// NOSSA CONVIDADA PARA COMENTAR ESSE ASSUNTO É GHISLEINE TRIGO - MEMBRO DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO.// ESPERAMOS VOCÊ CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORÁRIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//

  • 15:34INGLÊS COM MÚSICA III

    THAT THING YOU DO ( THE WONDERS) - SÁBADO

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:30PEDRO E BIANCA

    PEDRO E BIANCA - PGM 14

    Pedro faz bicos como bike-boy, entregando encomendas pelo bairro. Seu Antonio, um de seus clientes, começa a pagar uma boa grana por fora para que Pedro entregue pacotes misteriosos em circunstâncias suspeitas. Pedro desconfia dessas entregas, mas é tentado pelo dinheiro fácil. Tudo se complica quando ele é emboscado e perde um dos pacotes do Seu Antonio. E agora? Como Pedro vai reembolsar seu Antonio pela perda de sua carga valiosa e ilegal? Bianca e Luara são seduzidas pela chance de se tornarem modelos. As amigas vão juntas a uma pequena agência do bairro para tirar suas primeiras fotos. Mas a alegria dura pouco: tempos depois, as fotos de Luara, em poses provocantes, surgem na internet vinculadas a um site de garotas de programa. Isso causa alvoroço entre os meninos da escola, humilhação e bullying em Luara. Bianca se divide entre o apoio à amiga e a tensão de ser a próxima a ter suas fotos vazadas na web.

  • 17:01TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 30 - MUSEU CATAVENTO

    Hoje Territórios Culturais visita o museu mais querido do estado de São Paulo. O Museu Catavento que há anos faz a cabeça de crianças, jovens e adultos com obras que instigam e colocam a galera para pensar. Dividido em 4 categorias, universo, vida, engenho e sociedade, o museu é pura descoberta e diversão! Pegue seu ingresso e venha com a gente!

  • 17:16MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 68

    Em 2018, a queda de um edifício no Largo do Paisandu, localizado no centro da capital paulista, chocou a população. Quais teriam sido as causas desse desabamento? Um grupo de alunos de engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie buscou a resposta por meio de técnicas da engenharia forense. É o que a gente mostra pra você na primeira matéria do programa. Depois a gente revela a origem do brigadeiro, um doce genuinamente brasileiro que faz sucesso há décadas. Você sabia que tudo começou com uma eleição?

  • 17:31MOSAICOS

    A ARTE DE NELSON GONÇALVES (90 ANOS)

    MOSAICOS – A ARTE DE NELSON GONÇALVES Nos 90 anos de nascimento do artista, TV Cultura apresenta documentário musical inédito com as participações do músico Caçulinha, do compositor Evaldo Gouveia e dos cantores Altemar Dutra Jr., Edith Veiga e Alexandre Arez Documentário musical que mistura imagens de arquivo com depoimentos e números musicais inéditos, “Mosaicos” recupera no acervo da TV Cultura as diversas participações de Nelson Gonçalves em programas da emissora, a exemplo do “Panorama” (1977) “A Volta do Boêmio” (1983), “Festa Baile” (1984), “Bem Brasil” (1992), “Metropolis” (1993) e “Ensaio” (1993). Dirigido por Nico Prado e com narração de Rolando Boldrin, “Mosaicos” promove o encontro inédito de três artistas que muito conviveram com Nelson Gonçalves em shows e gravações: músico Caçulinha, a cantora Edith Veiga e o compositor Evaldo Gouveia. Num bate-papo descontraído, eles relembram histórias e interpretam alguns dos clássicos do homenageado. O encontro foi gravado no Bar do Nelson, casa noturna paulistana criada pela filha do cantor, a empresária Lilian Gonçalves. No programa, o repertório de Nelson também é revisto por grandes cantores convidados, como Altemar Dutra Jr., Alexandre Arez, Paulo Rodrigues e João Macacão, que apresentam suas versões para canções que ficaram consagradas na voz de Nelson, entre elas, “Caminhemos” (Herivelto Martins), “Nega Manhosa” (Herivelto Martins) e “Negue” (Enzo de Almeida Passos/Adelino Moreira). “Mosaicos” ainda remexe no arquivo e apresenta trechos das participações de Nelson no cinema, em filmes como “Cala a Boca, Etelvina” (1958), “O Camelô da Rua Larga” (1958), “Minervina Vem Aí” (1959) e “A Viúva Valentina” (1960), todos dirigidos por Eurides Ramos.

  • 18:31JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM05 - TEMPORADA 1 - AUDITÓRIO IBIRAPUERA

  • 19:31MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    2 TEMPOS DE UM LUGAR

    Dandara e Paulo Monarco, vindos de lados diferentes do Brasil, falam sobre seu projeto 2 Tempos de um Lugar e o poder da música de unir e transportar. Nos surpreendendo, a cada nota, com a força dessa parceria.

  • 20:01MINIDOCS - SHOWS

    2 TEMPOS DE UM LUGAR

  • 21:01SALA DE CINEMA

    ARÁBIA

    Ao encontrar o diário de um trabalhador, numa vila operária em Ouro Preto, o jovem André entra em contato com a comovente trajetória de vida de Cristiano, em meio às mudanças sociais e políticas do Brasil nos últimos dez anos.

  • 22:41CULTURA É CURRÍCULO II

    MUSEU DA MEMORIA REGIONAL - ROSANA

  • 23:01JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 16/11/2019

  • 23:46MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 340 - A QUEDA DO MURO

    TRINTA ANOS SE PASSARAM DESDE A QUEDA DO MURO DE BERLIM, SÍMBOLO DA GUERRA FRIA, QUE IMPEDIA OS RESIDENTES NA ANTIGA ALEMANHA ORIENTAL DE PASSAREM PARA O OCIDENTE. AO LONGO DE TRÊS DÉCADAS, A BARREIRA TAMBÉM SIMBOLIZOU A DIVISÃO DO MUNDO ENTRE SOCIALISMO E CAPITALISMO. COM MAIS DE 150 QUILÔMETROS DE EXTENSÃO, O MURO SEPAROU MILHARES DE FAMÍLIAS E DEIXOU INÚMERAS VÍTIMAS, ENTRE MORTOS, FERIDOS E PRESOS, QUE TENTAVAM ESCAPAR. HOJE, VOCÊ FAZ IDEIA DE QUANTOS MUROS EXISTEM? SÃO DEZENAS, QUE SE ESPALHAM POR TODOS OS CONTINENTES, IMPEDINDO A PASSAGEM DE IMIGRANTES - PESSOAS QUE FOGEM DA VIOLÊNCIA EM SEUS PAÍSES DE ORIGEM E BUSCAM UM FUTURO MELHOR PARA SUAS FAMÍLIAS. NO MATÉRIA DE CAPA DESTA EDIÇÃO.

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 56 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 56 você verá como funciona um jornal e conhecerá algumas funções dentro da redação; aprenderá como as palavras se classificam segundo o número de sílabas em: monossílabos, dissílabos, trissílabos e polissílabos. Ficará sabendo também o que é um dígrafo e como fazer na hora de dividir a palavra escrita.

  • 07:47MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 68

    Em 2018, a queda de um edifício no Largo do Paisandu, localizado no centro da capital paulista, chocou a população. Quais teriam sido as causas desse desabamento? Um grupo de alunos de engenharia da Universidade Presbiteriana Mackenzie buscou a resposta por meio de técnicas da engenharia forense. É o que a gente mostra pra você na primeira matéria do programa. Depois a gente revela a origem do brigadeiro, um doce genuinamente brasileiro que faz sucesso há décadas. Você sabia que tudo começou com uma eleição?

  • 08:02AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 27

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: PESQUISAS GARANTEM RECORDE DE PRODUÇÃO E A ALTA QUALIDADE DO CAFÉ. AGROFLORESTA, TÉCNICA DE CULTIVO QUE ALIA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS COM PRESERVAÇÃO DE FLORESTAS, GANHA CADA VEZ MAIS ESPAÇO E É EXEMPLO DE CULTIVO SUSTENTÁVEL. E A QUALIFICAÇÃO DO PRODUTOR, INVESTIMENTOS EM GENÉTICA E EM TECNOLOGIA CONTRIBUEM PARA QUE UMA CIDADE DO INTERIOR DE MINAS GERAIS MANTENHA O TÍTULO DE SEGUNDA MAIOR PRODUTORA DE LEITE DO BRASIL.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 22

  • 09:01CURSOS LIVRES: O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO

    NARRATIVAS SOBRE A HISTÓRIA DE SÃO PAULO E DA NAÇÃO

    A HISTORIADORA VERA BITTENCOURT PARTICIPOU DO CURSO "O MUSEU PAULISTA E A HISTÓRIA DE SÃO PAULO ", ORGANIZADO PELO MUSEU EM AGOSTO DE 2011. EM SUA AULA A PROFESSORA VERA TRAÇA PARALELOS ENTRE A HISTÓRIA DO MUSEU, INAUGURADO EM 1895, E O DESENVOLVIMENTO DE SÃO PAULO DURANTE OS SÉCULOS 18 E 19. ELA ANALISA ESPECIALMENTE O MOMENTO POLÍTICO NA VIRADA DA DÉCADA DE VINTE, QUANDO O MUSEU SE PREPARAVA PARA COMEMORAR O CENTENÁRIO DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL. UM DETALHE CURIOSO É QUE FOI NAQUELA ÉPOCA QUE A FRENTE DO MUSEU FOI DINAMITADA PARA CRIAR A COLINA SOBRE A QUAL O PRÉDIO ESTÁ HOJE, COM OS JARDINS NUM PLANO REBAIXADO.

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 14

    O programa de hoje conta com a apresentação de Eduardo Gasperini, vamos conhecer o Daniel D’ Almeida que nos conta as novidades de tecnologias que a Michelin desenvolve, no quesito pneu para bicicletas. No segundo bloco vamos conhecer André Ribeiro, dono da loja Dream Bike, que conta como nasceu a sua loja, que além de ser bicicletária, também, é uma fabrica que adequa as bicicletas conforme as nossas necessidades. E no terceiro bloco, um bate papo com a radialista Luka Salomão que utiliza como meio de transporte a bicicleta e compartilha suas experiências.

  • 10:30VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 14

    O VITRINE BRASIL MERGULHA NAS ÁGUAS DE FERNANDO DE NORONHA, UM PARAÍSO BRASILEIRO NO OCEANO ATLÂNTICO./ TE LEVA ATÉ O PARQUE ESTADUAL DO JALAPÃO, NO TOCANTINS.// VOCÊ VAI CONHECER UM JEITO NOVO DE PENSAR A RELAÇÃO ENTRE MEIO AMBIENTE E PRODUÇÃO ECONÔMICA NA BACIA DO ARAGUAIA //SÃO PAULO NÃO PARA DE CRESCER. NÃO É DE HOJE QUE A METRÓPOLE MAIS POPULOSA DO PAÍS EXPLORA ESPAÇOS DE BAIXO DA TERRA. TEM TÚNEL SOB O QUARTEL DA ROTA// UMA HORTA NO SUBSOLO DE UM EDIFÍCIO. // E UM BAR NO SUBTERRÂNEO DO TEATRO MUNICIPAL.

  • 11:00DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII

    DESAFIANDO A CIÊNCIA - VIII - 05

    "Nós nos acostumamos a ouvir histórias assustadoras sobre estranhas cepas de gripe com nomes como H1N1, mas há algum perigo real? Jem Stansfield explica a gripe em um nível celular, mostrando como ela pode mudar de uma causa de fungar o inverno para um vírus capaz de matar milhões de pessoas. Liz Bonnin testemunha as vacinas sendo feitas que nos protegerão no próximo inverno. Maggie Philbin visita um laboratório onde pacientes saudáveis são infectados com gripe e testemunha exatamente como ele ataca."

  • 11:30COMO CHEGAMOS ATÉ AQUI

    FRIO

    O homem conquistou o fogo há quase meio milhão de anos, mas só nos últimos duzentos anos aprendemos a esfriar as coisas. Steven começa esta incrível jornada no primeiro e único hotel de gelo da América do Norte. Ele analisa a extraordinária história do maior empresário de gelo do mundo, Frederic Tudor, um homem que dedica sua vida a fazer da entrega de gelo o segundo maior negócio de exportação dos EUA. É incrível a forma como ele faz isso. Ele simplesmente começa a cortar grandes pedaços de gelo dos enormes lagos da América e envia-nos para o sul. Steven pega um trenó de cachorro em direção ao lugar onde Clarence Birdseye, o pai da indústria de alimentos congelados, mudou a maneira de cozinhar, comprar e viver para sempre. Ele vai pescar com o Innuit para experimentar em primeira mão o que levou ao momento “eureca” de Birdseye e depois viaja para Dubai para ver como o domínio do homem sobre o frio foi levado a pinguins no deserto. Da FIV à comida que comemos, da política e de Hollywood à migração humana, os heróis desconhecidos do frio abriram o caminho.

  • 12:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1303

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE , VOCÊ ACOMPANHA AS AVENTURAS DE UM VELEJADOR PELOS MARES DO MUNDO.CONHEÇA TAMBÉM AS PLANTAS NATIVAS QUE DESAFIAM A URBANIZAÇÃO. E AINDA, UM MOVIMENTO UNE MEIO AMBIENTE E TECNOLOGIA. A TURMA DO GREENK INCENTIVA OS JOVENS A DAR UM DESTINO CORRETO AO LIXO ELETRÔNICO. ESTAS ESPÉCIES ,QUE USAM OUTRAS PLANTAS COMO SUPORTE , SURGEM ENTRE O CONCRETO E O ASFALTO DA MAIOR CIDADE BRASILEIRA. E , BETO PANDIANI REVELA OS APRENDIZADOS EM MAIS DE 25 ANOS DE EXPEDIÇÕES PELOS OCEANOS.

  • 13:00RODA VIVA

    YUVAL HARARI

    UM DOS ESCRITORES MAIS LIDOS DO MUNDO. ELE ALCANÇOU A MARCA DE 20 MILHÕES DE CÓPIAS. SÓ NO BRASIL FORAM 1 MILHÃO DE LIVROS VENDIDOS./ PHD EM HISTÓRIA, O HOMEM QUE OCUPA O CENTRO DO RODA VIVA DE HOJE VISITOU EM SUAS OBRAS O PASSADO, O PRESENTE E O FUTURO DA HUMANIDADE./ TRÊS DE SEUS LIVROS TENTAM EXPLICAR COMO O SER HUMANO DEIXOU DE SER UMA ESPÉCIE COM IMPACTO SEMELHANTE AO DE UMA ÁGUA-VIVA PARA SE TORNAR O ANIMAL QUE DOMINA A TERRA./ NÃO É SÓ. AGORA, ELE ESTABELECE UMA SÉRIE DE HIPÓTESES POUCO ANIMADORAS DO QUE VIRÁ DEPOIS DISSO./ NO CENTRO DO RODA VIVA DESTA NOITE, UMA DAS MENTES MAIS CELEBRADAS DA ATUALIDADE: O PROFESSOR YUVAL NOAH HARARI. PARA CONVERSAR COM YUVAL HARARI , NÓS CONVIDAMOS: - CELIA ROSEMBLUM - EDITORA DE PROJETOS ESPECIAIS DO JORNAL VALOR ECONÔMICO; - RAUL JUSTE LORES - EDITOR-CHEFE DA REVISTA VEJA SÃO PAULO; - PAULO SALDIVA - MÉDICO PATOLOGISTA E DIRETOR DO INSTITUTO DE ESTUDOS AVANÇADOS DA USP; - CLAUDIA COSTIN - DIRETORA DO CENTRO DE EXCELÊNCIA E INOVAÇÃO EM POLÍTICAS EDUCACIONAIS DA FUNDAÇÃO GETÚLIO VARGAS E COLUNISTA DA FOLHA DE S.PAULO; - FERNANDA DIAMANT - CURADORA DA FLIP E EDITORA DE CIÊNCIA DA REVISTA QUATRO CINCO UM./

  • 14:30ROTA DA INOVAÇÃO

    MATERIAL INÉDITO (VÁRIOS PAÍSES)

    TEMA: MATÉRIAS INÉDITAS Na Jordânia iremos visitar a UNHCR, a Comissão de Refugiados, que usa a inovação e a criatividade na construção de campos de refugiados melhores, além da 3D Mena, uma empresa que cria próteses inovadoras para crianças. Na Dinamarca, veremos estudos da Universidade Syddansk, referentes ao comportamento de animais como golfinhos e morcegos, utilizando tais conhecimentos em aplicações diversas na medicina, comunicações e localização por gps. Em Hamburgo, na Alemanha, a Rota da Inovação visita o Instituto do Conhecimento Tecnológico da Universidade de Hamburgo, onde veremos o uso da neurociência na robótica, com robôs que “aprendem” quando são “ensinados”. É a inteligência artificial, com robôs entendendo, aprendendo e funcionando a partir de comandos motores de um ser humano.

  • 15:00VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    RODAS DE VIOLA - 03 (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca as rodas de viola. Participam deste programa: Mazinho Quevedo, Tião do Carro, Gedeão da Viola,Zé Garoto, Braz da Viola, Roberto Correa, Paulo Freire, Pereira da Viola, Ivan Vilela, Téo Azevedo, Jacó e Jacozito, Liu e Léu, Zilo e Zalo, Pardinho e Camargo, Mococa e Paraíso, Adriano quevedo, Carreiro e Carreirinho.

  • 16:00MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    2 TEMPOS DE UM LUGAR

    Dandara e Paulo Monarco, vindos de lados diferentes do Brasil, falam sobre seu projeto 2 Tempos de um Lugar e o poder da música de unir e transportar. Nos surpreendendo, a cada nota, com a força dessa parceria.

  • 16:30MINIDOCS - SHOWS

    2 TEMPOS DE UM LUGAR

  • 17:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 13 - BANDOLIM

    Com o tema Bandolim, este programa presta uma homenagem a Jacob do Bandolim e Luperce Miranda, com interpretações de grandes sucessos destes dois compositores.

  • 18:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 551

  • 19:30ORQUESTRA SINFÔNICA MUNICIPAL & ANTÔNIO MENEZES

  • 21:09FIGURAS DA DANÇA 2010

    MÁRCIA HAYDÉE

    Márcia Haydée é a bailarina brasileira de consagração mundial, conhecida como a "Callas da dança", por sua grande forca interpretativa. Em sua carreira, atuou no Balé do Marques de Cuevas, mas foi no Stuttgart Ballet, sob a direção de John Cranko, que no início dos anos 1960, ela se tornou musa do coreógrafo e foi revelada como grande intérprete e bailarina. Na década de 1970, apos a morte de Cranko, Márcia assume a direção da companhia e fica a frente durante 20 anos. Trabalhou ao lado de grandes nomes da dança como Richard Cragun, Rudolf Nureyev, Jorge Donn, Maurice Bejárt, John Neumeier.

  • 21:36JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM05 - TEMPORADA 1 - AUDITÓRIO IBIRAPUERA

  • 22:33A ESPERANÇA E O NILO

  • 23:00REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1303

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE , VOCÊ ACOMPANHA AS AVENTURAS DE UM VELEJADOR PELOS MARES DO MUNDO.CONHEÇA TAMBÉM AS PLANTAS NATIVAS QUE DESAFIAM A URBANIZAÇÃO. E AINDA, UM MOVIMENTO UNE MEIO AMBIENTE E TECNOLOGIA. A TURMA DO GREENK INCENTIVA OS JOVENS A DAR UM DESTINO CORRETO AO LIXO ELETRÔNICO. ESTAS ESPÉCIES ,QUE USAM OUTRAS PLANTAS COMO SUPORTE , SURGEM ENTRE O CONCRETO E O ASFALTO DA MAIOR CIDADE BRASILEIRA. E , BETO PANDIANI REVELA OS APRENDIZADOS EM MAIS DE 25 ANOS DE EXPEDIÇÕES PELOS OCEANOS.

  • 23:30PADRE BROWN IV

    PADRE BROWN IV - A FILHA DE AUTOLYCUS

    EPISÓDIO 5 - A FILHA DE AUTOLYCUS Marianne é sequestrada de seus aposentos na Universidade de Oxford por Nero Hound, um inimigo de seu distante pai Flambeau. Enquanto isso, é relatado que o dom da Coroação do Papa para a Rainha, a Cruz de Pelágio, visitará Gloucester em rota para o Palácio de Buckingham. Quando o Bispo Reynard decide colocar a cruz em exposição, o Padre Brown, um dos poucos que sabem como é o Flambeau, se oferece para vigiar a recepção. No entanto, o padre Brown fica surpreso ao encontrar Flambeau em St. Mary's com uma fotografia de sua filha seqüestrada inscrita: a jóia de sua vida. Flambeau pede a ajuda do padre Brown para roubar a cruz. O sacerdote se transformará ladrão para ajudar seu velho adversário?

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 57 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 57 você verá o que é liberdade de imprensa; acompanhará uma discussão sobre as vantagens e os limites dessa liberdade e conhecerá os perigos e prejuízos causados pela censura. Além disso, você aprenderá como uma mesma palavra pode ser usada em expressões diferentes e ter vários sentidos.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 68 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 68 você aprenderá que o radical cida dá o sentido de matar ou destruir nas palavras formadas com ele. Além disso, verá que as expressões conotativas são aquelas que se originam através de uma associação de sentido e conhecerá mais um estilo literário, o pré-modernismo, cujos autores procuravam criticar a realidade brasileira.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 04

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    ATITUDES

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 169

    JAMES SALTER. O Entrelinhas mostra entrevista com o escritor norte-americano feita durante a Flip, onde o autor do livro de contos Última Noite participou da mesa “Segredos de Família” com a escritora irlandesa Anne Enright. Salter fala de suas obras e de sua experiência como piloto da Força Aérea Americana na Guerra da Coreia. GOOGLE BOOK SEARCH. O programa traz uma reportagem sobre o Google Book Search, ferramenta que auxilia o acesso e a busca ao conteúdo de livros na internet. Além de mostrar os recursos desse “buscador”, conversamos com um representante do Google no Brasil e com um editor, para saber mais sobre o impacto desse novo instrumento sobre os bibliófilos da era virtual. MURILO RUBIÃO. Nossa colaboradora Andréa del Fuego comenta a obra do escritor mineiro, um raro representante do realismo fantástico na literatura brasileira, autor do clássico O pirotécnico Zacarias.

  • 09:00MORDE A LÍNGUA

    MORDE A LÍNGUA - 01 - AIPIM, CASTELINHA, MANDIOCA, MACAXEIRA

    No episódio de hoje, veremos a relação entre a linguagem e a construção de identidade. As variações linguísticas, a comunicação verbal e não verbal, linguagem formal e informal, diferenças entre oralidade e escrita. Não percam as aventuras de Deíco e Ruiva nessa jornada do aprendizado.

  • 09:15SE LIGA NA CIÊNCIA

    QUAL O FORMATO DA TERRA?

    Os integrantes do Ciência em Show; Daniel, Gerson e Wilson demonstram como fazer uma experiência que comprova que a Terra é esférica.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    MARIA CLARA DI PIERRO (FE-USP) E MARIA VIRGINIA DE FREITAS (AÇÃO EDUCATIVA) (10/12)

    "EJA EM CHEQUE - DESAFIOS DAS POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS NO SÉCULO XXI" É O LIVRO DA ONG AÇÃO EDUCATIVA QUE REÚNE CINCO PESQUISAS BASEADAS EM DADOS DO INEP-MEC. A PROFESSORA MARIA CLARA DI PIERRO (FE-USP), AUTORA DE UMAS DELAS, EXPLICA OS PONTOS FUNDAMENTAIS DOS ESTUDOS, DESTACANDO A NECESSIDADE DE FORMALIZAR E DE SE DAR MAIS ATENÇÃO A ESSA MODALIDADE DE EDUCAÇÃO. AO ANALISAR O IMPACTO DA INCLUSÃO DA EJA NO FUNDEB NO ESTADO DE SÃO PAULO, ELA ENCONTROU DIFICULDADES PARA QUANTIFICAR O INVESTIMENTO DO GOVERNO, POIS SÃO AS MESMAS ESCOLAS E PROFESSORES QUE ATENDEM CRIANÇAS E ADULTOS. O CUSTO, MUITAS VEZES, FICA DILUÍDO. MARIA CLARA DI PIERRO CONVERSOU COM OS JORNALISTAS CÁSSIA GODOY E FÁBIO EITELBERG.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    ESPECIAL COZINHA SAUDÁVEL - COMPRAS NA FEIRA

    A culinarista Ana Maria D’Angelo ensinará a comprar peixes, frutas, verduras e legumes em uma feira livre. Dicas para compra com qualidade. Dicas para comprar peixes, detalhes da sardinha: tem preço acessível, rica em ômega 3, proteínas e fósforo. Dicas de congelamento. Neste programa educativo, vamos conhecer um pouco mais entre as barracas da feira. Aprenderemos a escolher e adquirir as frutas: bananas, mamão, maçã, pêra, uva, goiaba, caju, jabuticaba, ameixa, kiwi, fruta do conde, morango, laranja, mexerica, abacaxi, melancia, melão, abacate, maracujá, manga. Verduras e legumes como: beterraba, cenoura, tomate.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    13 - INTERNET E SAÚDE

    O impacto das redes sociais, opinião x informação, as potencialidades e riscos do uso da internet e a importância de pautar o tema na família e na escola. Esse pontos estão na conversa entre Bel Levy, jornalista, Felipe Fortes, médico hebiatra do Núcleo de Estudos da Saúde do Adolescente (Nesa) e Núcleo de Estudos e Pesquisas em Atenção ao Uso de Drogas (Nepad) na Uerj, e Tatiana Paranaguá, psicóloga e professora de Psicologia na PUC-Rio.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 7 - CASA DAS ROSAS E AVENIDA PAULISTA

    A Avenida Paulista é um grande território cultural de São Paulo. Nela concentram-se museus e centro culturais que – aos fins de semana – reúnem visitantes de várias partes do Brasil e do mundo. Neste programa, nossos apresentadores invadem a Casa das Rosas – a primeira biblioteca especializada em poesia de São Paulo, os subterrâneos de estações de metrô da região e suas exposições de arte além de muitos outros pontos ligados à arte e cultura localizados no corredor da Avenida Paulista, uma grande artéria pleno coração do moderno centro de São Paulo.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    MADEIRA EM SAO PAULO

    ESTE EPISODIO MOSTRA ALGUNS ARTESAOS QUE TRABALHAM COM MACHE TARIA,TECNICA DE UNIR PEQUENOS PEDACOS DE DIFERENTES MADEI - RAS,COMBINANDO CORES,TEXTURAS E FORMAS.ESTA TECNICA DA ORI - GEM A LINDOS OBJETOS DE DECORACAO,MOVEIS E REVESTIMENTOS. A MACHETARIA E MILENAR,DATA DE 3.000 A.C. SEGUNDO OS ARTESA- OS,QUE MOSTRAM AINDA A BUSCA PELA MATERIA PRIMA(GERALMENTE ORIUNDA DA RECICLAGEM DE MOVEIS VELHOS E QUEBRADOS,E DE SO - BRAS DE SERRARIAS).

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 19

    Convidados: Marisa Lajolo e Marcia Camargos No ar: 11/06 Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Por que Lobato se tornou o maior escritor de literatura infanto-juvenil brasileiro? Qual a diferença entre a obra dele e de outros escritores do gênero no Brasil? • A preocupação que Lobato teve de aproximar a linguagem literária da fala coloquial e de criar personagens nacionais foi a grande marca da sua literatura? • Ele criou um estilo brasileiro de fazer ficção? • Que escritores marcaram a literatura de Lobato? • Pode-se dizer que, assim como Euclides da Cunha, ele olhou para um Brasil ignorado pela cultura dos centros urbanos? PERGUNTAS BLOCO 2 • Qual a relação de Monteiro Lobato com os modernistas? • Poderiam explicar o episódio da crítica à exposição de Anita Malfatti? Que peso isso teve na imagem do escritor? • PERGUNTA DO CRÍTICO DE ARTE TADEU CHIARELLI, UM JECA NOS VERNISSAGES • A questão da identidade nacional em geral é vista como uma virtude de modernistas como Mário e Oswald de Andrade, mas com Lobato parece ser o contrário. Ele ficou com imagem de provinciano. Por quê? PERGUNTAS BLOCO 3 • A visão de Lobato como autor infanto-juvenil obscureceu a obra dele como autor de ficção adulta? • Como avaliar a ficção adulta de Lobato? Quais os principais livros? • Como situar tais livros na vertente modernista? • Em quais gêneros literários Lobato escreveu? • Como foi a trajetória de Lobato como editor? Qual sua importância na indústria gráfica brasileira? • Marisa Lajolo: como essa atividade se reflete na produção da obra infantil analisada em Monteiro Lobato Livro a Livro? PERGUNTAS BLOCO 4 • Qual a posição política de Lobato? Por que ele foi preso pelo Estado Novo? • Agora que Barack Obama foi eleito nos Estados Unidos, como vocês avaliam seu único romance, O presidente negro? • O livro – que está longe de ser “politicamente correto” – teve repercussão internacional? • Qual a importância da questão racial em Lobato, lembrando que o título original de O presidente negro era O choque das raças? • Como avaliar as personagens de tia Nastácia e do Jeca Tatu frente aos estereótipos sociais brasileiros?

  • 12:30CULTURA LIVRE

    CULTURA LIVRE 360

    360 - ODAIR JOSÉ O Cultura Livre recebe o cantor e compositor Odair José. Ele apresenta com sua banda músicas do seu disco mais recente: “Hibernar na Casa das Moças Ouvindo Rádio”, 37º da carreira. Além dele, tem uma matéria sobre como as pessoas estão consumindo música nos dias de hoje e um arquivo especial da TV Cultura de um velho conhecido de Odair.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 17/08/2018 - ABORTO DISCUTE

    HOJE FALAMOS SOBRE A DESCRIMINALIZAÇÃO DO ABORTO./ COM A GENTE , A GINECOLOGISTA E OBSTETRA ELIZABETH KIPMAN CERQUEIRA./ E A PSICÓLOGA DANIELA PEDROSO.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 36

    PGM 36 - NO AR: 29/12/11 VT Abre/Cinema - história cinema VT CINEMA BRASIL - O Construtor de Sonhos (sobre Franco Zampari) Entrevista Nydia Licia VT SAO SILVESTRE - historia e curiosidades A pedido - Vila Sésamo - 1972 VT ANO NOVO VELHO - comemorações na década de 70

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    DO ZERO AO INFINITO

    ESTE PROGRAMA E UMA INTRODUCAO A SERIE,COMO UMA ESPECIE DE GUIA.APONTA A POSSIBILIDADE DE LANCAR NOVOS OLHARES SOBRE VELHAS COISAS (TANTO NA ARTE COMO NA MATEMATICA) E FALA DE MANEIRA ABRANGENTE SOBRE OS TEMAS MATEMATICOS QUE SERAO ENFO CADOS.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    EDUCAÇÃO PARA DEFICIENTES VISUAIS

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 16 REFORMA DO ENSINO MÉDIO - 24/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE A REFORMA DO ENSINO MÉDIO. QUAIS OS PONTOS MAIS POLÊMICOS DA MUDANÇA? COMO VAI FICAR O ENEM? NOSSO CONVIDADO É SIMON SCHWARTZMAN - EDUCADOR E MEMBRO DA ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS.

  • 15:30DOC TV II

    ENSOLARADO BYTE (PE)

    Ensolarado Byte é um documentário centrado na trajetória de três artistas-chaves da cena musical pernambucana. O primeiro deles é o DJ e produtor DJ Dolores, pioneiro do Mangue Beat e, hoje, renomado nacional e internacionalmente por seu complexo mix de texturas eletrônicas e orgânicas. O segundo assina simplesmente Neílton, guitarrista da banda de hardcore Devotos, artista plástica e (re)contrutor de artefatos tecnológicos os mais variados. Fecha o trio o coletivo Re:combo, representado por Doktor Mabuse, também pioneiro do Mangue Beat e articulador de uma rica reflexão sobre o uso de conceitos como “copyleft” e “licenças de uso abertas”. Esses três músicos/pensadores/construtores são os fios condutores de uma narrativa que pretende trazer para o público a relação entre a nova música pernambucana – aclamada em todo o país por sua diversidade e vigor criativo – e as tecnologias digitais das últimas duas décadas. No Recife, essa fricção foi incentivada pelo desenvolvimento paralelo da cena cultural deflagrada pelo Mangue Beat e de um complexo tecnológico chamado Porto Digital – situado no “Recife Antigo”, área portuária que traz as marcas da colonização holandesa – com empresas de software de grande dinâmica.Não à toa, um dos hinos do Mangue Beat proclama que “computadores fazem arte, artistas fazem dinheiro”: as respostas que os músicos locais encontraram para os impasses e possibilidades trazidas pela revolução tecnológica estão entre as mais interessantes dos últimos tempos. Seguindo uma tradição da periferia em reinventar paradigmas e ferramentas desenvolvidas no “centro do mundo”, esses artistas encontraram soluções criativas para a produção e distribuição de suas músicas.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) SEGUNDA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 31 - PROJETO ESPETÁCULO

    Prepare-se para assistir o projeto Espetáculo que acontece na fábrica de Cultura do bairro Cidade Tiradentes. O bairro que fica na Zona Leste de São Paulo tem uma das cinco fábricas gerenciadas pela Organização Social Catavento e oferece à população uma diversa e intensa programação cultural, com cursos de dança, teatro, música, circo, artes visuais, multimeios, sessões de cinema, shows musicais, bibliotecas e muito mais. No programa Felipe e Tuti acompanham os preparativos e a apresentação Nascenteouvida. O espetáculo já vai começar!

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    PORTUGUÊS 57 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 57 você verá o que é liberdade de imprensa; acompanhará uma discussão sobre as vantagens e os limites dessa liberdade e conhecerá os perigos e prejuízos causados pela censura. Além disso, você aprenderá como uma mesma palavra pode ser usada em expressões diferentes e ter vários sentidos.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 68 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 68 você aprenderá que o radical cida dá o sentido de matar ou destruir nas palavras formadas com ele. Além disso, verá que as expressões conotativas são aquelas que se originam através de uma associação de sentido e conhecerá mais um estilo literário, o pré-modernismo, cujos autores procuravam criticar a realidade brasileira.

  • 17:30CURSOS LIVRES: VISÕES DO BRASIL, SÉCULO 19

    NATUREZA E ESCRAVIDÃO NA OBRA DE TAUNAY

    EM SUA AULA NO CICLO DE ARTES VISUAIS PROMOVIDO PELO INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS DA USP, A HISTORIADORA LILIA SCHWARCZ TRAÇA UM RETRATO SINGULAR DO PINTOR FRANCÊS NICOLAS- ANTOINE TAUNAY. NOS CINCO ANOS QUE PASSOU NO BRASIL A PARTIR DE 1816 ELE PRODUZIU CERCA DE 30 TELAS, E EM QUASE TODAS ELAS REPRESENTOU A NATUREZA E A ESCRAVIDÃO. TAUNAY REPRESENTAVA OS ESCRAVOS BRASILEIROS COMO PEQUENAS FIGURAS, SEMPRE NO PRIMEIRO PLANO DAS TELAS, E SEMPRE OCUPADOS COM ALGUMA TAREFA. NA SEGUNDA PARTE DE SUA AULA A HISTORIADORA LILIA SCHWARCZ MOSTRA QUE O GOSTO PELOS DETALHES APARECE TAMBÉM NAS OBRAS QUE ELE PRODUZIU NA FRANÇA, QUANDO PINTAVA PARA A CORTE DE NAPOLEÃO.

  • 18:30METROPOLIS

    METRÓPOLIS 2019 - DOMINGO 392 - 17/11/2019

  • 19:00VITRINE BRASIL

    VITRINE BRASIL - 15

    O VITRINE BRASIL DE HOJE VAI ATÉ ITAÚNAS NO ESPÍRITO SANTO, FAMOSA PELO TRADICIONAL FORRÓ PÉ-DE-SERRA// VOCÊ VAI CONHECER OS MESTRES DA CULTURA CEARENSE// A GENTE COMEÇA O PROGRAMA DE HOJE DIRETO DO BAIRRO DA LIBERDADE: UM PEDAÇO DA ÁSIA EM SÃO PAULO. VOCÊ VAI SABER O QUE MUDOU NAS TRADIÇÕES DO ORIENTE POR AQUI, DESCOBRIR NOVOS SABORES E SOLTAR A VOZ NUM AUTÊNTICO KARAOKÊ.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    JOÃO ACAIABE

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    QUINCAS BORBA 1

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    O POETA DESCONHECIDO: RAGUNA CABRAL

    UM GRUPO DE JOVENS ATORES QUER FAZER UM ESPETÁCULO SOBRE A SÃO PAULO DOS ANOS 1930. O RAUTOR DA PEÇA EM SUAS PESQUISAS DESCOBRE O JOVEM POETA RAGUNA CABRAL, QUE MORREU AOS 23 ANOS E PUBLICOU APENAS DOIS LIVROS. ENCANTADOS PELA OBRA DE CABRAL O GRUPO MONTA UM ESPETÁCULO QUE É UM SUCESSO.

  • 22:00GRANDES CURSOS CULTURA NA TV

    A POESIA REFLEXIVA DE DRUMMOND - PERGUNTAS E RESPOSTAS

    Nesse programa o prof. Davi Arrigucci responde perguntas sobre o universo poético de Carlos Drummond de Andrade. Faz uma análise comparativa da obra de João Cabral de Melo Neto e a de Drummond. Fala também sobre os precursores do modernismo que o influenciaram (Manuel Bandeira, Álvares de Azevedo e Gonçalves Dias) e, sobre o universal e o provinciano na sua obra. O Professor Davi Arrigucci Junior, nasceu em São João da Boa Vista (São Paulo) em 1943. Professor aposentado de teoria literária e literatura comparada na USP, , onde lecionou de 1965 a 1996, crítico e ensaísta consagrado, estreou como romancista com Ugolino e a Perdiz, a “saga” de um caçador quixotesco em busca de uma perdiz encantada. Ao estrear como ficcionista, Arrigucci disse estar sentindo um prazer que não sentia com sua produção anterior de ensaios – o que talvez soe injusto com uma das mais sólidas coleções artigos sobre escritores nacionais e estrangeiros, com destaque para O Escorpião Encalacrado (sobre o argentino Julio Cortázar) e O Cacto e as Ruínas (sobre Manuel Bandeira e Murilo Mendes). Publicou recentemente o livro "Coração Partido", em que analisa a poesia reflexiva de Carlos Drummond de Andrade.

  • 22:52CULTURA É CURRÍCULO

    ESPECIAL - CULTURA VISUAL

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 18/11/2019

  • 23:45MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    ESPANHA: OU É MINHA OU NÃO É DE NINGUÉM

    A Andaluzia registra o mais alto índice de violência doméstica da Espanha contra mulheres. Em 1998 houve mais de 4 300 incidentes, com um total de 6 mortes (5 mulheres e 1 homem). A Catalunha, com um número menor de incidentes, registrou mais mortes, as de 8 mulheres e 2 homens. Na Andaluzia houve um divisor de águas: vários grupos de homens passaram a questionar a idéia tradicional da masculinidade. Neste programa, depoimentos de pessoas que sofrem com a discriminação social, que foram violentadas e que hoje não aceitam mais essa vida.

  • 23:55VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 17 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que o movimento abolicionista cresceu muito durante o século XIX. Um passo importante para o fim da escravidão foi a extinção do tráfico negreiro, em 1850. O movimento abolicionista foi se espalhando e conseguindo cada vez mais simpatizantes. Os negros desempenharam um papel fundamental na luta pela abolição. Em 1887, as fugas de escravos se generalizaram nas novas áreas do café e o exército se recusou a capturar os fugidos. Em 13 de maio de 1888, quando, finalmente, a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, praticamente já não havia mais escravos no Brasil. E foi assim que, pela primeira vez na nossa história, todos os nascidos no Brasil se tornaram cidadãos brasileiros perante a lei.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 17 (MOD.3 - MÉDIO)

    Na teleaula 17 você aprenderá o que são sistemas ecológicos, ecossistemas e geossistemas. Verá que sistemas ecológicos são subconjuntos da biosfera e os geossistemas são unidades de estudo geográfico que relacionam os componentes naturais e sociais das diferentes paisagens. Além de perceber que as cidades são centros de inovações.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 05

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    MEDICINA ESPORTIVA - (II TEMPORADA)*(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu convida seu melhor amigo, o Mano, pra fazer parte do Almanaque Educação. Juntos, eles iniciam o processo de criação do programa e gravam, além da opinião da galera nas escolas, uma entrevista muito louca com o Batman, na TV do Cadu. Além disso, usam a criatividade na preparação da primeira grande reportagem, sobre medicina esportiva.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 170

    ANNE ENRIGHT. O Entrelinhas mostra entrevista feita durante a Flip, onde a escritora irlandesa participou da mesa “Segredos de Família” com o norte-americano James Salter. Vencedora do Man Booker Prize de 2007 com o romance O Encontro, Anne Enright falou de suas obras e da importância da prosa da Irlanda para a moderna literatura de língua inglesa. CASA GUILHERME DE ALMEIDA. O programa faz um passeio pela casa do poeta Guilherme de Almeida, que morreu há 40 anos. Encravada no bairro do Pacaembu, em São Paulo, a casa conserva todos os móveis, os objetos pessoais, os quadros e a biblioteca do escritor, constituindo uma espécie de museu em miniatura do modernismo. Essa visita guiada teve como cicerones os poetas Marcelo Tápia, diretor da Casa Guilherme de Almeida, e Paulo Bomfim, que foi amigo pessoal do autor de A Frauta que Eu Perdi e Meu. GREGÓRIO BACIC. A gente conversou com o cineasta, autor de um dos mais cultuados documentários brasileiros – Retrato de Classe – e diretor e criador (com o ator Antonio Abujamra) do Provocações, polêmico programa de entrevistas da TV Cultura. Gregório Bacic acaba de publicar seu segundo livro de contos, Olhares Plausíveis, com narrativas irônicas, que mostram o absurdo das relações sociais contemporâneas, marcadas pela tecnologia e pela artificialidade.

  • 09:00MORDE A LÍNGUA

    MORDE A LÍNGUA - 02 - TINHA UMA IRMÃ NO MEIO DO CAMINHO

    No episódio de hoje, veremos as diferentes formas de intertextualidade em textos verbais e não verbais, como citação, paráfrase e paródia. Não percam as aventuras de Deíco e Ruiva nessa jornada do aprendizado.

  • 09:15SE LIGA NA CIÊNCIA

    REPERESENTAÇÕES DA TERRA

    Os integrantes do Ciência em Show; Daniel, Gerson e Wilson demonstram como fazer uma experiência que comprova que a Terra é esférica.

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    ILAN BRENMAN - LIVROS INFANTIS (02/07)

    A IMPORTÂNCIA DA LITERATURA INFANTIL NO DESENVOLVIMENTO DAS CRIANÇAS DESDE BEBÊS FOI DISCUTIDO PELO ESCRITOR ILAN BRENMAN E PELA PSICOPEDAGOGA MARIA JOSÉ SALATINO DE ASSIS. ELE, TAMBÉM DOUTOR EM EDUCAÇÃO, JÁ PUBLICOU MAIS 60 TÍTULOS PARA ESSE PÚBLICO. ELA DESENVOLVE, COMO COORDENADORA PEDAGÓGICA DA EMEI SGTO MAX WOLF FILHO, O PROJETO "LER É SEMPRE UM PRAZER", QUE ENVOLVE ALUNOS, PAIS, PROFESSORES E AUTORES. AMBOS CONVERSARAM COM CÁSSIA GODOY.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    PUERICULTURA

    Puericultura é o atendimento que o médico pediatra faz com a criança desde o nascimento até os 19 anos incompletos. Tem a vantagem de acompanhar o crescimento e desenvolvimento das crianças. Orientar vacina, prevenção de acidentes. Com isto evitamos que as crianças adoeçam, lembrando que cada vez mais nós sabemos que as doenças dos adultos começam na infância. E se o pediatra puder acompanhar adequadamente estas crianças ao longo da vida ele vai dar uma qualidade de vida melhor pra estas crianças vai prevenir muitas doenças, muitas questões que vão deixar as famílias apreensivas. Você sabe de quanto em quanto tempo deve levar a criança ao pediatra? A criança pode ser atendida só no pronto-socorro? Neste documentário educativo vamos falar de mitos e dar dicas para a promoção da saúde da criança. O nascimento de um filho é um acontecimento importante na vida. E promover seu crescimento e desenvolvimento saudável requer atenção e cuidados especiais. Vamos falar do que acontece nas consultas pediátricas de puericultura onde são observados alguns aspectos importantes em relação a saúde da criança, tais como; • Alimentação e Nutrição • Cuidados Iniciais • Desenvolvimento/Crescimento • Prevenção de doenças O educativo conta com a participação de profissionais de referência na área médica da Sociedade Brasileira de Pediatria.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    14 - RECEITE UMA HISTÓRIA

    A leitura e a contação de histórias como alguns dos principais estímulos para o desenvolvimento de habilidades como raciocinar, expressar-se, falar e conviver. Clarisse Lopes, fonoaudióloga do Centro Municipal de Saúde Américo Veloso, Cristina Porto, pesquisadora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância (Ciespi), e Nazareth Salutto, professora do curso de especialização em Educação Infantil da PUC-Rio, conversam sobre a contação de histórias em uma unidade de saúde.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 8 - MUSEU DO FUTEBOL E FÁBRICA DE CULTURA BRASILÂNDIA

    Neste episódio os apresentadores invadem um dos territórios culturais mais procurados pelos moradores da cidade de São Paulo e também por quem está aqui em visita: O Museu do Futebol. E para completar o programa, nossa dupla vai até a Fábrica de Cultura da Vila Brasilândia, onde se reúne jovens dos mais ativos e militantes nos novos ritmos musicais de São Paulo. Futebol e música, duas paixões nacionais num mesmo Território Cultural.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    COURO NO RIO GRANDE DO SUL

    A ARTE E O OFICIO DO TRABALHO COM O COURO,E ORIGINARIA DA TRADICAO ALEMA NO ESTADO E FOI ESTIMULADA PELA ABUNDANCIA DE MATERIA PRIMA.O PROGRAMA APRESENTA VARIOS ESTAGIOS DA PRODU- CAO ARTESANAL EM COURO,PROCESSO QUE COMECA COM O TRATAMENTO DADO NO CURTUME. VARIOS ARTESAOS E SUAS VARIAS TECNICAS E PRODUTOS SAO MOSTRA DOS COMO OS TRABALHADOS BRASOES DE FAMILIA,FEITOS COM PIRO - GRAVURA E PINTURA NO COURO.OSTROS OBJETOS TIPICOS DA CULTURA GAUCHA FEITOS DE COURO SAO OS ARTIGOS DE MONTARIA,CUIAS DE CHIMARAO,ALEM DE BOLSAS,CARTEIRAS,CINTOS,CAPAS DE AGENDA E M MOVEIS.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 20

  • 12:30MANOS E MINAS III

    DJONGA

    No palco do Manos e Minas, Djonga. Aos 24 anos, uma das grandes revelações do rap nacional e também um dos nomes mais influentes da cena. Djonga vem mostrar o repertório do seu novo trabalho “Ladrão”. O rapper mineiro vem sendo elogiado por músicos de vários estilos e conquistando públicos muito diferentes. Djonga conta como a paternidade influenciou suas novas composições; fala sobre as diferenças entre a vida na favela e no asfalto e sobre racismo, dois temas bastante presentes em suas letras. Representando a cena dos slams, diretamente da Bahia, Lara Nunes. Matérias: - dica de um dos livros de cabeceira da Joice Berth, que é arquiteta, escritora e ativista.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 10/09/2018 - ANALFABETISMO FUNCIONAL

    HOJE FALAMOS SOBRE O ANALFABETISMO NO PAÍS./ COM A GENTE, A PROFESSORA MARIA CLARA DI PIERRO./ E O COORDENADOR-EXECUTIVO DA ONG AÇÃO EDUCATIVA, ROBERTO CATELLI.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 37

    PGM 37 - 05/01/12 VT ABRE/JOGO DA VERDADE com última entrevista Elis Regina - 05/01/1982 Entrevista Salomão Esper À PEDIDO/ELIS Bastidores de Show c/ Elis Regina de 1973 VT OFICIO CHAPELEIRO VT TOY ARTS VT ENCERRA A PEDIDO DAVID BOWIE

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    ARTE E NUMEROS

    ESTE PROGRAMA TRACA UMA LINHA CRONOLOGICA DO HOMEM PRIMITIVO ,PASSANDO PELA IDADE MEDIA E CHEGANDO AO RENASCIMENTO NA AR- TE E NA MATEMATICA.DE UM LADO,A SUBSTITUICAO DAS REPRESENTA- COES SIMBOLICAS LIGADAS AO RITUALISMO MAGICO OU A FE CRISTA E DO OUTRO, O CAMINHO QUE VAI DO SENSO NUMERICO PRIMITIVO AS TECNICAS DE CALCULO QUE GEROU A MATEMATICA DEMOCRATICA DOS ALGARISMOS HINDU-ARABICOS MUNDIALMENTE CONHECIDOS.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MÃES DE UTI

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 17 BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR III - 25/09/2018

    VAMOS CONVERSAR SOBRE A NOVA BASE NACIONAL COMUM CURRICULAR E O USO DA TECNOLOGIA NAS ESCOLAS. NOSSA CONVIDADA DESTA NOITE É MARIA HELENA GUIMARÃES DE CASTRO, SOCIÓLOGA, FOI PRESIDENTE DO INEP, SECRETÁRIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO DE SÃO PAULO E SECRETÁRIA EXECUTIVA DO MEC.// ATUALMENTE, MARIA HELENA É MEMBRO DO CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO.

  • 15:30DOC TV II

    VILA BELA: TERRA DE COLORES (MT)

    “Vila Bela Terra de Colores" resgata fatos históricos e culturais da primeira capital do Estado, Vila Bela da Santíssima Trindade – situada no extremo-oeste (Vale do Guaporé) fazendo divisa com a Bolívia. As histórias são narradas por quatro moradores da cidade: Zeferino, Nemézia, Bia e Acildo, iniciando com a fundação da cidade no século XVIII com a chegada dos negros, o surgimento da heroína Teresa de Benguela, a visita da Expedição Langsdorff, chegando até os dias de hoje, com Festa do Congo, a Dança do Chorado, o Kanijijn, entre outros. Vila Bela surgiu devido a uma estratégia militar da Coroa Portuguesa para conquistar o território pertencente ä Espanha. Planejada em Portugal, é tida como a Brasília do século XVIII e foi construída com toda grandiosidade da aristocracia portuguesa, na intenção de reproduzir o luxo e suntuosidade de suas cidades. Vila Bela é um lugar único! Está situada entre 3 ecossistemas: Cerrado, Pantanal e Floresta Amazônica, revelando um curioso contraste: No meio da mata, uma cidade com ruas planas e largas, casarões imponentes, casa de ópera e uma igreja matriz gigantesca (a mais famosa ruína de Vila Bela).Até sua história escravocrata é diferente: ao mesmo tempo que havia escravos provenientes de várias regiões do Brasil e da África, que sofriam as piores humilhações – o que fez surgir o Quilombo do Quariterê/Piolho, liderado por Teresa de Benguela -, havia os negros “com habilidades especiais” que não podiam sofrer nenhum tipo de castigo e tinham um tratamento especial na sociedade .

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) TERÇA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 32 - MUSEU DE ARTE SACRA E CORDEL

    No Museu de Arte Sacra de São Paulo a tradição e as nossas origens se encontram. A construção localiza em um período colonial no centro da cidade traz ainda uma das coleções de presépio mais famosas do país. E como o assunto é tradição, neste episódio Felipe e Tuti visitam também o IEB, Instituto de Estudos Brasileiros. Lá fazem uma viagem fascinante pelo mundo do cordel, uma das manifestações artísticas mais genuínas do povo nordestino.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    HISTÓRIA 17 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula veremos que o movimento abolicionista cresceu muito durante o século XIX. Um passo importante para o fim da escravidão foi a extinção do tráfico negreiro, em 1850. O movimento abolicionista foi se espalhando e conseguindo cada vez mais simpatizantes. Os negros desempenharam um papel fundamental na luta pela abolição. Em 1887, as fugas de escravos se generalizaram nas novas áreas do café e o exército se recusou a capturar os fugidos. Em 13 de maio de 1888, quando, finalmente, a Princesa Isabel assinou a Lei Áurea, praticamente já não havia mais escravos no Brasil. E foi assim que, pela primeira vez na nossa história, todos os nascidos no Brasil se tornaram cidadãos brasileiros perante a lei.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    GEOGRAFIA 17 (MOD.3 - MÉDIO)

    Na teleaula 17 você aprenderá o que são sistemas ecológicos, ecossistemas e geossistemas. Verá que sistemas ecológicos são subconjuntos da biosfera e os geossistemas são unidades de estudo geográfico que relacionam os componentes naturais e sociais das diferentes paisagens. Além de perceber que as cidades são centros de inovações.

  • 17:30CURSOS LIVRES: VISÕES DO BRASIL, SÉCULO 19

    FOTOGRAFIA, TESTEMUNHO E FICÇÃO

  • 18:30A ÚLTIMA PLANTA VIVA

    A ÚLTIMA PLANTA VIVA 02

    PARA ALIMENTAR O MUNDO, OS MESMOS PRODUTOS BASICOS ESTAO SEN DO CULTIVADOS EM TODOS OS CONTINENTES:ARROZ,TRIGO,BATATA E MILHO.SE ESSES PRODUTOS FALHASSEM, TERIAMOS UM PROBLEMA GRA- VE.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    ARACY BALABANIAN

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    QUINCAS BORBA 2

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    VICENTE DE CARVALHO - O POETA DO MAR

    ACOMPANHANDO UM GRUPO DE ESTUDANTES EM UMA VIAGEM PARA BERTIOGA, O PROGRAMA CABARET LITERÁRIO CONTA A VIDA E A OBRA DE VICENTE DE CARVALHO, O POETA DO MAR.

  • 21:52CULTURA É CURRÍCULO

    CEUMA - CENTRO UNIVERSITÁRIO MARIA ANTÔNIA

  • 22:00BALANÇO DO SÉCULO XX, PARADIGMAS DO SÉCULO XXI

    O PAPEL DA MÍDIA NA SOCIEDADE DIGITAL

    Com as novas formas de comunicação como a internet, a informação não precisa dos jornalistas para circular. Neste programa, Eugênio Bucci discute o papel dos jornalistas nesse novo ambiente, analisando o que há de específico e especial nesta profissão, e como ela pode enriquecer a informação que já está em circulação. Palestrante: Eugenio Bucci, jornalista, crítico de televisão, presidente da Radiobrás e autor do livro “Brasil em Tempo de TV”.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 19/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    HOLANDA: A MULHER QUE VEIO DE LONGE

    Neste programa, histórias de mulheres que começaram a trabalhar cedo, e vencendo discriminações, hoje são grandes empresárias. É mostado também, o dia a dia dessas mulheres, tanto profissionalmente quanto familiar, com relatos de fatos ocorridos.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 67 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 67 você aprenderá que, quando duas equações do primeiro grau estão ligadas pelo conectivo "e", elas formam um sistema chamado de “sistema de equações do primeiro grau”. Além disso, verá que ele é sempre representado agrupando as equações com uma chave e que existem diversos métodos para resolvê-lo.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    TEATRO 3

    Na teleaula de número 03 veremos que fazer teatro é uma profissão. Conheceremos grupos teatrais que interpretavam baseados na improvisação, como a Commedia dell’arte. Veremos que o nacionalismo se tornou um dos temas do teatro, porta-voz do sentimento de nações que se formavam na Europa. Fazer teatro se transformou em atividade profissional. Todos esses fatores contribuíram para o surgimento dos maiores autores do teatro ocidental: Shakespeare e Molière.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 06

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    SOLIDARIEDADE *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu e Mano têm uma tarefa difícil pela frente: fazer um trabalho pra escola sobre solidariedade. Decididos a produzir algo diferente e autêntico, os amigos acabam convencendo a mãe de Cadu a ajudá-los a colocar em prática um super projeto de distribuição de livros para pessoas carentes nos semáforos. Neste episódio, são apresentados os quadros: Fala Aí: Mano na câmera e Cadu no microfone perguntam para alunos de escolas públicas: o que é solidariedade? Pílula do Saber: Biblioteca – a origem da palavra biblioteca, curiosidades sobre a biblioteca de Alexandria e a história da primeira biblioteca do Brasil. Pílula do Saber: Palmas: ‘Cauby Peixoto’ explica como surgiu a tradição de pater palmas após uma apresentação. Viver e Aprender: Uma emocionante matéria sobre Kcal Gomes, um agitador cultural de Recife que montou sozinho uma biblioteca para sua comunidade, na periferia da cidade. TV do Cadu: Um decisivo Quis Show com Maria da Conceição, mãe de Cadu. O prêmio, no entanto, será uma surpresa pra ela: ajudar o filho no trabalho de escola sobre solidariedade. Como se Faz: fomos até uma gráfica para mostrar com detalhes todas as etapas no processo de confecção de um livro. Grande Reportagem: uma super reportagem com o jornalista Rodrigo Ratier, que fala de sua iniciativa de distribuir livros para jovens carentes nos faróis, ambulantes e moradores de rua.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 170

    ANNE ENRIGHT. O Entrelinhas mostra entrevista feita durante a Flip, onde a escritora irlandesa participou da mesa “Segredos de Família” com o norte-americano James Salter. Vencedora do Man Booker Prize de 2007 com o romance O Encontro, Anne Enright falou de suas obras e da importância da prosa da Irlanda para a moderna literatura de língua inglesa. CASA GUILHERME DE ALMEIDA. O programa faz um passeio pela casa do poeta Guilherme de Almeida, que morreu há 40 anos. Encravada no bairro do Pacaembu, em São Paulo, a casa conserva todos os móveis, os objetos pessoais, os quadros e a biblioteca do escritor, constituindo uma espécie de museu em miniatura do modernismo. Essa visita guiada teve como cicerones os poetas Marcelo Tápia, diretor da Casa Guilherme de Almeida, e Paulo Bomfim, que foi amigo pessoal do autor de A Frauta que Eu Perdi e Meu. GREGÓRIO BACIC. A gente conversou com o cineasta, autor de um dos mais cultuados documentários brasileiros – Retrato de Classe – e diretor e criador (com o ator Antonio Abujamra) do Provocações, polêmico programa de entrevistas da TV Cultura. Gregório Bacic acaba de publicar seu segundo livro de contos, Olhares Plausíveis, com narrativas irônicas, que mostram o absurdo das relações sociais contemporâneas, marcadas pela tecnologia e pela artificialidade.

  • 09:00MORDE A LÍNGUA

    MORDE A LÍNGUA - 03 - O PULSO AINDA PULSA

    No episódio de hoje, veremos os diferentes gêneros textuais e a interpretação de texto. Os componentes de um texto e as etapas do processo de leitura de bulas, cardápios, folhetos de propaganda, matérias de jornais e poemas. Não percam as aventuras de Deíco e Ruiva nessa jornada do aprendizado.

  • 09:15SE LIGA NA CIÊNCIA

    QUEM PROCURA ACHA!

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    MARINA M. SOUZA E RAQUEL RUA BAKKE - HISTÓRIA DA ÁFRICA/CULTURA AFRO-BRASILEIRA (20/11)

    1º BLOCO -- HISTÓRIA DA ÁFRICA / MARINA DE MELLO E SOUZA EDERSON GRANETTO ENTREVISTA A HISTORIADORA MARINA DE MELLO E SOUZA, DO DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO, SOBRE A INCLUSÃO NO CURRÍCULO DAS ESCOLAS BRASILEIRAS DO ENSINO DA CULTURA E DA HISTÓRIA AFRO-BRASILEIRA. EM 2003, A LEI DE DIRETRIZES E BASES DA EDUCAÇÃO FOI ALTERADA PARA DETERMINAR ESSA INCLUSÃO, PRIVILEGIANDO A HISTÓRIA DA ÁFRICA E DOS AFRICANOS, A VIDA DOS NEGROS NO BRASIL, A CULTURA NEGRA BRASILEIRA E O NEGRO NA FORMAÇÃO DA SOCIEDADE NACIONAL. 2º BLOCO -- CULTURA AFRO-BRASILEIRA / RACHEL RUA BAKKE. EDERSON GRANETTO ENTREVISTA A ANTROPÓLOGA RACHEL RUA BAKKE SOBRE O ENSINO DA CULTURA AFRO-BRASILEIRA NAS ESCOLAS E SOBRE AS DIFICULDADES ENFRENTADAS PELOS PROFESSORES AO TRATAR DO TEMA.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    ALEITAMENTO MATERNO 2014

    O Aleitamento Materno para muitos sempre foi considerado um ato natural da mãe com objetivo de nutrir o bebê. A cada dia mais estudos comprovam, que o Aleitamento Materno é muito mais que um ato de nutrição. Neste educativo vamos entender um pouco mais sobre os benefícios do Aleitamento Materno e sua importância para a sociedade. Além da questão de saúde pública o Aleitamento Materno é,também,um ato social e de cidadania. Trás benefícios para a mulher e o bebê. O educativo conta com a participação de profissionais de referência na área médica da Sociedade de Pediatria de SP.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    15 - DIVERSIDADE E SAÚDE

    A diversidade como potência, a garantia de direitos e a dificuldade em lidar com o diferente. No estúdio, José Marmo da Silva, dentista e coordenador da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde, Livia Rodrigues Pereira, psicóloga na SMS-Rio, e Lilia Martins, coordenadora de Desenvolvimento Humano do Centro de Vida Independente (CVI-Rio), falam sobre a importância da escuta, da convivência e do encontro.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 5 - MUSEU AFRO BRASIL E BAQUE ATITUDE

    No episódio de hoje os apresentadores de Territórios Culturais, Felipe Gaia e Tuti Muller, invadem o Museu Afro e desvendam as muitas exposições –temporárias e permanentes – do lugar. Ainda no Museu Afro, a dupla conhece de perto a ação do Baque Atitude, coletivo da região formado por jovens de comunidades e que realiza – no museu – intervenções a partir dos ritmos brasileiros.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    FIBRA NO PARANA

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 21

    Convidados: Professor Paquale Cipro Neto e linguista Maria Helena de Moura Neves No ar: 20/08 O polêmico Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, que entrou em vigor em 2009, é a mais recente tentativa de unificar a ortografia oficial dos países lusófonos. Proposto em 1990, durante encontro entre a Academia Brasileira de Letras e a Academia de Ciências de Lisboa coordenado pelo linguista brasileiro Antonio Houaiss, o Acordo deveria valer a partir de 1994, mas divergências entre os integrantes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa adiaram sua assinatura. O Acordo entra agora numa fase de transição que deverá ser concluída em 2012 – mas, ao menos no Brasil, já foi adotado em livros didáticos, dicionários, periódicos e editoras. Com o objetivo de simplificar e uniformizar a uso da língua, o Acordo tem como pano de fundo uma disputa simbólica pela hegemonia sobre o português. Qual país é mais determinante no estabelecimento de um padrão ortográfico: o Brasil, maior país lusófono, ou Portugal, cujo papel histórico como metrópole colonial ainda determina a língua escrita em países como Moçambique, Angola e Cabo Verde? Seguem os tópicos que foram desenvolvidos: As perguntas quando não mencionadas quem fez ou foi o Manuel (apresentador) ou a platéia: PERGUNTAS BLOCO 1 • Como e por que surgiu a idéia do Acordo? • Quais as principais mudanças? • Em comparação com outras reformas ortográficas, as mudanças são mais ou menos profundas? • Existem casos semelhantes em outras línguas? Inglês e espanhol, que são línguas faladas em diversos países, têm ortografia uniforme? PERGUNTAS BLOCO 2 • Por que o padrão brasileiro parece prevalecer, em vez do padrão de Portugal, que afinal é a matriz da língua? • Qual a reação dos portugueses? É uma reação política, simbólica? • Existem interesses econômicos ou geopolíticos por trás do Acordo? Interessa às editoras unificar os mercados (embora o vocabulário e as expressões locais continuem sendo diferentes)? PERGUNTA DE LUIZ COSTA PEREIRA JUNIOR, editor da revista Língua Portuguesa, sobre “simplificação”. • O Acordo altera apenas a ortografia ou também traz mudanças na sintaxe? • Que impacto o Acordo terá sobre a língua falada? • O Acordo pode prejudicar o aprendizado da língua, principalmente por estrangeiros? (citar exemplo do fim do trema) • Com o fim do trema e dos acentos diferenciais, não acaba a correspondência fonética bastante grande que havia entre o português falado e o escrito? PERGUNTAS BLOCO 3 • Quantos países formam o mundo lusófono? • Historicamente, qual o padrão adotado pelos países lusófonos de África e Ásia: a ortografia de Portugal ou do Brasil? • Recentemente surgiu a notícia de que a região da Galícia, na Espanha, discute a possibilidade de aderir ao Acordo (eles chegaram a enviar observadores às reuniões). Como isso é possível se eles falam outra língua, o galego? • Qual a diferença entre uma língua e um dialeto? Existem dialetos no mundo lusófono, como existe, por exemplo, na Itália? PERGUNTAS BLOCO 4 PERGUNTA DE LUIZ COSTA PEREIRA JUNIOR, editor da revista Língua Portuguesa, sobre “hífen”. • A pergunta do Luiz contém uma outra questão: em que medida o mau uso da língua representa um estigma social? A simplificação tem o sentido de tornar a ortografia mais acessível, “democrática”? • Existe o risco de o Acordo não vingar? • Uma curiosidade: o texto do próprio Acordo é escrito dentro do novo padrão ortográfico? • O que não mudou mas vocês acham que deveria ter mudado?

  • 12:30MANOS E MINAS III

    ESPECIAL CONSCIÊNCIA NEGRA (2018)

    Neste programa o Manos e Minas celebra o dia da Consciência Negra. Representando a cena dos slams, Michel Cena 7. Matérias: - Nosso videorreporter Rodney Suguita foi ao Quilombo Ivaporunduva, uma das mais antigas comunidades do Vale do Ribeira.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 20/11/2018 - CONSCIÊNCIA NEGRA

    HOJE É O DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA, QUE MARCA A MORTE DE ZUMBI DOS PALMARES, UM DOS PIONEIROS NA RESISTÊNCIA CONTRA A ESCRAVIDÃO NO BRASIL./ VAMOS APROVEITAR A DATA PARA FALAR SOBRE NEGRITUDE, A VALORIZAÇÃO DA RIQUEZA CULTURAL DA ETNIA. HOJE FALAMOS SOBRE NEGRITUDE./ COM A GENTE, A JORNALISTA MAITÊ FREITAS./ A PRODUTORA DE CONTEÚDO DIGITAL NÁTALY NERI./ E O HISTORIADOR SALLOMA SALOMÃO.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 38

    PGM 38 - 12/01/12 VT Abre/ Inezita Barroso (entrevista sobre cinema e Viola Minha Viola) RECLAME - praia Matte Leão VT BIQUINI VERAO - Documentário "Memórias de Eva" - 1963 A PEDIDO - Pgm Matéria Prima - 13/08/1990 VT Encerra Musical Inezita Musica Brasileira - 1969

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    O ARTISTA E O MATEMATICO

    ESTE PROGRAMA FALA DA RECENTE SEPARACAO ENTRE ARTISTA E MA - TEMATICO, TOMANDO COMO EXEMPLO LEONARDO DA VINCI.COMENTA OS CASAMENTOS MAIS DIRETOS DESSAS DUAS AREAS ATRAVES DE DOIS EXEMPLOS BASTANTE DISTINTOS:A ARQUITETURA (TRADICIONALMENTE LIGADA A MATEMATICA ATRAVES DA FIGURA DO CALCULISTA) E A AR- TE CONCRETA QUE BUSCAVA UMA EXPRESSAO DIRETAMENTE LILGADA A RAZAO MATEMATICA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    GAGUEIRA INFANTIL

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 18 ENSINO TÉCNICO - 27/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE OS CURSOS TÉCNICOS. PARA MUITOS ESTUDANTES, ELES SÃO O PASSAPORTE PARA UMA NOVA PROFISSÃO E UM EMPREGO MELHOR. MAS SERÁ QUE VALE A PENA? PARA FALAR SOBRE ESSE ASSUNTO, NOSSO CONVIDADO É ALMÉRIO MELQUÍADES DE ARAÚJO - COORDENADOR DO ENSINO MÉDIO E TÉCNICO DO CENTRO PAULA SOUZA.

  • 15:30DOC TV II

    REIS NEGROS (MG)

    Desde a época do lendário Chico Rei, um dos primeiros negros a desfilar como rei, de coroa e cortejo, pelas ruas de uma cidade brasileira (Ouro Preto), o Congado vem se afirmando como uma das mais firmes tradições populares de Minas Gerais, e uma das principais manifestações da cultura negra (de raiz banto) no estado. Constituída por um complexo conjunto de práticas e saberes, a tradição do Congado vem sendo transmitida de forma oral, visual e corporal, de geração a geração, desde a remota África.Antes de cruzarem o Atlântico, muitos africanos já eram “do Rosário”. O sincretismo que funda o Congado, em que o arquétipo central figura-se como uma Nossa Senhora do Rosário de estreita relação com as batidas dos tambores, estabeleceu-se na África, no contato das várias etnias e nações com o cristianismo europeu. Sob a devoção à Senhora do Rosário, seguiu-se a tradição da coroa: se na África reis eram escravizados, no Brasil escravos seriam coroados. O termo Congado abrange diferentes identidades-nações - Candombe, Congo, Moçambique, Marujos, Caboclos, Catopés, Vilões -, cada uma representada por vários grupos (chamados Guardas, Ternos ou Cortes), espalhados por Minas Gerais e outros estados brasileiros. Unidos pela fé à Nossa Senhora do Rosário, nas festas dedicadas a ela (a maioria no 2o semestre), grupos de todas as nações se encontram e cada um apresenta-se na sua batida própria, no seu canto, sua dança e sua roupa característicos, atrás da bandeira do santo de que são devotos (depois da Senhora do Rosário, prevalecem São Benedito, Santa Efigênia, São Jorge, São Sebastião, Senhora das Mercês e Divino Espírito Santo). Dentre os mais de 3 mil grupos de congado em Minas, são poucos o que têm o Reinado “de tradição”, profundamente religioso, que traz em seus “tronos coroados” Reis e Rainhas perpétuos que representam santos na terra (além de “reis de promessa” e “reis de ano”). Normalmente, esses Reinados pertencem às nações africanas (Congo, Moçambique e Candombe), o que indica a sua origem na coroação dos reis negros à época da escravatura.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) QUARTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 5 - MUSEU AFRO BRASIL E BAQUE ATITUDE

    No episódio de hoje os apresentadores de Territórios Culturais, Felipe Gaia e Tuti Muller, invadem o Museu Afro e desvendam as muitas exposições –temporárias e permanentes – do lugar. Ainda no Museu Afro, a dupla conhece de perto a ação do Baque Atitude, coletivo da região formado por jovens de comunidades e que realiza – no museu – intervenções a partir dos ritmos brasileiros.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    MATEMÁTICA 67 (MOD.2 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 67 você aprenderá que, quando duas equações do primeiro grau estão ligadas pelo conectivo "e", elas formam um sistema chamado de “sistema de equações do primeiro grau”. Além disso, verá que ele é sempre representado agrupando as equações com uma chave e que existem diversos métodos para resolvê-lo.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    TEATRO 3

    Na teleaula de número 03 veremos que fazer teatro é uma profissão. Conheceremos grupos teatrais que interpretavam baseados na improvisação, como a Commedia dell’arte. Veremos que o nacionalismo se tornou um dos temas do teatro, porta-voz do sentimento de nações que se formavam na Europa. Fazer teatro se transformou em atividade profissional. Todos esses fatores contribuíram para o surgimento dos maiores autores do teatro ocidental: Shakespeare e Molière.

  • 17:30CURSOS LIVRES: VISÕES DO BRASIL, SÉCULO 19

    ARTISTAS VIAJANTES: UMA TRADUÇÃO DOS TRÓPICOS

    UMA TRADUÇÃO DOS TRÓPICOS FAZ PARTE DO CICLO DE CONFERÊNCIAS: "ARTES VISUAIS NO BRASIL DO SÉCULO XIX" (8 AULAS REALIZADAS PELO INSTITUTO DE ESTUDOS BRASILEIROS DA USP EM OUTUBRO E NOVEMBRO DE 2010).

  • 18:30CAMPUS EM AÇÃO 2019

    TERRITÓRIO POLÍTICO - A FORÇA DA AÇÃO COLETIVA (METODISTA) + ANE (SÃO JUDAS TADEU)

    Neste programa, Aline Jones e Eduardo Guimarães apresentam os vídeos "Território Político - A Força da Ação Coletiva", produzido por alunos do curso de jornalismo da Metodista de SP e "Ane", vídeo realizado por alunos do curso de Design da Universidade São Judas Tadeu. Sobre "Território Político - A Força da Ação Coletiva": Quatro coletivos comunitários localizados na cidade de São Paulo promovem ações de mudanças e melhorias do espaço em que vivem. Suprindo as necessidades da comunidade e preenchendo a lacuna que o Estado deixa no território. Exemplificando a participação cidadã na política por meio dessas ações, o documentário tem como propósito mostrar que a política não se restringe apenas às eleições, aproximando o assunto para o cotidiano das pessoas. Ano de produção: 2018 Sobre "Ane": Em sua casa, Hugo que sofre de ansiedade, prepara-se para encontrar com sua amiga Ane, no restaurante os amigos que estavam conversando, são surpreendidos com a chegada de Paulo, namorado de Ane. Incomodado com a chegada de Paulo, Hugo deixa o lugar correndo e sobre em prédio. Quando ele está prestes a se jogar, Ane toca seu ombro fazendo com que Hugo retorne à realidade, pois tudo aquilo havia acontecido apenas em sua mente. Ano de produção: 2018

  • 19:00MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 318 - LEONARDO DA VINCI

    NA CARTA QUE ESCREVEU AO GOVERNADOR DE MILÃO, LUDOVICO SFORZA, EM 1492, PEDINDO UM EMPREGO, ELE DIZIA SER CAPAZ DE CONSTRUIR EQUIPAMENTOS MILITARES, PONTES, CANHÕES, BLINDADOS E EMBARCAÇÕES PARA A GUERRA. TAMBÉM SE CONSIDERAVA PREPARADO PARA DESENVOLVER PROJETOS DE ARQUITETURA, ENGENHARIA E ATÉ PARA O DESVIO DE CURSOS D'ÁGUA. MENCIONAVA AINDA VÁRIAS OUTRAS HABILIDADES, NA TENTATIVA DE IMPRESSIONAR SEU FUTURO PATRONO. SOMENTE NO DÉCIMO-PRIMEIRO PARÁGRAFO DA LONGA CARTA, O HOMEM QUE FICARIA CONHECIDO POR PINTAR ALGUNS DOS QUADROS MAIS FAMOSOS DA HISTÓRIA, MENCIONAVA EM APENAS DUAS LINHAS QUE TAMBÉM SABIA PINTAR. ASSIM ERA LEONARDO DA VINCI, UM DOS MAIORES GÊNIOS DA HISTÓRIA, QUE DEIXOU, ALÉM DE UM INCOMPARÁVEL LEGADO PARA AS ARTES, O EXEMPLO DE UM ESPÍRITO INQUIETO, FASCINADO PELOS MISTÉRIOS DA CIÊNCIA E DO PRÓPRIO HOMEM. NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.

  • 19:30REPERTÓRIO POPULAR

    REPERTÓRIO POPULAR - SHOW DA CONSCIÊNCIA NEGRA

    Reedição de show gravado em 1998, no Teatro Sesc Pompéia, em homenagem ao Dia da Consciência Negra, 20 de novembro. Apresentaram-se no palco de Sandra de Sá, Hyldon, Thaide e DJ Hum e Cláudio Zolli.

  • 20:30TELECONTO

    QUINCAS BORBA 3

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    MACHADO DE ASSIS

    O PROGRAMA MOSTRA PARTE DA VIDA DE MACHADO DE ASSIS, E ENFOCA TAMBÉM UM FAMOSO ROMANCE: IAIÁ GARCIA.

  • 22:00FORTISSIMO

    MISSA DOS QUILOMBOS

    O PROGRAMA APRESENTA A COREOGRAFIA MISSA DOS QUILOMBOS DO BALLET STAGIUM. INSPIRADO NO DISCO DE MILTON NASCIMENTO MISSA DOS QUILOMBOS, RETRATA A REALIDADE AFRO-BRASILEIRA.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 20/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    ESCÓCIA: MENINA BONITA

    A Grã-Bretanha tem o mais alto índice de gravidez infantil na Europa. Na Escócia, nos arredores de Edimburgo, um projeto original, com base nas escolas, oferece às mães precoces uma chance real de continuar a estudar. Essa unidade de jovens mamães é a única do tipo no país. O programa aborda as dificuldades de mães da Escócia, que tiveram seus filhos precocemente. Veremos depoimentos dessas mães, que trasmitem os sentimentos e os sofrimentos que elas tiveram que passar.

  • 00:15VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 50 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 50 você verá que, quanto maior for a massa do veículo, maior será a dificuldade em fazê-lo parar numa freada e também em fazer uma curva. Essa dificuldade em se alterar a velocidade de um veículo revela uma propriedade dos objetos chamada de inércia.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 9 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você relembrará que o gás carbônico e o monóxido de carbono são totalmente diferentes. Além disso, saberá que o oxigênio ajuda na queimas e que existe ar em todas as partes, até mesmo dentro de um copo vazio.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 07

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    SHAKESPEARE *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu e Mano precisam encenar uma peça de Shakespeare pra escola e Cadu tem uma super idéia: encenar várias peças do dramaturgo inglês em uma só! E mais: os personagens serão representados pelos professores e funcionários da escola. Os amigos só não contavam que teriam de gerenciar uma verdadeira guerra de egos entre os atores... e entre os próprios personagens! Pílulas do Saber: Romeu e Julieta - Um excêntrico Mestre Cuca prepara uma sobremesa com queijo e goiabada. Durante a preparação, ele explica por que o prato recebeu o nome de Romeu e Julieta. Pagar o Mico – Um vaidoso mico-leão-dourado explica o surgimento da expressão “pagar o mico”. TV do Cadu: Cadu comanda um caloroso debate entre os personagens de Shakespeare! Isso vai dar a maior confusão. Grande Reportagem: Cadu e Mano vão até o CPT, Centro de Pesquisas Teatrais, conversar com atores da companhia e com o diretor Antunes Filho sobre a importância da obra de Shakespeare para o teatro e literatura. Fala Aí: Mano na câmera e Cadu no microfone querem saber dos alunos de escolas de São Paulo como eles se declaram para a pessoa amada! Ser ou Não Ser: a jovem estudante Bruna Tristão, de 15 anos, cujo maior sonho é ser cantora, bate um papo esclarecedor com a incrível Paula Lima! Túnel do Tempo: resgatamos a incrível imagem do parlamento italiano, que se transformou em um verdadeiro ringue de luta livre em 1994. Um fato vergonhoso para a política daquele país.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 172

    FICÇÃO CIENTÍFICA. O Entrelinhas desvenda a ficção científica produzida por escritores brasileiros. Conversamos com Max Mallmann, Roberto Causo e Bráulio Tavares – três dos mais importantes autores de um gênero que a maior parte do público associa a clássicos como H.G. Wells e Philipp Dick ou às adaptações de seus livros para o cinema. Eles falaram sobre a tradição e as características da FC no Brasil e das narrativas que se enquadram nesse gênero escritas por Machado de Assis, Jorge Luis Borges e Guimarães Rosa. ARMANDO FREITAS FILHO. O programa destaca também um dos nossos mais importantes poetas. Com uma obra extensa e que sempre se renova, o carioca Armando Freitas Filho é normalmente identificado à “geração marginal” dos anos 70 (que inclui nomes como Ana Cristina Cesar, Cacaso e Nicolas Behr). Agora, em seu livro mais recente – Lar, – o poeta adotou um tom mais memorialístico, marcado (como diz nosso colaborador Heitor Ferraz Mello) pela “rememoração intranqüila do passado”. MODA E LITERATURA. O Entrelinhas mostra que literatura pode ter tudo a ver com a moda. O programa entrevistou Ronaldo Fraga, o estilista mineiro que levou o lirismo do poeta Carlos Drummond de Andrade e o mundo mágico de Guimarães Rosa para desfilar pelas passarelas do mundo fashion. Ele explica como a literatura serviu de inspiração para coleções reconhecidas no circuito internacional da moda.

  • 09:00MORDE A LÍNGUA

    MORDE A LÍNGUA - 04 - O POETA É UM FINGIDOR

    No episódio de hoje, veremos qual a diferença entre poesia e poema, o que é o eu lírico, as técnicas de declamação e a importância do ritmo e da musicalidade na construção de um poema. Não percam as aventuras de Deíco e Ruiva nessa jornada do aprendizado.

  • 09:15SE LIGA NA CIÊNCIA

    O TEMPO NÃO PARA!

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    FRANCISCO CORDÃO E MOZART NEVES - RELATÓRIO OCDE (24/09)

    O BRASIL AVANÇOU NOS INVESTIMENTOS PÚBLICOS EM EDUCAÇÃO NOS ÚLTIMOS ANOS, MAS O GASTO POR ALUNO AINDA É UM TERÇO DO QUE DISPENDEM OS PAÍSES DESENVOLVIDOS, COMO FINLÂNDIA, ALEMANHA E ESTADOS UNIDOS. A INFORMAÇÃO É DA OCDE, ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL RESPONSÁVEL PELO RELATÓRIO CHAMADO EDUCATION AT A GLANCE. PARA FALAR SOBRE ISSO, O PROGRAMA EDUCAÇÃO BRASILEIRA CONVIDOU OS PROFESSORES FRANCISCO APARECIDO CORDÃO (CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO) E MOZART NEVES RAMOS (INSTITUTO AYRTON SENNA).

  • 10:00SAUDE BRASIL

    USO RACIONAL DE MEDICAMENTOS

    A nossa saúde é um bem inestimável. E mantê-la requer cuidados e hábitos saudáveis. Mesmo tomando alguns cuidados estamos sujeitos a adoecer por vários fatores. Felizmente existem os medicamentos, que são produtos que ajudam a prevenir e combater diversas doenças e são grandes aliados da nossa saúde. Mas como já dizia Paracelso (médico e físico do século XVI) a diferença entre o remédio e o veneno é a dose. Apesar dos medicamentos serem aliados devemos ter cuidados com sua utilização. Por isso, neste documentário educativo vamos conhecer um pouco mais sobre as categorias dos medicamentos e seu uso racional. Os Conselhos Regionais de Farmácia trabalham nessa questão do uso racional de medicamentos, primeiro exigindo o cumprimento da lei no que diz respeito à presença do farmacêutico. Então o primeiro pressuposto para haver o uso racional de medicamentos é que não prevaleça apenas a questão comercial: o interesse da empresa que vende em vender sem se importar se a pessoa precisa usar medicamento ou não, não se pode falar em uso racional. E quem faz, justamente regula essa relação entre quem quer vender e quem quer comprar é o farmacêutico. Então, o esforço de fiscalização pra garantir a presença do farmacêutico já é a primeira contribuição dos conselhos.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    16 - MENINAS EMPODERADAS

    A importância do empoderamento das meninas para favorecer o pleno desenvolvimento de seus potenciais, as limitações impostas pela nossa sociedade e a vulnerabilidade das meninas negras. Lia Peixinho, dinamizadora do RAP da Saúde/SMS-RJ, Jaciana Melquiades, historiadora do coletivo Meninas Black Power, e Lisyanne Pereira Ribeiro, educadora do Programa Jovens Urbanos/Cieds, conversam sobre o papel da escola e dos serviços de saúde.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 10 - CONDEPHAAT - BENS TOMBADOS NO INTERIOR

    O Condephaat, Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo completa 50 anos. Hoje o nosso programa viaja para o interior de São Paulo, nas cidades de Jundiaí e Paranapiacaba. Lá, nossos apresentadores mostram que os patrimônios históricos fazem parte da construção e memória dessas e de muitas cidades do Estado.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    PALHA NO AMAZONAS

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 22

    • João, sua literatura e seu trabalho intelectual estão associados a uma trajetória de militância política, pelas minorias etc, ao passo que o Reinaldo apareceu justamente com um livro, Tanto Faz, que joga isso pro alto. Pergunta para vocês dois: a literatura pode e deve ter compromisso com a realidade? • Reinaldo: Tanto Faz surgiu no começo da abertura; havia um cansaço da política, do discurso engajado? • João: que importância teve a contracultura na sua trajetória? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Luiz Roberto Guedes para João Silvério Trevisan (rótulo GLS) • Reinaldo: no seu caso, o rótulo é o da literatura desencanada, hedonista, espontânea – mas vc é tradutor de autores importantes, como Burroughs Thomas Pynchon. Você esconde essas referências? • João: em quais livros entra a temática homoerótica em sua obra? • Reinaldo: o que mudou entre o momento em que escreveu “Tanto Faz” ou “Abacaxi” e o atual, de “Pornopopéia”? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Guedes para Reinaldo (publicidade) • João: como foi sua participação no jornal Lampião? Como surgiu? Quem editava? • Reinaldo: em Tanto Faz, a curtição do protagonista tinha um sentido eufórico, enquanto no Pornopopéia, apesar do humor, ele parece cair de modo compulsivo nessa da espiral de sexo e drogas. O prazer virou uma fissura? • João: o papel da sexualidade mudou, deixou de ser libertária para virar objeto de site de sacanagem, Big Brother, revista de celebridades etc? Pergunta Guedes para Trevisan (cinema) PERGUNTAS BLOCO 4 • João: Ana em Veneza tem como pano de fundo a questão da identidade brasileira, de uma arte brasileira: esse tema ainda é importante no Brasil? • Reinaldo: por que vc ficou tanto tempo sem escrever entre Abacaxi, de 1985, até Órbita dos caracóis, de 2003 e os contos de Umidade, de 2005? • João: Parece que seu novo livro – Rei do Cheiro – tem algo em comum com o universo do Reinaldo Moraes. Vc pode falar um pouco dele?

  • 12:30SR. BRASIL

    SR. BRASIL 552

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 14/09/2018 - PROFISSÕES TENDÊNCIAS

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 39

    PGM 39 - 19/01/2012 VT Bipartidarismo Entrevista Cláudio Lembo Reclame Comercial Banespa Ofício Luthier A Pedido Baú de Histórias VT Encerra Tom Zé

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    A ORDEM NO CAOS

    O RECONHECIMENTO DO PADRAO DENTRO DA DIVERSIDADE FOI, E AIN- DA E, A PRIMEIRA E PRINCIPAL FORMA DE MANIFESTACAO DE INTELI GENCIA.A BUSCA DA ORDEM NO CAOS, TEM SIDO A MAIS FREQUENTE EMPREITADA DO HOMEM,SEJA ELE ARTISTA OU MATEMATICO, OU NAO, NA LUTA PELA VIDA.MOSAICOS ARABES,VOLPI,FOTOS DE ANA MARIANI ,ESCHER E FAVOS DE MEL, ASSIM COMO OS PADROES DE CONTAGEM A- DOTADOS PELOS SERES HUMANOS COMO O SISTEMA DECIMAL,SAO AL - GUNS DOS TOPICOS TRATADOS NO PROGRAMA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    DISLEXIA

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 19 FORMAÇÃO DE ALUNOS 28/09/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE O DESENVOLVIMENTO DO RACIOCÍNIO LÓGICO, A APRENDIZAGEM DE CONHECIMENTOS GERAIS E OS REFLEXOS DESSA FORMAÇÃO NA VIDA PROFISSIONAL DOS ALUNOS.// NOSSO CONVIDADO É FERNANDO BOTELHO - PROFESSOR DE ECONOMIA DA USP E COLABORADOR DO MOVIMENTO "TODOS PELA EDUCAÇÃO"./ ESPERAMOS VOCÊ, CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORÁRIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//

  • 15:30DOC TV II

    O BRASIL QUE COMEÇA NO RIO (RO)

    O documentário que vem de Rondônia mostra histórias de pessoas beiradeiras, entrecortadas por outras pequenas histórias relacionadas ao rio Guaporé , retratando a diversidade cultural da fronteira do noroeste do Brasil com a Bolívia. Conta com as participações especiais do Professor-Doutor da Universidade Federal de Rondônia, Marco Antônio Domingues Teixeira , do poeta Thiago de Mello, do poeta Walter Bártolo , com trilha musical de Bado, Binho, Alkbal e do grupo Quilomboclada. O líder quilombola José Soares Neto, o “Zeca Lula” narra a vida na comunidade de Santo Antônio do Guaporé, caminhando entre afloramentos de urnas funerárias indígenas. O pequeno povoado tem o rio como único elo de ligação com a civilização e é constantemente ameaçado pelo sistema capitalista.Mas às vezes o silêncio se sobrepõe, e o mais importante é a lentidão das águas e da sua gente...Em outro trecho o ex-delegado de Pedras Negras, Ambrósio Paes, questiona o passado e o presente de uma região abandonada pelo poder público. Hoje Pedras Negras é um povoado fantasma, assombrado pelo avanço da soja, que chega já às margens da fronteira... Paes introduz hinos à celebração centenária da Festa da Coroa do Divino Espírito Santo, que congrega os homens e mulheres que vivem no lado brasileiro e no lado boliviano do rio, como Versalhes, Remanso, Surpresa, Pimenteiras, Rolim de Moura do Guaporé e Costa Marques.Com depoimentos de promesseiros e do bispo de Guajará-Mirim,Dom Geraldo Verdier, o documentário também mostra a ótica da ocupação portuguesa no século 18 com a obstinação do Capitão-General Dom Antônio Rolim de Moura que vem com ordens da Coroa para fundar Vila Bela da Santíssima Trindade, a primeira capital do Mato Grosso. O quarto governador da Capitania do Mato Grosso, Luiz Albuquerque de Mello Pereira e Cáceres edifica o Real Forte Príncipe da Beira no apogeu do período colonial.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) QUINTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 34 - APLICATIVO SEC, MAM E MAC

    O melhor de shows, exposições, teatro, dança e visitas culturais do Estado de São Paulo agora está disponível na palma da mão com o aplicativo digital lançado pela Secretaria de Cultura do Estado. Tuti e Felipe desvendam dois dos museus mais famosos de São Paulo, o MAC e o MAM, com a ajuda desse aplicativo. Territórios Culturais traz até você a tecnologia aplicada à cultura. Vale a pena conferir!

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    CIÊNCIAS 50 (MOD.1 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula 50 você verá que, quanto maior for a massa do veículo, maior será a dificuldade em fazê-lo parar numa freada e também em fazer uma curva. Essa dificuldade em se alterar a velocidade de um veículo revela uma propriedade dos objetos chamada de inércia.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    QUÍMICA 9 (MOD.3 - MÉDIO)

    Nesta teleaula você relembrará que o gás carbônico e o monóxido de carbono são totalmente diferentes. Além disso, saberá que o oxigênio ajuda na queimas e que existe ar em todas as partes, até mesmo dentro de um copo vazio.

  • 17:30CURSOS LIVRES: VISÕES DO BRASIL, SÉCULO 19

    HISTÓRIA DA CRÍTICA DE ARTE NO BRASIL

    EM SUA PALESTRA, A HISTORIADORA PAULA VERMEERSCH DESTACA FIGURAS COMO MANUEL DE ARAÚJO PORTO ALEGRE, CONSIDERADO O PATRONO DA CRÍTICA DE ARTE BRASILEIRA. OUTROS PERSONAGENS SÃO O ESCRITOR JOSÉ DE ALENCAR E O JOVEM JOAQUIM NABUCO QUE DURANTE DOIS ANOS SUSTENTARAM UMA POLÊMICA SOBRE A ESCRAVIDÃO NO BRASIL NO JORNAL "O GLOBO". A EXPRESSÃO "ESCOLA BRASILEIRA DE ARTE" , QUE APARECEU PELA PRIMEIRA VEZ NUMA EXPOSIÇÃO DA ACADEMIA IMPERIAL DE ARTES DO RIO DE JANEIRO, CAUSOU POLÊMICA ENTRE OS ARTICULISTA DO SÉCULO XIX. FATOS COMO ESTE ENVOLVERAM NOMES IMPORTANTES DA CRÍTICA DE ARTE NO BRASIL, COMO O DO JORNALISTA LUIZ GONZAGA DUQUE ESTRADA.

  • 18:30REPORTER ECO

    REPÓRTER ECO 1304

    NO REPÓRTER ECO DE HOJE, CONHEÇA A PRIMEIRA CAVERNA BRASILEIRA MAPEADA EM TRÊS DIMENSÕES PARA PESQUISAS. VOCÊ ACOMPANHA TAMBÉM O PROJETO QUE TENTA SALVAR ESPÉCIES DE MACACOS DO PAÍS. E AINDA, OS PLANOS DE DESPOLUIÇÃO DE DOIS RIOS DE SÃO PAULO. O GOVERNO DO ESTADO ANUNCIOU UM PACOTE PARA LIMPAR O PINHEIROS E O TIETÊ. O PESQUISADOR E AMBIENTALISTA ,JOSÉ PEDRO DE OLIVEIRA COSTA , COORDENA A OPERAÇÃO EM DEFESA DOS PRIMATAS. E , CIENTISTAS DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO ESCANEARAM EM 3D A CAVERNA DO DIABO, QUE GUARDA REGISTROS RAROS DO CLIMA DO PASSADO.

  • 19:00ANTÁRTICA - PORTAL DA MUDANCA CLIMÁTICA

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    RENATA PALLOTTINI

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    QUINCAS BORBA 4

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    FAGUNDES VARELLA

    O PROGRAMA TEM POR INTENÇÃO MOSTRAR A OBRA DO POETA FAGUNDES VARELLA, FAZENDO UMA LIGAÇÃO DA MESMA COM A SUA VIDA.

  • 22:00RETRATOS DE FÉ

    RETRATOS DE FÉ - 20 - UMBANDA - TEMP I

    Em Curitiba, um pai de santo, que assumiu o terreiro há apenas um ano, fala da responsabilidade de conduzir os ritos na sua comunidade. Na capital paulista, a mãe pequena da Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino, descreve origem e as diversas tradições umbandistas. Na Cachoeira do Macacu, Rio de Janeiro, e em Belo Horizonte, praticantes da tradição contam um pouco do dia-a-dia de um umbandista e sobre como a vida no terreiro os ajudou a entender as experiências espíritas que sempre aconteceram em suas vidas.

  • 22:30ROTA DA INOVAÇÃO

    MATERIAL INÉDITO 2 (VÁRIOS PAÍSES)

    TEMA: MATÉRIAS INÉDITAS 2 Na Finlândia, iremos conhecer um lar para a terceira idade, o Pukiri, que inova mantendo seus residentes ativos e criativos, produzindo inclusive os próprios alimentos que consomem. Na Alemanha, veremos a tecnologia e inovação sendo empregadas na construção de bicicletas mais eficientes, que utilizam materiais pouco usuais como o bambu. Também conheceremos uma pesquisa para despoluição de terrenos e uma pesquisa para desenvolvimento de compartimento de água para grandes aviões em vôos longos. No Brasil, uma entrevista com o empreendedor digital Bruno Picinini, criador do programa Férias Sem Fim.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 21/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    CUBA: UM OLHAR DE DENTRO SOBRE NÓS*

    ADOLESCENTES DE CAYO HUESO, UM BAIRRO DE CLASSE MÉDIA EM HAVANA, FALAM SOBRE O TÃO CONHECIDO MACHISMO DAS SOCIEDADES LATINO-AMERICANAS. ESSE MACHISMO AINDA EXISTE E MENINAS E MENINOS APRENDEM PAPÉIS TRADICIONAIS, MAS HÁ UM ACENO PARA MUDANÇAS.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 06:50VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 37 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula, a gente vai estudar a Colômbia: um país que promete ser a grande potência econômica da América Andina. Vamos ver suas principais atividades econômicas, dentro dos conjuntos naturais existentes.

  • 07:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    INGLÊS 4 (MOD.2 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 04 você recordará as frases em inglês que são usadas para contar coisas que estão acontecendo fora da rotina. Lembrará que as ações habituais são descritas no "simple present" e que, pra deixar claro que alguma coisa está acontecendo de um jeito diferente, é usado o "present continuous". Por fim, você fará um passeio pela cidade de Sydney, na Austrália.

  • 07:30ENERGIA

    ENERGIA 08

  • 08:00ALMANAQUE EDUCACAO

    EDUCAÇÃO INCLUSIVA *(VER ESCOLA 2.0 (2009))

    Cadu quebra o tornozelo ao tentar uma manobra mais radical de skate e passa a sofrer na pele as dificuldades que uma pessoa com deficiência enfrenta para frequentar lugares não adaptados. Mas como pra ele e pro Mano tudo vira assunto pro Almanaque, a dupla vai fazer um programa especial sobre inclusão. Neste episódio, são apresentados os quadros: Pílula do Saber: Corpo Humano – um cientista caricato explica as características ósseas do corpo humano. Pílula do Saber: Caixa de Pandora: a curiosa história do mito grego de Pandora. TV do Cadu: uma entrevista com Leonard Ang, brasileiro vencedor do segundo campeonato mundial de aviões de papel, que aconteceu na Áustria. Fala Aí: Mano na câmera e Cadu no microfone pedem a opinião de alunos sobre a inclusão de pessoas com deficiência na sociedade. Grande Reportagem: Cadu e Mano visitam o Instituto Rodrigo Mendes, organização sem fins lucrativos comprometida com a construção de uma sociedade inclusiva por meio da arte. Túnel do Tempo: imagens da contusão de Pelé na Copa de 1962, no Chile. A torcida acreditava que sem Pelé o Brasil não seria campeão do mundo, Mas Garrincha chamou para si a responsabilidade e se sagrou uma figura importante na conquista da copa.

  • 08:30ENTRELINHAS

    ENTRELINHAS 173

    EUCLIDES DA CUNHA. O Entrelinhas homenageia o escritor que morreu há 100 anos e vai a São José do Rio Pardo (SP), cidade em que ele escreveu Os Sertões, um dos maiores clássicos da língua portuguesa. O programa visitou sua casa (que hoje abriga um centro cultural) e a cabana em que o engenheiro Euclides da Cunha se dividia entre o trabalho de construção de uma ponte e o trabalho de reconstruir a Guerra de Canudos nas páginas de Os Sertões. REINALDO MORAES. O Entrelinhas mostra também um bate-papo com o autor do recém-lançado Pornopopéia. Um dos escritores brasileiros mais cultuados nos anos 80 a partir da publicação de Tanto faz e Abacaxi (livros em que as personagens caem na farra em Paris e Nova York, expressando o espírito de descontração do Brasil após 20 anos de ditadura), Moraes ficou quase duas décadas sem publicar, trabalhando como roteirista e tradutor. Ele fala sobre esse período de “ócio literário” (quebrado com o lançamento da novela Órbita dos caracóis e do volume de contos Umidade) e sobre seu retorno ao romance com um livro tão ambicioso quanto irreverente: P ornopopéia, uma jornada pornográfica e alucinógena pela noite paulistana.

  • 09:00MORDE A LÍNGUA

    MORDE A LÍNGUA - 05 - VLADIMIR, O SAPO, E OUTRAS HISTÓRIAS

    No episódio de hoje, veremos a definição de conto e os elementos de um texto de base narrativa. Dos contos de fadas aos contos de terror, passando pelos maiores contistas do Brasil. Não percam as aventuras de Deíco e Ruiva nessa jornada do aprendizado.

  • 09:15SE LIGA NA CIÊNCIA

    NO VAI E VEM DA ÁGUAS

  • 09:30EDUCAÇÃO BRASILEIRA

    ADRIANA BAUER - IDEB (10/09)

    NESTE PROGRAMA VOCÊ ACOMPANHA UMA CONVERSA SOBRE OS RESULTADOS DO IDEB 2013 (ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA). AS CONVIDADAS SÃO A PESQUISADORA ADRIANA BAUER (FUNDAÇÃO CARLOS CHAGAS) E AS EDUCADORAS MARIA CAROLINA JERONIMO E ANA MARIA DOS SANTOS, RESPONSÁVEIS PELA GESTÃO DA ESCOLA DR. LUÍS ARROBAS MARTINS, A MAIS BEM AVALIADA ENTRE AS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A DISCUSSÃO SE DEU SOBRE O PAPEL DA AVALIAÇÃO, O QUE ELA REVELA E COMO AS ESCOLAS LIDAM COM A PROVA BRASIL, UM DOS COMPONENTES DO ÍNDICE. OS DADOS MOSTRAM UM AVANÇO DO BRASIL NO CICLO I DO ENSINO FUNDAMENTAL E ESTAGNAÇÃO NO CICLO II E ENSINO MÉDIO.

  • 10:00SAUDE BRASIL

    ANÁLISES CLÍNICAS

    Durante muitos anos algumas doenças vitimaram milhares de pessoas, pois desconhecíamos suas origens e como se comportavam em nosso organismo. As Análises Clínicas são uma especialidade dentro da área da saúde, composta por um conjunto de exames realizados em laboratório onde se pode diagnosticar ou acompanhar a condição de saúde de um indivíduo. Existem alguns estudos que, até pouco tempo, diziam que 70% dos diagnósticos médicos são baseados em exames laboratoriais. Então, se você considerar que a população, quando necessita de auxílio médico, vai precisar de exames para concluir seu diagnóstico, as análises clínicas têm importância muito grande na saúde pública. As Análises Clínicas são um ramo antigo, que trouxe grandes benefícios à medicina, principalmente com a microscopia. Com o desenvolvimento de novas tecnologias, as Análises Clínicas também avançaram, proporcionando novas descobertas que têm contribuído para a garantia e promoção da saúde da população. Neste educativo vamos mostrar como funciona e orientar a população sobre os procedimentos ao fazer um exame.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    17 - PRÁTICAS EDUCATIVAS PROMOTORAS DE SAÚDE

    Promoção de saúde como construção crítica de cidadania e responsabilidade de todos os setores, a educação popular, o Teatro do Oprimido e outras técnicas participativas. No estúdio, Geo Brito, sociólogo e ator colegiado do Centro de Teatro do Oprimido, Dilma Cupti de Medeiros, psicóloga e coordenadora do programa Saúde na Escola da SMS-Rio, e Júlio Wong Un, médico e professor da UFF, são os convidados.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 11 - CONDEPHAAT - CONSERVATÓRIO DRAMÁTICO MUSICAL E VIRADO A PAULISTA

    CONDEPHAAT: Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico. O nome é comprido e pode assustar. Mas o que não assusta mesmo são as inúmeras obras espalhadas pela cidade conservadas por este senhor cinquentão, o CONDEPHAAT. Na verdade o CONDEPHAAT completa 50 anos de existência. Por isso Territórios Culturais e seus apresentadores vão conferir de perto o trabalho dessa importante instituição da cultura do nosso Estado.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    BORRACHA NO PARA

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 23

    PERGUNTAS BLOCO 1 • Maria Rita: Você acaba de publicar um livro sobre a depressão. Qual a importância desse distúrbio doença psíquica? Existem doenças que traduzem uma época? • Beatriz: Na hora de escrever um romance ou conto, você escolhe um assunto que seja “sintomático”? • Maria Rita: Existe hoje espaço para a intervenção intelectual de um psicanalista? A psicanálise tem repercussão? • Beatriz: A literatura, a ficção, tem algum alcance? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Olgária Matos para Maria Rita Kehl (pobreza do mundo interior) • Beatriz: Pegando carona nessa pergunta, você escreveu o argumento do filme Cronicamente Inviável, do Sergio Bianchi, que expõe o lado perverso das elites brasileiras. Onde existe “mundo interior” nessa realidade dividida entre elites preconceituosas e uma massa de pessoas oprimidas e aterrorizadas? • Maria Rita: na falta de perspectiva de transformações políticas ou econômicas efetivas, a questão ética substituiu as questões infra-estruturais,? (Lembrar Castoriadis) • Beatriz: você estreou com o romance Azul e Dura, que narra história de uma mulher de classe alta que atropela uma inválida; de onde veio essa espécie de cena inaugural da sua obra? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Olgária Matos para Beatriz (tempo da leitura) • Maria Rita: Videologias, escrito com Eugênio Bucci, é uma análise dos mecanismos ideológicos da televisão. O que mudou nos últimos anos na relação da nossa subjetividade com a mídia? • Beatriz: Em Meu Amor, você escreve contos a partir de episódios de grande repercussão como os assassinatos do menino João Helio ou de Isabela Nardoni – mas seu foco é o tratamento que esses assuntos tiveram na mídia. A violência da informação pode indignar tanto quanto a violência em si? • Maria Rita: é como é p/ vc participar desse universo midiático, televisivo? • Beatriz: Vc participou Flip e publicou em Meu Amor um conto – “Comida em Parati” – que contém críticas, ou pelo menos ironias, em relação a essa exposição do autor. Eventos como esse fazem a obra ser substituída pelo autor? PERGUNTAS BLOCO 4 • Maria Rita: quando se fala em depressão, sempre vem à tona a questão dos psicofármacos: remédios psiquiátricos são uma forma de apaziguar os conflitos? • Beatriz: Você passou do tema da culpa social em Azul e Dura, para a culpa política, em Não Falei. Como foi esse processo. A culpa é tão central quanto a depressão? Azul e Dura: "irmandade apátrida" da riqueza globalizada: o "único pecado é o fracasso", Não Falei: "Deixamos isso acontecer, acontecemos esse horror. (...) Talvez jamais alguém tenha me considerado um traidor, a não ser eu mesmo", • Maria Rita: por que o título O tempo e o cão? Vc já lidou pessoalmente com a depressão? • Beatriz: que importância teve o trabalho como editora para sua literatura?

  • 12:30BRASIL TOCA - CHORO

    BRASIL TOCA - CHORO - 01 - PIXINGUINHA

    Este programa homenageia o compositor e instrumentista Pixinguinha

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 18/09/2018 - PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO PÚBLICO

    HOJE FALAMOS SOBRE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO./ COM A GENTE, A ARQUITETA VALÉRIA ROSSI DOMINGOS, COORDENADORA DO CONSELHO DE DEFESA DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO, O CONDEPHAAT./ O TAMBÉM ARQUITETO LUIZ FERNANDO DE ALMEIDA, DIRETOR DO INSTITUTO PEDRA E EX-PRESIDENTE DO INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL, O IPHAN./ E SHEILA WALBE ORNSTEIN, PROFESSORA TITULAR DO DEPARTAMENTO DE TECNOLOGIA DA ARQUITETURA DA FACULDADE DE ARQUITETURA E URBANISMO DA USP./

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 40

    PGM 40 - 26/01/12 VT Plano Collor / Poupança - 1990 VT ENTREVISTA Zelia Cardoso de Melo VT PATINHO DE BORRACHA A PEDIDO - QUEM SABE, SABE - 1982 VT ENCERRA ORQUESTRA CEAGESP - 1970

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    SIMETRIAS

    O CONCEITO DE SIMETRIA ESTA INTIMAMENTE LIGADO AO DE EQUILI- BRIO,SEJA EM NOSSO COTIDIANO,SEJA NA MATEMATICA.ESTE PROGRA- MA MOSTRA NA PRATICA ONDE ESTE CONCEITO ESTA PRESENTE NAS O- BRAS DE PINTORES, ARQUITETOS,COMPOSITORES,ENTRE OUTROS PRO - FISSIONAIS. O PROGRAMA ANALISA A SIMETRIA NO QUADRO DE PIERO DELLA FRAN- CESCA;NA OBRA DE ALEIJADINHO;NA MATEMATICA SOB A FORMA DE E- QUACAO; E VOLTANDO AO LADO ARTISTICO, NOS TRABALHOS DE OSCAR NIEMEYER;NA MUSICA DE BACH,ARNOLD SCHOEMBERG E TAMBEM NA EM- BOLADA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    PLANTAS VENENOSAS

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 20 EDUCAÇÃO INTEGRAL - 26/09/2018

    HOJE NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS CONVERSAR SOBRE A EDUCAÇÃO INTEGRAL./ UM NOVO CONCEITO QUE NÃO TEM A VER COM TEMPO, MAS SIM COM UMA APRENDIZAGEM QUE ABRAÇA TODAS AS NECESSIDADES DO ALUNO, DA PESSOA E DO CIDADÃO./ NOSSA CONVIDADA É SIMONE ANDRÉ - GERENTE-EXECUTIVA DE EDUCAÇÃO DO INSTITUTO AYRTON SENNA.// ESPERAMOS VOCÊ CINCO PARA AS NOVE DA NOITE./ ATÉ LÁ.//

  • 15:30DOC TV II

    A PRÓXIMA REFEIÇÃO (AM)

    A Próxima Refeição narra a saga de 86 brasileiros que vivem no interior da Amazônia, na comunidade do Tambor, alto rio Jaú, onde leva-se de 6 a 8 dias para se chegar de barco a partir de Manaus. Lá não moram indios, mas cidadãos brasileiros. Crianças que vão a escola, adultos que votam e idosos que recebem aposentadoria. Brasileiros de uma cultura genuina, calcada na exploração dos recursos naturais. De um Brasil isolado, desconhecido, e único. O tema de A Próxima Refeição parte da busca quase que diária por comida, através da caça e pesca, por madeira para construir suas casas, por palha para cobri-las, pelos mais variados produtos que a natureza oferece e que garantem seu sustento e um minimo de acumulo de dinheiro. Mas sua narrativa não se detém nestas ações. Acaba-se por entrar na vida destas pessoas, em seus anseios, seus problemas, seus conflitos e alegrias, sejam eles concientes ou não. Levanta-se o paradoxo de seu modo de vida versus a auto-sustentabilidade da fonte de todas as suas riquezas, a mãe-natureza. “O que Deus dá nunca acaba”.

  • 16:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) SEXTA

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 35 - CONSERVATÓRIO DE TATUÍ

    Tatuí, no interior de São Paulo, é conhecida como a cidade mais musical do Estado. Hoje, Territórios Culturais invade Tatuí e Felipe e Tuti vão conhecer o Conservatório Dramático e Musical Doutor Carlos de Campos, um dos mais respeitados da América Latina. Lá nossa dupla conhece não só as diversas opções de especialização em diferentes campos da arte como também o trabalho de construção de instrumentos musicais, representado pelo ofício da luteria.

  • 17:00NOVO TELECURSO - ENSINO FUNDAMENTAL

    GEOGRAFIA 37 (MOD.3 - FUNDAMENTAL)

    Nesta teleaula, a gente vai estudar a Colômbia: um país que promete ser a grande potência econômica da América Andina. Vamos ver suas principais atividades econômicas, dentro dos conjuntos naturais existentes.

  • 17:15NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    INGLÊS 4 (MOD.2 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 04 você recordará as frases em inglês que são usadas para contar coisas que estão acontecendo fora da rotina. Lembrará que as ações habituais são descritas no "simple present" e que, pra deixar claro que alguma coisa está acontecendo de um jeito diferente, é usado o "present continuous". Por fim, você fará um passeio pela cidade de Sydney, na Austrália.

  • 17:30CURSOS LIVRES: VISÕES DO BRASIL, SÉCULO 19

    A PINTURA HISTÓRICA ENTRE O IMPÉRIO E A REPÚBLICA

  • 18:30A GUERRA DO MUNDO, OS SOLDADOS ESQUECIDOS DO EXÉRCITO - SÉRIE BBC

    A GUERRA DO MUNDO, OS SOLDADOS ESQUECIDOS DO EXÉRCITO - AS RAÇAS MARCIAIS

    'A Guerra do Mundo' desafia nossas percepções da Primeira Guerra Mundial com as histórias das 4 milhões de tropas e auxiliares indianos, africanos e asiáticos que lutaram e morreram ao lado de tropas europeias brancas na Frente Ocidental e em outros lugares.

  • 19:30PERSONA EM FOCO

    MARIA ADELAIDE AMARAL

    Persona em Foco é um programa de entrevistas focado nos grandes nomes da dramaturgia brasileira. São sempre dois entrevistadores ligados à dramaturgia fazendo perguntas ao convidado. A plateia e formada por alunos de teatro. O mediador do programa é Atílio Bari.

  • 20:30TELECONTO

    QUINCAS BORBA 5

  • 21:00CABARET LITERÁRIO

    JORGE DE LIMA

    O PROGRAMA TEM O OBJETIVO DE INCENTIVAR O TELESPECTADOR A LEITURA DE OBRAS DOS AUTORES APRESENTADOS. NESTE PROGRAMA É APRESENTADO O GRANDE POETA JORGE DE LIMA.

  • 22:00CAFÉ FILOSÓFICO 2019

    IDENTIDADE E DESENRAIZAMENTO

    CF 16 - Identidade e desenraizamento. Com jurandir freire costa – psicanalista O que acontece quando somos obrigados a mudar de país e conviver com uma nova língua, outros costumes e cultura, quando perdemos um emprego de muitos anos, ou não encontramos o sentido de pertencimento… São situações que nos abalam e dão uma sensação de perda de raízes, como se a própria vida, física ou moral, estivesse ameaçada. E nesta angústia podemos acionar defesas como querer eliminar o outro, idealizar um passado ou uma pessoa… reações que obscurecem a verdadeira causa dessa angústia que é o medo, a insegurança, a frustração, o abandono. Neste programa um olhar psicanalítico, os efeitos do desenraizamento na formação do ego ou da identidade pessoal.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 22/11/2019

  • 00:00MULHERES: DA RETÓRICA À REALIDADE

    LETÔNIA: EXPLORAÇÃO DE MULHERES

    O TELEFONE DO CENTRO LETÃO DE CRISE DE GÊNERO TOCA. A MULHER DO OUTRO LADO DA LINHA É UMA VÍTIMA DO TRÁFICO DE MULHERES QUE PRECISA CONTAR SUA HISTÓRIA. UMA JOVEM QUE, PROCURANDO TRABALHO NO EXTERIOR, RESPONDEU A UM ANÚNCIO OU ACEITOU UM EMPREGO DE UMA AMIGA, MAS SE VIU PRESA EM UM PAÍS ESTRANGEIRO E FORÇADA À PROSTITUIÇÃO. AS MULHERES DA LETÔNIA FORAM TRAFICADAS EM TODA A EUROPA, ATRAVÉS DA ALEMANHA, ITÁLIA, TURQUIA, ESCANDINÁVIA, BEM COMO ISRAEL E EUA. UMA JOVEM TELEFONA PARA CONTAR SOBRE SUA FUGA, COMO CRUZOU SECRETAMENTE AS FRONTEIRAS E A LONGA JORNADA QUE FEZ PARA CASA. MAS MUITAS MULHERES NUNCA VOLTAM.

  • 00:10VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 06:50VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

  • 07:00NOVO TELECURSO - ENSINO MÉDIO

    PORTUGUÊS 68 (MOD.1 - MÉDIO)

    Nesta teleaula 68 você aprenderá que o radical cida dá o sentido de matar ou destruir nas palavras formadas com ele. Além disso, verá que as expressões conotativas são aquelas que se originam através de uma associação de sentido e conhecerá mais um estilo literário, o pré-modernismo, cujos autores procuravam criticar a realidade brasileira.

  • 08:00AGROCULTURA

    AGROCULTURA - 28

    VOCÊ VAI VER NO PROGRAMA AGROCULTURA DESTA SEMANA: EXPORTADORES BRASILEIROS ACOMPANHAM COM EXPECTATIVA DESDOBRAMENTOS DA POLÍTICA EUROPEIA QUE PODEM AFETAR BALANÇA COMERCIAL. CRESCE A PRODUÇÃO DE ETANOL NO BRASIL E O DESTAQUE É O BIOCOMBUSTÍVEL FEITO A BASE DE MILHO. ALUGUEL DE ABELHAS PARA POLINIZAÇÃO GERA LUCRO E GARANTE AUMENTO DE PRODUTIVIDADE DAS LAVOURAS.

  • 08:30ENERGIA

    ENERGIA 23

  • 09:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    MOMENTO PAPO DE MÃE II - SÁBADO - 77

  • 10:00VAMOS PEDALAR III

    VAMOS PEDALAR III - 15

    No programa de hoje vamos concluir a entrevista com o gerente de marketing da Michelin, Daniel D’Almeida, sobre as novas tecnologias de desenvolvimento de pneus para bicicletas. Também o nosso técnico especializado, Mário Canna, da Ciclo Urbano, nos ensina como trocar os guidões. No segundo bloco, vamos falar com o Sócio Fundador da Courrierios Vitor Castello Branco e Ciclista entregador César Paulineo, que conta o que o motivou a fundar o serviço de bike courrier e suas expectativas no mercado. E neste mesmo bloco vamos conhecer a Associação Aliança Bike, através do Marcelo Maciel que é o presidente, o coordenador de projetos Daniel Guth e o Senhor Roberto Alleguini Junior. No ultimo bloco, vamos conhecer os treinadores Hélio e Elias Souza, juntos treinaram vários campões de bicicleta e contam como foi o processo de serem atletas a treinadores.

  • 10:30AQUELA CONVERSA

    18 - ESPIRITUALIDADE NA SAÚDE

    O impacto da espiritualidade na saúde e na qualidade de vida e o respeito à diversidade religiosa são alguns dos assuntos debatidos por Anderson Nunes, psicólogo no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho/UFRJ; Michel Robim, terapeuta comunitário, ator e dançarino; e Alcio Braz, psiquiatra e monge budista.

  • 10:45TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 12 - MUSEU DA CASA BRASILEIRA / MIS / MUBE

    Localizados numa região privilegiada de São Paulo, próximo a Avenida Faria Lima, no seu entorno encontramos três museus que fazem parte do nosso imenso território Cultural: O MIS, Museu da Imagem e do Som; o MUBE, Museu Brasileiro da Escultura e o Museu da Casa Brasileira. Neste programa os apresentadores Felipe e Tuti invadem esse territórios culturais e mostram ao telespectador o motivo de todo o sucesso desse trio de cultura junto ao público de São Paulo.

  • 11:00MESTRES DE OFICIO

    ARTE PLUMARIA NO MATO GROSSO

    A ARTE PLUMARIA REALIZADA PELAS TRIBOS DO MATO GROSSO DESTA- CAM-SE DAS DEMAIS DO PAIS COMO UMA DAS MAIS BELAS. OS INDIOS MOSTRAM COMO REALIZAM AS PECAS ASSIM COMO SUA UTI- LIZACAO NOS RITUAIS DA TRIBO. OS COMERCIANTES DESTE TIPO DE ARTESANATO,ABORDAM O MERCADO DE VENDA DAS PECAS,QUE E PRINCIPALMENTE DESTINADO AOS ESTRAN GEIROS.

  • 11:30LETRA LIVRE

    LETRA LIVRE 24

    Sinopse PGM 24 Convidados: Psicanalista e ensaísta Renato Mezan e professora de literatura Cleusa Rios P. Passos Tema: No ano em que se comemora os 70 anos de morte de Freud (23/09) o Letra Livre discute a relação entre literatura e psicanálise. No ar: 08 de outubro Cleusa Rios P. Passos Ensaísta e professora do Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da USP, Cleusa Rios Passos representa uma das vertentes mais instigantes dos estudos literários: uma aproximação entre a teoria psicanalítica e as correntes da crítica contemporânea. Seu trabalho oscila da análise de autores e obras específicos – como no livro Guimarães Rosa: do feminino e suas estórias – a ensaios em que estabelece pontes entre os conceitos criados por Freud e conceitos sobre a representação ficcional e o imaginário poético – como em Confluências: crítica literária e psicanálise. Em seu livro mais recente, As Armadilhas do Saber, Cleusa Rios Passos aborda desde Machado Assis, Murilo Mendes e Cecília Meireles até Nelson Rodrigues e Chico Buarque. Renato Mezan Um dos mais importantes psicanalistas do país, Renato Mezan é autor de livros que investigam a obra de Freud tanto na perspectiva da clínica quanto do ponto de vista de seu impacto sobre a cultura do século 20. Freud: A Trama dos Conceitos, um de seus primeiros livros, é uma leitura das contradições, impasses e soluções que constituíram a teoria freudiana. E Freud, Pensador da Cultura é um estudos monumental sobre o ambiente artístico e filosófico no qual surgiu a psicanálise. Seus ensaios – reunidos em livros como A Vingança da Esfinge, Psicanálise, Judaísmo – Ressonâncias e Interfaces da Psicanálise – continua essa reflexão a partir de um amplo espectro de autores e temas, que inclui desde a tragédia grega Édipo Rei, de Sófocles, à obra do filósofo francês de Michel Foucault. PERGUNTAS BLOCO 1 • Mezan: Esse ano marca os 70 anos da morte de Freud; como foi que a psicanálise se incorporou à cultura contemporânea? Dá para fazer um paralelo com autores como Darwin e Marx? • Cleusa: A psicanálise influenciou a literatura posterior a Freud? • Mezan: E como a literatura serviu a Freud na elaboração da psicanálise? PERGUNTAS BLOCO 2 Pergunta Yudith Rosenbaum para Mezan (psicanálise/literatura policial). • Cleusa: Existem autores mais psicanalíticos? • Mezan: Como Freud se relacionou com os escritores e artistas de seu tempo (questão das vanguardas, fluxo de consciência, escrita automática etc)? • Cleusa: O que é a psicanálise aplicada à literatura e como é vista no meio literário? PERGUNTAS BLOCO 3 Pergunta Yudith para Cleusa (consciência do escritor) • Pedir para Mezan explicar análise que Freud fez da Gradiva de Jensen? • Mezan: Fazer análise inibe a criatividade, resolvendo os conflitos do escritor, eliminando o recalque? • Cleusa: Que diferença existe entre os temas psicológicos da época de Freud e da literatura contemporânea? PERGUNTAS BLOCO 4 • Cleusa: Como a crítica literária navega pelas diferentes escolas da psicanálise? • Para ambos: o único prêmio recebido por Freud foi o prêmio Goethe. Dá para ler seus textos como um romance? • Mezan: Após 70 de morte, a obra de Freud cai em domínio público. O que significa isso em termos de edição e tradução de suas obras?

  • 12:30VIOLA, MINHA VIOLA 2018

    OUTRAS VERTENTES NO VIOLA (VIOLA 2018)

    Programa especial do Viola, Minha Viola com a apresentação de Adriana Farias que destaca a participação de artistas que tem uma forte ligação com a cultura caipira, mas consagrados em outras vertentes musicais. Os artistas são: Noite Ilustrada, Jane Duboc, Belchior, Jair Rodrigues, Altamiro Carrilho, Demônios da Garoa,Alzira E Tetê Espíndola, Emílo Santiago, Roberto Leal, João Ormond, Miltinho Edilberto, Chico Teixeira e NÔ Stopa, Sá e GUarabyra, Ivan Lins e Rafael Altério.

  • 13:30PROGRAMA PANORAMA

    PROGRAMA PANORAMA - 20/09/2018 - MODA DESCARTE

    HOJE FALAMOS SOBRE SUSTENTABILIDADE NA INDÚSTRIA DA MODA./ COM A GENTE, FERNANDO VALENTE PIMENTEL, PRESIDENTE DA ABIT./ E ELOISA ARTUSO, DIRETORA EDUCACIONAL DO MOVIMENTO FASHION REVOLUTION BRAZIL.

  • 14:00CULTURA RETRÔ

    CULTURA RETRÔ 41

    PGM 41 - 02/02/12 ABRE/JÂNIO QUADROS ENTREVISTA GAUDÊNCIO TORQUATTO (Marketing político Jânio) OFICIO ÓCULOS RETRÔ A PEDIDOS - "Senta que lá vem a história" - 1990 Encerramento - Chico Science - Ensaio 1996

  • 14:30ARTE & MATEMATICA

    O NUMERO DE OURO

    ESTE PROGRAMA TRAZ O NUMERO DE OURO, QUE E O RESULTADO DA DI VISAO DOS LADOS DE UM RETANGULO AUREO.A PROPORCAO AUREA FOI ELEITA PELOS GREGOS COMO CRITERIO ESTETICO DE PERFEICAO E HARMONIA. NO RENASCIMENTO, A REVALORIZACAO DOS CRITERIOS ES- TETICOS DA GRECIA FEZ RESSURGIR OS ESTUDOS A RESPEITO DESTA PROPORCAO. NO SECULO XII, O MATEMATICO LEONARDO FIBONACCI, ATRAVES DE SEUS ESTUDOS, DESCOBRIU ESTE CHAMADO NUMERO DE OURO E CONS - TATOU QUE A PROPORCAO AUREA NAO ESTA APENAS NOS TRABALHOS ARTISTICOS, MAS SIM, EM TODA A NATUREZA.

  • 15:00MOMENTO PAPO DE MÃE II

    SAÚDE BUCAL DA GRÁVIDA

  • 15:15DE OLHO NA EDUCAÇÃO

    DE OLHO NA EDUCAÇÃO - 21 TRANSIÇÃO MUNICÍPIO - 01/10/2018

    NO DE OLHO NA EDUCAÇÃO VAMOS FALAR SOBRE UM PERÍODO DELICADO PARA OS NOSSOS ESTUDANTES:/ A TRANSIÇÃO DO FUNDAMENTAL 1 PARA O FUNDAMENTAL 2.// UMA FASE QUE JUNTA A ADOLESCÊNCIA COM A TROCA DE APENAS UM PARA VÁRIOS PROFESSORES NA SALA DE AULA./ NOSSO CONVIDADO É FRANCISCO CARBONARI – MEMBRO DO CONSELHO ESTADUAL DE EDUCAÇÃO./ ESPERAMOS VOCÊ CINCO PARA AS NOVE DA NOITE, LOGO DEPOIS DO HORÁRIO POLÍTICO./ ATÉ LÁ.//

  • 15:30INGLÊS COM MÚSICA III

    BORN THIS WAY (LADY GAGA) SÁBADO

    A TERCEIRA TEMPORADA DO PROGRAMA INGLÊS COM MÚSICA FOI AO AR NAS VERSÕES DIÁRIAS E DE SÁBADO. TEVE INÍCIO NA TV CULTURA DIA 10/10/11 (SEGUNDA) E NA UNIVESP TV NO DIA 26/09/11 (SEGUNDA) NA TV CULTURA = SEGUNDA A SEXTA DAS 19H30MIN ÀS 19H45MIN E AOS SÁBADOS DAS 14H ÀS 15H. COM ROUPAGEM NOVA O PROGRAMA DE AUDITÓRIO, SUCESSO DE AUDIÊNCIA ENTRE 1969 E 1981 - TEM SIDO APRESENTADO NA UNIVESP TV E TV CULTURA DESDE O FINAL DE 2010. PARCERIA ENTRE A UNIVESP TV (CANAL DIGITAL 2.2 DA FUNDAÇÃO PADRE ANCHIETA), TV CULTURA, CENTRO PAULA SOUZA E A SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DO ESTADO DE SÃO PAULO, O INGLÊS COM MÚSICA TEM POR OBJETIVO INCENTIVAR O APRENDIZADO DA LÍNGUA INGLESA DE UMA FORMA DESCONTRAÍDA, POR MEIO DE LETRAS DE MÚSICAS E JOGOS ENTRE EQUIPES FORMADAS POR ESTUDANTES DAS ESCOLAS TÉCNICAS (ETECS) E ESCOLAS ESTADUAIS DE SÃO PAULO. A APRESENTAÇÃO DO INGLÊS COM MÚSICA FOI FEITA PELA ATRIZ E CANTORA AMANDA ACOSTA E PELA PROFESSORA DE INGLÊS MARISA LEITE DE BARROS, CRIADORA DA VERSÃO ANTERIOR NA DÉCADA DE 70. AMANDA ACOSTA CANTOU ACOMPANHADA DE SUA BANDA, FORMADA POR TRÊS MÚSICOS: MARCELO RIBEIRO(BAIXO), CELIO GLOUSTER (BATERISTA) E RUBEM CABRERA (TECLADOS). AS GRAVAÇÕES DOS PROGRAMAS ACONTECERAM NO TEATRO FRANCO ZAMPARI

  • 16:30PEDRO E BIANCA

    PEDRO E BIANCA - PGM 15

    Pedro agora estuda à noite e trabalha todos os dias na feira como ajudante do tio Éverton. Entre o trabalho duro, a escola noturna e o cansaço, seu namoro com Ciça vive um impasse. Quando Pedro pode sair, é Ciça quem tem de ficar em casa para cuidar de Juca, seu irmãozinho pequeno. No período noturno da Piquerobi, Pedro conhece e se sente atraído por Roseli, aluna negra mais velha do que ele. Numa noite eles vão para um baile “samba-rock”, com predominância de frequentadores negros e lá Pedro sente-se um estranho no ninho. O namoro de Bianca com Caio evolui tanto que ele quer apresentá-la, num jantar, a sua mãe, Adélia. Durante esse jantar, Bianca percebe que Adélia não aprova o namoro de seu filho com uma garota negra. É um momento doloroso na vida de Bianca, mas ela não vai ficar sem reagir.

  • 17:00TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 1 - EMESP E SALA SÃO PAULO

    Neste programa os apresentadores Felipe e Tuti – a partir das linhas de metrô do Centro da cidade de São Paulo – visitam a Sala São Paulo, considerada uma das melhores salas de concerto do mundo; conhecem a sua programação e atravessando a rua, visitam a EMESP – Escola de Musica do Estado – responsável pela formação de diversos profissionais da área musical, inclusive integrantes das orquestras que se apresentam no espaço da Sala São Paulo.

  • 17:15MACKENZIE EM MOVIMENTO

    MACKENZIE EM MOVIMENTO - 69

  • 17:30MOSAICOS

    MUSICAIS - VINÍCIUS DE MORAES E BADEN POWELL

    MOSAICOS MUSICAIS: Vinicius de Moraes e Baden Powell O programa mescla homenagens exclusivas de artistas que se apresentaram nos estúdios da TV Cultura e em gravações em locações externas. Para homenagear Vinicius de Moraes, o programa revela apresentações exclusivas de Margareth Menezes, Carlos Lyra, Toquinho, Paula Mihran, Anna Luisa, etc. Homenageando Baden Powell, este musical apresenta Toquinho (novamente), Paulo César Pinheiro, Ana Paula Lopes, Mariana Leporace, Marcel Powell, Marcus Tardelli, etc.

  • 18:30JAZZ SINFÔNICA BRASIL

    JAZZ SINFÔNICA BRASIL - PGM06 - TEMPORADA 1 - FRANCO DA ROCHA

  • 19:30MINIDOCS - DOCUMENTÁRIOS

    ARISMAR DO ESPÍRITO + LÉA FREIRE

    Experientes músicos, Arismar e Lea falam sobre improviso, música e contam histórias que mostram como seus mundos são feitos de pura arte.

  • 20:00MINIDOCS - SHOWS

    ARISMAR DO ESPÍRITO SANTO + LÉA FREIRE

  • 21:00SALA DE CINEMA

    O ESQUECIMENTO IMPOSSÍVEL

    Uma criança vai em busca de seu pai. Um pai desapareceu há 35 anos e se tornou pó. Um pó cobrindo o horizonte. Um passado cheio de descuidos e uma tentativa de recuperar momentos, situações, gestos e objetos. Um desejo de saber o que aconteceu, acusação e pretende completar a história da história inacabada. Esse documentário trata da história de Norberto Harbegg, militante peronista sequestrado no aeroporto do Galeão no Rio de Janeiro , em 1978, e até hoje desaparecido, no âmbito da Operação Condor, que reuniu a repressão das ditaduras do Chile, Argentina e Brasil. Argumento No documentário “O esquecimento impossível” ( El (Im)posibleOlvido, o cineasta Adrés Habegger realiza uma viagem profundamente pessoal em busca de informações sobre seu pai, o jornalista e militante Montonero Norberto Habegger,desaparecido em 1978 ao desembarcar no aeroporto internacional do Rio de Janeiro, vítima da Operação Condor. Percorrendo locais que fizeram parte de sua vida e voltando a fotos antigas e seus diários de infância, o diretor completa lacunas de uma história familiar interrompida. O filme foi rodado na Argentina, México e Brasil. No Rio de Janeiro, durante a filmagem , Andres tem a confirmação de que sue pai desembarcou no aeroporto internacional do Galeão e foi seqüestrado. Não se tem muitas informações sobre a operação Condor que vinculou os serviços de repressão das ditaduras latino-americanas fazendo com que esses serviços atuassem integrados na busca pelos opositores aos regimes ditatoriais. O caso de Norberto Habegger, mostrado no filme, comprova a união desses serviços no seqüestro e desaparecimento de um militante. Após 35 anos de questionamento, a busca por um pai ausente é a marca desse documentário. Este questionamento, longe de ser acusatório, procura a história do desaparecido Norberto Habegger. Histórias clandestinas vividas pelo diretor na idade de nove anos também conectam o documentário com sua busca pessoal, através de seu diário de infância, que traz registros de seu dia a dia e seus encontros esporádicos com o pai no México. Chegar a lugares onde seu pai viveu para fazer esse documentário fizeram Andres fechar um capítulo importante na sua história, colocando o filme como um corajoso testemunho pessoal, fazendo com que o filme faça parte de uma lista de documentários sobre as ditaduras latino-americanas, cicatrizes essenciais para entender o presente. Um pai fantasma que desapareceu no Brasil em 1978. Um pai ativista político, quase um herói, vítima da violência militar latino-americana dos anos 70. Um filho que viveu com essa ausência a maior parte de sua vida. Uma história cheia de esquecimento. Os diários do menino recuperados tentam restaurar essa perda. “O esquecimento impossível” é uma jornada íntima, sentimental e profundamente política. A estrutura tem a organização de uma viagem, mais visceral do que lógica, mas mantendo uma progressão dramática. O filme é narrado em primeira pessoa e dá conta de uma jornada em direção às áreas cinzentas da consciência, uma viagem pela memória. O filme, uma co-produção brasileiro, participou do festival “É tudo verdade” de 2018.

  • 22:30TERRITÓRIOS CULTURAIS

    PGM 5 - MUSEU AFRO BRASIL E BAQUE ATITUDE

    No episódio de hoje os apresentadores de Territórios Culturais, Felipe Gaia e Tuti Muller, invadem o Museu Afro e desvendam as muitas exposições –temporárias e permanentes – do lugar. Ainda no Museu Afro, a dupla conhece de perto a ação do Baque Atitude, coletivo da região formado por jovens de comunidades e que realiza – no museu – intervenções a partir dos ritmos brasileiros.

  • 23:00JORNAL DA CULTURA

    JORNAL DA CULTURA - 23/11/2019

  • 23:45MATÉRIA DE CAPA

    MATÉRIA DE CAPA 318 - LEONARDO DA VINCI

    NA CARTA QUE ESCREVEU AO GOVERNADOR DE MILÃO, LUDOVICO SFORZA, EM 1492, PEDINDO UM EMPREGO, ELE DIZIA SER CAPAZ DE CONSTRUIR EQUIPAMENTOS MILITARES, PONTES, CANHÕES, BLINDADOS E EMBARCAÇÕES PARA A GUERRA. TAMBÉM SE CONSIDERAVA PREPARADO PARA DESENVOLVER PROJETOS DE ARQUITETURA, ENGENHARIA E ATÉ PARA O DESVIO DE CURSOS D'ÁGUA. MENCIONAVA AINDA VÁRIAS OUTRAS HABILIDADES, NA TENTATIVA DE IMPRESSIONAR SEU FUTURO PATRONO. SOMENTE NO DÉCIMO-PRIMEIRO PARÁGRAFO DA LONGA CARTA, O HOMEM QUE FICARIA CONHECIDO POR PINTAR ALGUNS DOS QUADROS MAIS FAMOSOS DA HISTÓRIA, MENCIONAVA EM APENAS DUAS LINHAS QUE TAMBÉM SABIA PINTAR. ASSIM ERA LEONARDO DA VINCI, UM DOS MAIORES GÊNIOS DA HISTÓRIA, QUE DEIXOU, ALÉM DE UM INCOMPARÁVEL LEGADO PARA AS ARTES, O EXEMPLO DE UM ESPÍRITO INQUIETO, FASCINADO PELOS MISTÉRIOS DA CIÊNCIA E DO PRÓPRIO HOMEM. NESTA EDIÇÃO DO MATÉRIA DE CAPA.

  • 00:15VINHETA MULTICULTURA

    VINHETA MULTICULTURA 2018

Contato Voltar

Confirme que você não é um robô!

Sua mensagem foi enviada com sucesso! breve retornaremos.

Ocorreu um erro, tente novamente mais tarde, obrigado